Câmera da TV Aratu grava áudio de despedida antes de morrer por Covid-19 #boato

Boato – O câmera da TV Aratu gravou um áudio de despedida no WhatsApp antes de morrer por causa da Covid-19. Ele denunciou que estão desligando as máquinas para matar as pessoas nos hospitais.

A cada dia, o Brasil enfrenta números mais catastróficos em relação à Covid-19. E por trás de cada morte há uma história. Só que, no meio disso, sempre vaza uma história que não é verdadeira. E a de hoje fala do “câmera da TV Aratu” (afiliada do SBT na Bahia).

De acordo com mensagens que circulam, principalmente, no WhatsApp, o repórter cinematográfico Gilmar Vasconcelos, que morreu vítima da Covid-19 na última terça-feira (16), gravou um áudio se despedindo dos amigos antes de morrer pela doença.

No áudio, o “câmera” teria falado que “a morte chega para todos”, que não adianta ter riqueza, que está em uma condição muito complicada, que estão matando pessoas no hospital Tereza de Lizieux, que estão querendo matar os pobres e se despede. Junto ao áudio, está circulando a seguinte informação: “Antes de morrer olha que o câmera da TV aratu falou”. Confira a transcrição do arquivo:

Adeus turma. É com extremo pesar que venho me despedir de vocês. É a morte chega para todo mundo. Infelizmente, eu não vou escapar dessa não. É, se não se apeguem com Jesus porque dinheiro não vale nada. O “ginro”, o complexo tá aí aberto. Os turistas estão aí. Mas se você ficar com o pulmão comprometido em 50%, nem dormir você consegue mais. Eu já tenho 12 dias sem dormir, podia ter conseguido o tratamento melhor, mas Deus sabe de todas as coisas, agora é preparar para eternidade.

Eu espero que Deus tenha misericórdia de mim e me receba no trono dele, perdoa meus pecados, eu, foi como eu falei, eu tava sendo tratado já tava até domingo passado no hospital Teresa de Lizieux. E outra coisa não é seus entes queridos para o hospital Teresa de Lizieux que eu vi lá muita gente sendo entubado e na calada da noite sendo desligada criminosamente.

Então meu amigo, não confie. Como em outros lugares também estão, matando nosso povo, estão matando nossa população eu não sei para que finalidade. Mas a regra do mundo é essa daí. Bill Gates, os Illluminatis antes eu não sei o que eles querem fazer eles querem acabar com a população e os pobres, os velhos, o terceiro mundo. Isso não vem ao caso, Pelo amor de Deus fecha esse Resort pra ninguém ser mais contaminado. Dinheiro não vale nada, o que vale é só hoje meus amigos foi ótimo conhecer vocês. Um forte abraço.

Câmera da TV Aratu grava áudio de despedida antes de morrer por Covid-19?

Por causa do áudio, um tanto quanto comovente e com denúncias, e a morte impactante, a história circulou com muita força na internet. Porém, não é verdade que tenha sido Gilmar Vasconcelos quem o gravou.

A mensagem, que tem características de boatos como ser vaga, alarmista (ao extremo, por sinal) e não citar fontes confiáveis, não prova que o áudio teria sido gravado pelo câmera da TV Aratu. No áudio também não há identificação de quem o gravou (apesar de, muito provavelmente, a pessoa ser de Salvador por citar um hospital da cidade).

Sem muitas alternativas, resolvemos buscar pelo básico: se havia qualquer matéria falando que Gilmar Vasconcelos teria se despedido da tal forma. Não demorou muito para encontrarmos um desmentido da própria TV Aratu. Em seu site oficial, foi escrito o seguinte:

É falso um áudio atribuído ao repórter cinematográfico da TV Aratu, Gilmar Vasconcelos, que tem circulado nas redes sociais e WhatsApp nesta quinta-feira (18/3). Gil, como era carinhosamente chamado, foi tratado com todos os cuidados no hospital Santa Isabel, em Salvador, e não na unidade citada na gravação. A família de Gilmar e o Grupo Aratu lamentam que, em um momento “tão difícil de dor e de luto, a memória dele ainda seja usada para fake news”.

Vale citar, em relação às acusações de que estão matando pessoas e desligando as máquinas nos hospitais, desmentimos um boato muito parecido com esse. Sobre Bill Gates e os Illuminatis querendo reduzir a população, também fizemos um desmentido. Sobre a saúde ser mais importante do que o dinheiro, a pessoa que gravou o áudio (que não conseguimos identificar) está correta.

Resumindo: a história que aponta que o repórter cinematográfico da TV Aratu, Gilmar Vasconcelos, gravou um áudio denunciando hospitais e se despedindo dos amigos é falsa. A própria empresa em que ele trabalha desmentiu a informação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/3kWrohw
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet