Anvisa diz vacinas contra Covid-19 têm mais de mil mortes #boato

Boato – Alerta da Anvisa afirma que a vacina de Covid-19 já causou mais de mil mortes e 15 mil reações adversas. 

A campanha de imunização contra a Covid-19 no Brasil começou em passos lentos e com muitas incertezas, mas agora a campanha está mais rápida e tem alcançado mais gente. Ainda assim, os grupos antivacinas insistem em compartilhar notícias falsas sobre o vírus e as vacinas.

A última informação que circula aponta para um alerta da Anvisa sobre o uso das vacinas e seus efeitos colaterais. A mensagem aponta que o número de mortes é muito maior e que já são mais de 1144 mortes suspeitos e 15 mil reações.  Segundo o texto, a “Coronavac parece associada a 911 óbitos suspeitos e 3.625 casos de reações adversas” e que a “AstraZêneca é responsável por 211 mortes suspeitas e 10.617 efeitos adversos”. Confira:

O número é muito maior, tem pessoas que eu conheço não estão nessa lista. Vacinas para covid já têm 1.144 mortes suspeitos e mais de 15 mil reações adversas, informa Anvisa. A Coronavac aparece associada a 911 óbitos suspeitos e 3.625 casos de reações adversas. Já o “imunizante” da gigante farmacêutica AstraZenica é responsável por 211 mortes suspeitas e 10.617 efeitos adversos. 

Anvisa diz vacinas contra Covid-19 têm mais de mil mortes?

O texto fez sucesso entre os grupos antivacinas e causou muitas discussões em grupos bolsonaristas. Mas o que nem todos sabiam é que a história não é bem assim, começando pela própria plataforma utilizada.

Pois bem, na realidade, essa é mais um boato online sobre vacinas disseminada com base nos dados do sistema Vigimed. Essa não é a primeira vez que utilizam a plataforma para atacar as vacinas. Por aqui, no Boatos.org, já surgiram histórias envolvendo o óbito em decorrência da vacina de 34 e 26 pessoas. Coincidência ou não, o enredo também é bem semelhante a de histórias que foram criadas por grupos antivacinas dos Estados Unidos (leia aqui e aqui).

O Vigimed é um sistema disponibilizado pela Anvisa para a população e profissionais de saúde relatarem suspeitas de eventos adversos aos medicamentos e vacinas. Mas qual o problema nos dados apresentados? Acontece que o suposto alerta se baseia em dados que não são úteis para contabilizar as mortes. Isso porque a plataforma para o levantamento dos dados é suscetível a falhas. Nela, os usuários adicionam, por meio de um formulário, informações sobre os efeitos adversos de medicamentos e vacinas. Contudo, não é possível fazer correlações entre um óbito, medicamento ou vacina. O próprio Vigimed, no site da Anvisa, orienta sobre a interpretação dos dados e explica que as informações se referem a suspeitas e não a casos verificados e acompanhados pela equipe da plataforma.

Só o fato da fonte ser essa, já faz a hipótese de que seja um suposto anúncio ou alerta da Anvisa cair por terra. Não bastasse isso, não encontramos na página em questão a informação das mortes suspeitas. Na realidade, ao colocar morte no evento adversos de todas as medicações, encontramos 855 registros de todos os medicamentos com as vacinas citadas, neste caso, 64 registros. Ou seja, além de os números não puderem ser utilizados para aferir os efeitos colaterais que de fato ocorreram, os registros estão inflados. Isso porque não temos a confirmação de nenhuma morte por causa da vacina contra a Covid-19 no Brasil.

Resumindo: Anvisa não alertou que vacinas contra Covid-19 têm mais de mil mortes e também divulgou dados sobre os efeitos adversos das vacinas. A mensagem não passa de mais um boato da coletânea dos grupos antivacinas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso