Menina hindu é queimada em Madhya Pradesh por ter ido a culto cristão #boato

Boato – Vídeo mostra menina hindu sendo queimada viva acusada de participar de culto cristão, em Madhya Pradesh.

Sem limite algum, as fake news misturam histórias sobre religião, política e famosos de tudo quanto é tipo. Violência e religião são, por mais incrível que pareça, um assunto recorrente em boatos. Aparece cristãos mortos pelo governo da Angola, crianças sacrificadas em favor de babuê de Lula, bruxos e satanistas sequestrando crianças e menina queimada por ir em culto cristão.

Isso mesmo, a história do momento dá conta que uma menina hindu foi queimada viva em Madhya Pradesh porque participou de um culto cristão. Em uma das versões, a mensagem aponta para a existência de uma lei que proíbe a mudança de religião. Junto à publicação, circula um vídeo com imagens do ataque. Leia o que diz algumas versões:

Versão 1:Menina hindu queimada viva em Madhya Pradesh. O verdadeiro Inferno no planeta Terra. Veja a face mais feia da “Índia Incrível”.Versão 2: Hipocrisia é de fato algo inerente ao ser humano, principalmente no que diz respeito ao Culto de sua Fé, pois aqui uns dizem que há intolerância Religiosa, mas na verdade são casos de seres intolerantes, face a Religião em si nunca expressar ou ensinar que devemos ter tais atitudes… Essa menina hindu foi queimada viva em Madhya Pradesh porque assistiu a uma reunião de oração em uma igreja cristã. Existe uma lei que não permite que indianos mudem de religião.

Menina hindu foi queimada em  Madhya Pradesh por ter ido a culto cristão?

É claro que a história deixou muita gente assustada. Mas será mesmo que uma menina hindu foi queimada por ir em culto cristão? A resposta é não. Entenda os porquês.

Nem precisamos ler a “notícia” na íntegra para perceber que esse tipo de história é um clássico nas fake news. Aqui, no Boatos.org, já apareceram histórias sobre cristã com olhos e boca costurados, menina que aceitou Jesus e foi morta pelo pai, Estado Islâmico ameaça matar 25 crianças queimadas e extremistas budistas destroem 20 igrejas.

Mas não é só isso: o texto possui as velhas características de boatos. É vaga, alarmista, não cita fontes confiáveis, possui erros de português e pedidos de compartilhamento. Um combo de fake news para ninguém colocar defeito.

Com base nisso, fomos buscar mais informações sobre o caso e o resultado foi que não encontramos nenhum vestígio do caso. O que é, no mínimo, estranho. Ao buscar pela origem do vídeo, matamos a charada. As imagens não envolvem religião e muito menos alguém da Índia.

Ao contrário do que indica a mensagem, o caso aconteceu, em 2015, na Guatemala. A vítima de justiçamento era suspeita de matar um taxista e foi espancada e queimada viva pela multidão. Vale dizer que, na época, o The Times Of India também desmentiu a informação, depois da fake news circular por lá.

Resumindo: a história de que uma menina hindu foi queimada em  Madhya Pradesh por ter ido a culto cristão é falsa. A história é resultado de mais uma notícia triste de justiçamento, alarmismo e muita desinformação. Ou seja, boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)