Enfermeira indignada denuncia que ordem é intubar e baixar oxigênio para aumentar número de mortes por Covid-19 #boato

Boato – Bomba! Uma enfermeira indignada chamou a imprensa e denunciou que a ordem é intubar e baixar o oxigênio para aumentar o número de mortes por Covid-19, justificar lockdown, quebrar economia e desestabilizar o governo Bolsonaro.

Como sempre falamos aqui no WhatsApp, não é incomum que um boato (mesmo já desmentido) se recicle e volte a circular. É o caso da história de hoje. A história de hoje se transformou de um vídeo que “denunciava” a Nova Ordem Mundial em um vídeo que falava de uma “tática de governadores” para desestabilizar o governo federal e justificar o lockdown.

Nas imagens, uma suposta enfermeira teria denunciado um esquema para “matar pacientes” dentro de hospitais. Junto ao vídeo, mensagens falavam que ela teria dito que a ordem é intubar e baixar o oxigênio para aumentar o número de mortes por Covid-19, justificar lockdown, quebrar economia e desestabilizar o governo Bolsonaro. Leia a mensagem que circula online e assista ao vídeo (viral em redes sociais e WhatsApp):

*BOMBA (GRAVÍSSIMO):* *ENFERMEIRA INDIGNADA CHAMA A IMPRENSA E FALA O QUE ESTÁ ACONTECENDO NOS HOSPITAIS. ELA DISSE QUE: ”A ORDEM É ENTUBAR TODOS OS PACIENTES E BAIXAR O OXIGÊNIO PARA AUMENTAR O NÚMERO DE MORTES E OS GOVERNADORES PODEREM JUSTIFICAR O LOCKDOWN, PARA QUEBRAR A ECONOMIA E TENTAR DESESTABILIZAR O GOVERNO FEDERAL”.* *É UM GRANDE GENOCÍDIO. ESTÃO MATANDO AS PESSOAS NA OBSESSÃO PELO DINHEIRO E PODER.* *A GLOBO NUNCA VAI MOSTRAR ISSO.* *ACORDA POVO BRASILEIRO !!!*

Enfermeira indignada denuncia que ordem é intubar e baixar o oxigênio para aumentar o número de mortes por Covid-19?

É claro que, com acusações tão incisivas, a mensagem iria se espalhar com muita força na internet. Porém, não é verdade que a mulher do vídeo era uma enfermeira e que haja provas de que “a ordem é matar os pacientes para desestabilizar Bolsonaro”.

A mensagem, por si só, já nos deixa muito desconfiados da veracidade da informação. Ela é vaga, alarmista, com erros de português e não cita nenhuma fonte confiável. Além disso, boatos (como esse) que falam sobre “fraudes nas mortes por Covid-19” não são novidade. De caixões vazios a atestados falsos, o que não faltou foi fake news com esse tipo de denúncia.

E, ao buscar o vídeo em questão, chegamos ao veredicto. Como apontamos lá no início do texto, o mesmo vídeo foi utilizado em uma notícia falsa já desmentida no Boatos.org no mês passado. Na ocasião, o boato apontava que era a “Nova Ordem Mundial” que estava desligando o oxigênio de pacientes.

Também explicamos que o vídeo em questão não era de uma enfermeira e que as acusações da mulher (que, na realidade, é parente de um paciente internado com Covid-19 em meio ao caos de falta de oxigênio em Manaus) foram rebatidas. Relembre o que escrevemos sobre o assunto:

Ao buscarmos pelo vídeo, descobrimos que o alerta surgiu a partir de uma denúncia em Manaus. Em janeiro de 2021, quando o estado sofreu um colapso no sistema de saúde, familiares de pacientes com Covid-19 denunciaram que o nível de oxigênio para os pacientes havia sido reduzido. A redução do oxigênio, segundo a SES-AM, foi adotada devido às unidades de saúde operarem com limitação de oxigênio. Pois bem, na verdade, não era a denúncia de uma enfermeira e sim familiares de paciente de Covid-19. 

Resumindo: a história que aponta que uma enfermeira denunciou que estão baixando o oxigênio das pessoas intubadas para aumentar mortes a mando de governadores e prejudicar Bolsonaro é falsa. Trata-se de um boato que se reciclou para voltar a circular na web.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3tP2fIR
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet