Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > Não é verdade que carne vegetal vendida em supermercados seja da “Agenda 2030 da ONU”

Não é verdade que carne vegetal vendida em supermercados seja da “Agenda 2030 da ONU”

Carne falsa da Agenda 2030 da ONU está sendo vendida em supermercados, diz boato (Foto: Reprodução/YouTube)

Boato – Os globalistas já estão vendendo a carne falsa da Agenda 2030 da ONU em supermercados.

Análise

Muito da desinformação que surge na internet vem de maluquices que acabam sendo consideradas “coisas de gênio” na internet. A última das histórias vem da descoberta de um “iluminado indignado”.

De acordo com a mensagem, uma carne falsa estaria sendo vendida em supermercados Brasil afora. Mais do que isso: a carne vegetal seria da Agenda 2030 da ONU.

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

Para quem não sabe, conspiracionistas apontam que existe uma tal agenda 2030 da ONU que prevê, entre outras coisas, a redução populacional no Planeta Terra. Leia a mensagem e a transcrição do conteúdo:

Carne falsa, da agenda 2030 da ONU. Olha, parece carne, tem gosto, mas não é carne. E olha aqui que bonitinho, agenda 2030 da ONU, para eliminar a carne. Versão 2030, carne moída falsa. Vou mostrar para vocês agora, que almôndega falsa! Almôndega falsa que não é de carne, de plantas. Carne de hambúrguer falsa, inclusive defumada.

E o mais interessante, também frango falso, proteína vegetal sabor frango. Olha isso, cubos de frango incrível, cubo de frango 100% vegetal. Ou seja, tem gosto de frango, parece frango, mas não é frango. Devagarinho, está entrando a  falsificada. Outra, pernil desfiado 100% vegetal, falso, proteína vegetal sabor pernil suíno. Olha só para onde a gente está caminhando, entendeu? Só está aumentando aqui a quantidade. É agenda 2030 da ONU, eles são tão caras de pau que eles já botam aqui, versão 2030. Até 2030 a gente só vai comer isso aqui, não vai existir mais de boi, tudo falso

Checagem

A história em questão suscita muitas perguntas. A nossa checagem vai ser baseada em três delas: 1) A carne que está sendo vendida em supermercados é uma “carne falsa”? 2) A carne em questão é da Agenda da ONU de 2030? 3) Existe uma Agenda da ONU 2030 que prevê a redução populacional por parte de globalistas?

A carne que está sendo vendida em supermercados é uma “carne falsa”?

A gente precisa, antes de tudo, entender o que seria o conceito de “falso”. De acordo com a definição do dicionário Michaelis, é “1 Oposto à verdade ou à realidade; inexato, infundado. 2 Em que há mentira, fingimento ou dolo. 3 Que não é verdadeiro, mas inventado; fictício, enganoso. 4 Que se faz passar pelo que não é; impostor. 5 Que não é original ou autêntico, mas feito como imitação, às vezes com intenção fraudulenta; falsificado, imitado, postiço. 6 Que não é leal; desleal, pérfido, traidor”.

Para que algo seja considerado como falso, teria que se passar como “verdadeiro”. Não é bem o caso da carne em questão. Um dos produtos é da marca Incrível, que pertence à Seara. Na embalagem, é dito claramente que o produto é vegetal. Isso enfraquece a tese de que seja uma “carne falsa” que tenta se passar por “carne”.

O outro produto é da Fazenda Futuro, também uma marca voltada a nichos de pessoas vegetarianas e veganas. Novamente, trata-se de um produto que deixa muito claro que é de origem vegetal.

Salvo se a pessoa for muito distraída e queira pagar mais caro por um produto (infelizmente, os produtos das marcas são muito mais caros do que a “carne tradicional”), ela não está sendo enganada. De qualquer forma, vamos deixar esta questão em aberto (considerando que gente burra é o que não falta no mundo).

A carne em questão é da Agenda da ONU de 2030?

Neste caso, a história é completamente falsa. O 2030 não tem qualquer relação com a ONU. Trata-se apenas de um slogan que faz parte do marketing da Fazenda Futuro. Não tem nada de “plano globalista” para matar todos.

Existe uma Agenda da ONU 2030 que prevê a redução populacional por parte de globalistas?

Novamente, não. O que há é a distorção do que a ONU prevê como objetivos da humanidade para 2030 (principalmente, em relação ao meio ambiente). Não tem nada a ver com Nova Ordem Mundial, redução populacional ou chips implantados nas pessoas.

Conclusão

Enganoso 😈

Marcamos como enganoso porque o conceito de “carne falsa” pode ser discutido (apesar de que, na nossa visão, não se trate de falsificação). Falsas são as conjecturas relacionadas a Agenda da ONU e redução populacional relacionadas com os produtos.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).