Em Feira de Santana, homem com parada cardíaca é enterrado vivo e médicos dizem que é coronavírus #boato

Boato – Vídeo mostra homem sendo retirado de túmulo em Feira de Santana (Bahia). Ele teve uma parada cardíaca e médicos falaram que era coronavírus.

Quem acompanha o Boatos.org sabe que a gente, se preciso, desmente uma mesma história mais de uma vez. No caso que vamos tratar hoje, por exemplo, é a terceira vez que estamos aqui para cravar a nossa hashtag “#boato”. A história em questão fala que um homem foi enterrado vivo para inflar o número de casos de Covid-19 no Brasil.

De acordo com a mensagem que circula online, um homem de Feira de Santana (Bahia) foi enterrado vivo. Ele teria tido uma parada cardíaca, mas os médicos falaram que era coronavírus. Milagrosamente, ele teria acordado na tumba e foi retirado por policiais. Leia a mensagem que circula online:

Em Feira de Santana homem com parada cardíaca é enterrado vivo. Médicos dizem que é corona vírus. Ele acordou, começou a gritar e coveiros chamaram a polícia que quebrou o túmulo e tirou o pobre. Vergonha!

Em Feira de Santana, homem com parada cardíaca foi enterrado vivo e médicos falaram que é coronavírus?

A mensagem (em sua nova versão) ganhou as timelines do Facebook e WhatsApp por aí. Mas será mesmo que o homem em questão foi enterrado vivo com o diagnóstico de coronavírus em Feira de Santana? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Na realidade, não há muito o que explicar, precisamos apenas relembrar a história. Isso porque já explicamos sobre o vídeo em outras duas oportunidades (três, se você levar em conta o vídeo abaixo). Na primeira, em 2019, não havia relação com a Covid-19. Na segunda, há poucos dias, havia a citação ao coronavírus, mas não havia registro da localização. Como o que falamos outrora vale para hoje, relembre o que escrevemos:

Confira o desmentido em vídeo

Quando batemos o olho na mensagem, já imaginávamos que ela tinha grandes chances de ser falsa. O primeiro motivo está na própria mensagem: vaga, alarmista, com erros de português (destaque para o “couveiro”) e sem citar fontes confiáveis. Ao buscar sobre a tal história de “erro médico”, nada encontramos.

Alguns fatores lógicos também enfraquecem a tese. Como que o sujeito iria sair de dentro do túmulo direto para o lado de fora? Normalmente, as pessoas são enterradas em caixões. Outro ponto: como um sujeito “dado como morto” pode sair consciente do túmulo? Em meio a todas essas questões, buscamos pela origem do vídeo e chegamos à verdade. O mais incrível que é a história real faria tanto sucesso quanto a fake news.

O caso aconteceu no Acre. Um homem que, de acordo com a polícia, tem distúrbios mentais soube que o seu pai faleceu na cidade de Tarauacá e que ele havia perdido o velório. Ele, que mora na cidade de Feijó, andou (isso mesmo) quase 50 km, chegou ao cemitério, invadiu o túmulo e ficou preso. Os policiais tiveram que o retirar do local. Triste história retratada aqui, aqui e aqui.

Resumindo: nem o vídeo em questão é de Feira de Santana (Bahia) tampouco tem relação com a Covid-19 e, muito menos, o homem foi “enterrado vivo”. Na realidade, o vídeo é antigo e já foi alvo de alguns desmentidos sobre “homem enterrado vivo” aqui no Boatos.org.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2BWWK1B

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet