Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Saúde > É falso que Arizona tenha decretado que vacinas são armas biológicas e que acusação em questão seja real

É falso que Arizona tenha decretado que vacinas são armas biológicas e que acusação em questão seja real

Arizona decretou que vacinas mRNA contra Covid-19 são armas biológicas tecnológicas, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – O Arizona decretou as vacinas mRNA contra a Covid-19 como armas biológicas tecnológicas. Foi o primeiro estado dos EUA.

Análise

Mesmo com a pandemia arrefecida, o movimento antivacina continua agindo forte e espalhando desinformação em redes sociais. A mais nova história que circula online aponta para uma “decisão” que estado de Arizona teria tido e que seria decisiva para as “vacinas mRNA”.

De acordo com publicações em sites e perfis negacionistas em redes sociais, o Arizona teria decidido banir as vacinas contra a Covid-19 e teriam decidido que elas são “armas biológicas tecnológicas. Leia duas das mensagens que circulam online:

Vídeo: é falso que a Anvisa esteja barrando entrada de remédios no RS

Versão 1: O Arizona se tornou o primeiro estado dos EUA a aprovar uma resolução declarando as vacinas de mRNA COVID-19 como “armas biológicas tecnológicas” …e o que acontece com quem morreu ou ficou ferido permanentemente???

Versão 2: ARIZONA SE TORNA O PRIMEIRO ESTADO DOS EUA A DECLARAR VACINAS MRNA COMO ‘ARMAS BIOLÓGICAS DE GUERRA’ O Arizona tornou-se o primeiro estado dos EUA (continua…)

Checagem

Infelizmente, a história está se espalhando como se fosse uma decisão “sensata” e como se a decisão fosse real. Por isso, vamos fazer a checagem do conteúdo respondendo a algumas questões. São elas: 1) É verdade que o Arizona decretou que as vacinas contra Covid são armas biológicas tecnológicas? 2) O que aconteceu no Arizona em relação às vacinas? 3) Podemos dizer que os imunizantes são armas biológicas tecnológicas?

É verdade que o Arizona decretou que as vacinas contra Covid são armas biológicas tecnológicas?

Não. Há algum tempo, o Boatos.org desmentiu uma fake news muito parecida (na ocasião, o estado citado foi a Flórida). O que houve no Arizona foi uma moção por parte de políticos do Partido Republicano (o mesmo de muitos negacionistas) classificando as vacinas como as tais “armas biológicas”. O conteúdo está sendo alardeado como uma decisão de estado, mas isso é falso.

O que aconteceu no Arizona em relação às vacinas?

Nada de relevante além da grita dos negacionistas (e compartilhamento de sites caça-cliques de lunáticos). Como é possível ver nas páginas dos serviços de saúde do estado norte-americano, a vacina contra a Covid-19 continua sendo recomendada e sendo aplicada na população. 

Podemos dizer que os imunizantes são armas biológicas tecnológicas?

De forma algum. Primeiro, porque político não é cientista. E os cientistas são enfáticos em dizer que as vacinas contra a Covid-19 são eficazes, protegem contra a doença e que os efeitos colaterais são muito menores do que o risco de contrair a forma grave da doença (se lembre que milhões já morreram de Covid-19). Ah, e as vacinas não alteram o DNA.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o Arizona tenha classificado as vacinas contra a Covid-19 como armas biológicas tecnológicas. O que houve foi um movimento político sem nenhuma base científica e que nada mudou nas regras sobre imunizantes no estado.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).