[Erramos] Caso da cerveja em BH

Atualização em 11/01/2020: Com a confirmação, em laudos da Polícia Civil de Minas Gerais e da Secretaria de Saúde de Belo Horizonte, de que foram encontrados vestígios da substância dietilenoglicol em pacientes internados após o consumo de cerveja, atualizamos esse texto para “erramos” e confirmamos que as informações preliminares (que chegaram a ser confirmadas até por parentes de vítimas) que davam conta que se tratava de um boato estavam erradas. Por isso, mudamos a “tag no título para “erramos”. Pedimos desculpas pelo erro, que foi induzido pelas fontes consultadas, e continuaremos acompanhando o caso. 

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/39Tje3u

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Atualização em 09/01/2020: A Polícia Civil de Minas Gerais afirma que foi encontrada uma substância chamada dietilenoglicol em lotes da marca citada. Com isso, é possível dizer que há suspeitas de que a doença causada em moradores do bairro Buritis pode ter sido causada por causa do consumo do produto e que erramos ao descartar a hipótese. Pedimos desculpas aos nossos leitores por ter descartado a hipótese (usando como base apuração com fontes ligadas ao caso) e aguardamos mais atualizações sobre o caso para que possamos chegar a uma conclusão.

Importante: por enquanto, ainda não há conclusões de que a contaminação no Buritis se deu pelo consumo da cerveja. Caso se confirme a relação entre o consumo da cerveja e os casos, faremos uma errata mais completa. Caso não se confirme, atualizaremos e manteremos o desmentido. Segue, abaixo, o texto publicado em 05/01/2020. 

——

Boato – Cinco pessoas foram internadas com problemas nos rins no bairro Buritis, em Belo Horizonte. Elas foram intoxicadas pela cerveja da marca Belorizontina envenenada.

Na última semana, “a internet” está travando uma batalha contra diversas marcas de cerveja. A prova disso é que não faz muito tempo que desmentimos boatos relacionados às marcas Skol e Heineken e já surgiu uma nova balela na internet. A “bola da vez” é a cerveja Belorizontina, da cervejaria Backer.

De acordo com mensagens que circularam com força no WhatsApp, cinco pessoas foram intoxicadas pela cerveja da marca, que estaria “envenenada”. O texto dá conta de que há casos em Juiz de Fora, Belo Horizonte (principalmente no bairro Buritis). Leia uma das versões que circularam online:

Recebi e repasso. Se for verdade é muito sério! Mais 2 casos no Madre Teresa e Felicio Rixo. Até agora em comum: cerveja belorizontina. Super nosso Ate agora há uma informação em comum: todos os 5 tomaram cerveja belorizontina. A vigilância sanitária já está pesquisando tudo . O vizinho de prédio decifre te do Cris faleceu ontem . Caso idêntico. Temos mais 3 casos em BH idênticos o Cris. Todos são moradores do Buritis, um rapaz é morador do prédio em frente do nosso. Internou no mesmo dia que a gente, dia 23 de Dezembro com o mesmo quadro, dor abdominal, insuficiência renal nos 2 rins, enjoo e vômito. Duas pessoas estão no hospital da Unimed entubados e inconscientes ha mais tempo.

O outro caso está internado em Juiz de Fora e é o sogro do rapaz de 37 anos que está internado no hospital da Unimed. Esteve em BH no Buritis e no retorno a Juiz de Fora foi internado com o mesmo quadro. A Vigilância sanitária e a secretaria de Saúde já está no caso. Estão tentando procurar algo em comum entre as pessoas. Investigar: envenenamento, intoxicação por metal pesado, toxina alimentar parasita, vírus, …. Pesquisa intensiva da medicina no Brasil, equipe médica muito mobilizada mas n ada de concreto. Então essas são as notícias. Rezem para que a equipe médica seja iluminada e descubram a causa e o melhor tratamento.

Cerveja Belorizontina envenenada intoxicou pessoas no bairro Buritis, em Belo Horizonte?

A mensagem causou mais um alarde em relação à marca de cerveja. Mas será mesmo que essa história que aponta que cinco pessoas foram envenenadas porque beberam cerveja Belorizontina envenenada é real? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

Neste caso, a informação falsa (de que há uma cerveja envenenada matando as pessoas em Minas Gerais) está no lastro de uma informação verdadeira (de que pessoas foram internadas no bairro Buritis). Por isso, vamos começar com a parte real da história.

É fato que houve alguns casos de internação de moradores do bairro Buritis no final do ano. Tanto que há campanhas para doação de sangue para alguns desses pacientes (vocês podem ver exemplos aqui e aqui). Porém, não há qualquer indício de que a internação tenha sido ocasionada pelo consumo da cerveja Belorizontina.

Ao buscar sobre o assunto, nada encontramos em fontes confiáveis. Ao contrário: em meio a campanhas de coletas de sangue para as pessoas que foram internet, a própria Associação de Moradores do Bairro Buritis desmentiu a história. Leia o que foi escrito e assista a um vídeo gravado pelo presidente da associação:

Nós da Associação do Bairro Buritis estamos sempre antenados às informações que circulam no nosso bairro. Recebemos um boato que está circulando de um possível caso de contaminação ou envenenamento que teria vinculado quatro pacientes internados que são moradores ou estiveram no bairro no período de festas.

Não há vinculação desses casos que esteja devidamente levantado ou identificado apesar de quadros clínicos parecidos. Essa informação foi confirmada por autoridades policiais. As autoridades de saúde estão acompanhando os casos mas não existe nenhum tipo de conexão entre os mesmos para corroborar as hipóteses levantadas. O mais importante agora é ajudar esses moradores internados doando sangue para os mesmos.

Além do desmentido da associação, a própria cervejaria Backer desmentiu a informação. Assim como a associação do Buritis, a Backer também aponta que conversou com autoridades policiais que negaram a correlação entre os casos e o consumo da Belorizontina. Leia nota enviada ao Boatos.org:

Nos 20 anos de história da cervejaria sempre prezamos, acima de tudo, pela qualidade de nossos produtos, que são produzidos e monitorados por excelentes profissionais do setor, pelo nosso laboratório interno e chancelados por laboratórios externos credenciados. Nossos fornecedores de matéria prima enviam laudos e certificados de cada lote dos insumos utilizados de cada produção.

Monitoramos todos os lotes de cervejas que vão para o mercado e somos fiscalizados por todos os órgãos de vigilância sanitária e Ministério da Agricultura. Devido ao grande sucesso da Belorizontina e a grande concorrência no mercado, utilizam dessa notícia MENTIROSA, para atingir a marca Belorizontina que é tão querida pelos mineiros e não passa de uma tentativa de denegrir a nossa imagem. As medidas legais já estão sendo tomadas para punir os responsáveis dessa MENTIRA.

Não há vinculação desses casos que esteja devidamente levantado ou identificado apesar de quadros clínicos parecidos. Essa informação foi confirmada por autoridades policiais. As autoridades de saúde estão acompanhando os casos mas não existe nenhum tipo de conexão entre os mesmos para corroborar as hipóteses levantadas. O mais importante agora é ajudar esses moradores internados doando sangue para os mesmos.

Vale dizer, ainda, que a mensagem que viralizou na internet tem algumas das principais características de boatos online. Ela é vaga, alarmista, tem erros de português e não cita fontes confiáveis. Por tudo isso, podemos cravar que a denúncia é, até que alguém prove o contrário, fake.

Resumindo: a história que aponta que pessoas foram internadas no bairro Buritis, em Belo Horizonte após beberem a cerveja da marca Belorizontina é falsa. A tese já foi desmentida por pessoas do bairro e pela própria marca.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/36oLGIe

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)