Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > É falso que haja um “arroz Dana contaminado com vírus do Paquistão” nos supermercados do Brasil

É falso que haja um “arroz Dana contaminado com vírus do Paquistão” nos supermercados do Brasil

Arroz Dana do Paquistão contaminado passou na alfândega e está sendo vendido em supermercados a preços baixos, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O governo petista liberou o arroz Dana na alfândega. Ele está contaminado com um vírus mortal do Paquistão e está sendo vendido a preços baixos no supermercado.

Análise

Já sabíamos que a história que vamos tratar neste texto iria voltar à tona. No contexto do anúncio do governo que vai importar arroz para que o preço do produto não fique inflacionado por conta das enchentes do Rio Grande do Sul, uma suposta “ameaça” voltou a circular online.

De acordo com a mensagem, uma remessa de arroz chamado “Dana” estaria contaminada com um vírus (ou uma bactéria) originário do Paquistão. A mensagem alega que houve suborno para o arroz passar pelo controle alfandegário e que o produto já está sendo distribuído. O texto também cita uma suposta responsabilidade ao “governo petista”. Leia:

Confira o desmentido em vídeo:

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

Versão 1: Arroz Dana. Um amigo que trabalha na alfândega me diz que chegou uma remessa de arroz e que os padrões de saúde não foram respeitados, porque traz um vírus que só é visto no Paquistão. O arroz vem daí e os árabes pagam e subornam para que os produtos sejam removidos e já os distribuíram. * O arroz é chamado de “Dana” e o pacote é azul e diz feito no Paquistão. * Por favor, não compre, é muito contaminado … * Compartilhe esta informação! com seus entes queridos e outras pessoas. * Não comprem, ele vai estar em um preço convidativo. 

Versão 2: Arroz Dana Um funcionário da alfândega informou que chegou um carregamento de arroz que não passou pelos padrões de saúde porque traz um vírus/bactéria que só é visto no PAQUISTÃO. O arroz é de lá e eles “conseguiram” com o governo petista liberação da mercadoria que já se encontra no mercado brasileiro. O arroz se chama “DANA” e a embalagem é azul e informa ser produzido no PAQUISTÃO. Produto altamente contaminado e já se encontra distribuido em supermercados venda. Compartilhe essa informação junto a seus familiares e amigos. Não comprem ele vai estar com um preço convidativo

Checagem

O Boatos.org já tratou algumas vezes sobre este assunto. Como ele tem se feito necessário, aqui estamos nós para fazer a checagem novamente. As perguntas a serem respondidas são essas: 1) O que é arroz Dana? 2) É verdade que o “Dana” está contaminado com um vírus do Paquistão e chegou ao Brasil? 3) O arroz que será importado pelo governo será de baixa qualidade?

O que é arroz Dana?

Tudo que será falado nesta oportunidade já foi falado em outras ocasiões no Boatos.org. No ano passado, explicamos uma cronologia da história em questão. Na ocasião, falamos o que é o produto:

Descobrimos que o tal arroz, que é comercializado na Venezuela (sequer era vendido no Brasil) não é do Paquistão. O arroz Dana é, na realidade, fabricado nos Emirados Árabes Unidos.

É verdade que o “Dana” está contaminado com um vírus do Paquistão e chegou ao Brasil?

Não. Na realidade, o que está sendo compartilhado agora não passa de uma reciclagem do que já foi desmentido outras vezes. O produto não é vendido no Brasil e houve até um desmentido de autoridades sobre o assunto. Relembre o que já escrevemos:

Em 2023 (dias depois do segundo desmentido do Boatos.org), o próprio Ministério da Agricultura e Pecuária desmentiu o que há havia sido refutado. Em nota, o Mapa disse o seguinte:

Vem circulando nas redes sociais uma informação mentirosa de que um carregamento de arroz contaminado teria chegado ao Brasil com origem do Paquistão. O Ministério da Agricultura e Pecuária esclarece que a informação não procede. Todos os produtos de interesse agropecuário são fiscalizados na importação para assegurar a qualidade, identidade e segurança.

A depender da origem e do tipo de produto, análises são realizadas para verificar se os produtos atendem aos padrões de qualidade brasileiros. No caso do arroz, nunca foram observadas contaminações que pudessem trazer qualquer risco ao consumidor. Anualmente são coletadas amostras de produtos para análises de contaminantes químicos ou biológicos que possam trazer risco à saúde.

O arroz que será importado pelo governo será de baixa qualidade?

Como explicamos, a história era falsa. E ela continua falsa. Não há qualquer informação em fonte confiável que aponte que o tal arroz Dana vá ser o vencedor do edital de importação do governo federal.

É importante citar (conforme apontamos em outros desmentidos sobre a “qualidade do arroz que será importado para o Brasil”) que o produto que será comprado para ser revendido a preços mais baixos passará por ampla inspeção e deverá seguir regras sanitárias rígidas.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que há um arroz chamado Dana do Paquistão que está contaminado e chegando ao Brasil. Trata-se de uma fake news clássica que está voltando a circular no contexto do anúncio da importação do produto pelo governo brasileiro.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).