1720, 1820, 1920 e 2020: A cada 100 anos, exatamente, uma pandemia assola a humanidade #boato

Boato – Pandemias são ciclos centenários que acometem a humanidade, exatamente, a cada 100 anos, desde 1320. Em 1720, ocorreu a peste negra. Em 1820, ocorreu a cólera. Em 1920, ocorreu a gripe espanhola. Em 2020, ocorreu o coronavírus. 

Se você acha que as histórias sobre curas milagrosas da Covid-19 foram a única coisa que nos deu dor de cabeça em 2020, está bastante enganado. Os textos envolvendo histórias da conspiração também tiveram sua posição de destaque dentro do mundo das fake news nesta pandemia.

E teve assunto para todos os gostos. Começou com uma história sobre o novo coronavírus ter sido criado em laboratório e liberado, propositalmente, pela China. Depois, vieram as publicações sobre a China supostamente ter feito tudo isso apenas para quebrar a economia mundial. Mais recentemente, vimos textos sobre livros e programas terem previsto o surto da Covid-19.

E, agora, o negócio foi ainda mais longe. Nos últimos dias, uma história que indicava que uma pandemia assola a humanidade a cada 100 anos ganhou força na internet. De acordo com o texto, o ciclo viria acontecendo desde 1320, com a Peste Bubônica, e se repetindo, religiosamente, de século em século. Ainda segundo a publicação, o último surto teria acontecido em 1920, com a Gripe Espanhola. Confira:

Versão 1: “A propósito do CORONA Vírus, da sua perigosidade e consequente possibilidade de destruição, lembremos as seguintes datas: 1320 – Peste Bubónica ; 1420 – Peste Negra; 1520 – Império Azteca morre de Varíola; 1620 – Surto de moléstia contagiosa «Passageiros do Mayflower»; 1720 – Praga de Marselha; 1820 – Epidemia de Cólera ; 1920 – Gripe Espanhola ; 2020 – Corona Vírus”. Versão 2: “O ano 20 de todo o século é amaldiçoado. •1520 – Varíola (56 milhões de mortos). •1620 – Amolestia (6 milhões de mortos). •1720 – Peste negra (223 mil mortos). •1820 – Cólera (973 mil mortos). •1920 – Gripe espanhola (2.6 milhões de mortos) •2020 – Corona vírus (Loading). Acreditas na coincidência? #Prepare-se: Lave as mãos frequentemente, se tiver que sair use a máscara e cumpra com o distanciamento social”. 

1720, 1820, 1920 e 2020: A cada 100 anos, exatamente, uma pandemia assola a humanidade?

A suposta informação viralizou nas redes sociais, especialmente pela sua característica de curiosidade. Mas será que essa história de que uma pandemia assola a humanidade a cada século é verdade? A resposta é não!

Vamos aos fatos! Para começo de história, a publicação segue aquele velho roteiro de fake news na internet. Ela é vaga, alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, como já dissemos anteriormente, a equipe do Boatos.org desmentiu inúmeras histórias parecidas ao longo da pandemia, como a que dizia que o novo coronavírus teria sido criado em laboratório em uma conspiração chinesa. Também a que indicava que a China teria planejado o surto da Covid-19 para quebrar a economia mundial e, por fim, a que apontava que os Illuminati teriam infectado máscaras na China, com o novo coronavírus, para reduzir a população mundial.

Como se isso não bastasse, uma simples busca já coloca em xeque todas as informações apresentadas no texto. Apesar das pandemias citadas terem, de fato, ocorrido ao longo dos séculos, elas não começaram exatamente no início do ano 20 de cada centenário. A Peste Negra, por exemplo, teve seu auge entre as décadas de 1340 e 1350, não em 1420 (como sugere a publicação). Além disso, Peste Bubônica e Peste Negra são a mesma coisa, mas com nomenclaturas diferentes. No texto, elas aparecem como coisas distintas, ocasionando dois tipos de surtos diferentes.

Outro ponto que vale destaque é a afirmação de que o povo asteca teria sido dizimado por um surto de varíola. De acordo com historiadores, a maior parte da população asteca teria morrido em decorrência da salmonela. Já a epidemia de cólera aconteceu várias vezes entre os séculos 1800 e 1900, não apenas em 1820.

Por fim, não podemos afirmar que as pandemias aconteceram apenas uma vez por século. Só em 1900, tivemos seis tipos diferentes de pandemia, como o sarampo, a tuberculose e a AIDS.

Em resumo: a história que diz que pandemias ocorrem uma vez a cada 100 anos é falsa! As informações divulgadas pela publicação estão equivocadas. A Peste Bubônica, por exemplo, é a mesma coisa que a Peste Negra. Ela, por sua vez, teve seu auge entre 1340 e 1350, não em 1420, como mostra a publicação. Além disso, a maior parte do império asteca foi morto em decorrência da salmonela, não da varíola. Por fim, só em 1900, tivemos diversos surtos de doenças, como sarampo, tuberculose e AIDS. Ou seja, a história não passa de balela. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2CZjkqO
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)