Zélia Cardoso de Mello e Aloysio Nunes foram embaixadores nos EUA #boato

Boato – Zélia Cardoso de Mello (mesmo sem saber falar inglês) e Aloysio Nunes, do Partido Comunista, já foram embaixadores do Brasil nos Estados Unidos (EUA).

Há um dia, o Boatos.org desmentiu a informação que apontava que a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) já havia sido embaixadora do Brasil nos Estados Unidos. Agora, vamos falar de mais nomes citados como “ex-embaixadores”: Zélia Cardoso de Mello e Aloysio Nunes.

De acordo com textos que circulam em redes sociais (como Twitter e Facebook) e no WhatsApp, a ex-ministra da Economia durante o governo Collor e o ex-ministro das Relações Exteriores durante o governo Temer já foram embaixadores em Washington. Detalhe: Zélia não saberia falar inglês e Aloysio seria um “comunista”. Leia três versões da mensagem que circula online:

Assista também o desmentido sobre Benedita da Silva embaixadora:

Versão 1: Você sabia que a Zélia Cardoso de Mello, antes de ser ministra no governo Collor (seu primo), foi embaixadora do Brasil, nos EUA, sem falar inglês??? Você sabia que o Aloysio Nunes, membro do Partido Comunista, motorista do guerrilheiro Marighella, foi embaixador do Brasil, nos EUA, no governo petista??? Não, você não se preocupava com o Brasil antigamente. Só agora que ele está sendo colocado nos trilhos.

Versão 2: Você sabia que a Zélia Cardoso, antes ser ministra, foi embaixadora do Brasil nos EUA, sem falar inglês? Não você não se preocupava com o Brasil antigamente. Só agora, já que ele esta sendo colocado nos trilhos! Versão 3: Aloysio Nunes do PSDB foi embaixador no governo do PT ex terrorista do ALAN fez parte do terrorismo na França. Ninguém reclama

Zélia Cardoso de Mello e Aloysio Nunes foram embaixadores nos EUA?

Muita gente compartilhou a versão “Aloysio Nunes” da história. Outras tantas compartilharam a versão “Zélia Cardoso de Mello”. Houve, ainda, quem compartilhou as duas versões. Só há um detalhe: nenhuma das informações procede. Vamos aos fatos.

Além dos textos terem algumas das principais características de boatos online (ser vaga, alarmista, com erros de português e não citar fontes confiáveis), essa história de “fulano (a) foi embaixador dos EUA” está mais do que batida entre as fake news. Esses pontos já nos deixam desconfiados.

Ao buscar sobre a veracidade da informação, não só não encontramos nada que ateste que Zélia Cardoso de Mello e Aloysio Nunes foram embaixadores nos EUA como encontramos desmentidos do Aos Fatos, da Agência Lupa, do Estadão Verifica e de outros sites.

Como já citamos no desmentido sobre a “embaixadora Benedita da Silva”, não constam o nome de Zélia e Aloysio dentre os embaixadores brasileiros nos Estados Unidos desde a redemocratização em 1986.

Ao buscar pela biografia de Zélia Cardoso de Mello, podemos verificar que não consta o cargo de embaixadora. O “mais próximo disso” foi, de acordo com currículo no site do Ministério da Economia, ter trabalhado como economista na Embaixada de Londres entre 1981 e 1982. Não conseguimos identificar nada que atestasse que Zélia não sabia falar inglês.

O mesmo podemos constatar na biografia de Aloysio Nunes. Atualmente, ele é senador pelo PSDB de São Paulo. O mais “próximo” que ele chegou ao cargo de embaixador foi assumir o ministério das Relações Exteriores durante o governo Temer. Não há nada sobre ele ter sido embaixador do Brasil nos EUA. Vale dizer que é fato que Aloysio tenha, no passado, participado da ALN. Porém, hoje, ele não se considera, por assim dizer, “comunista”.

Resumindo: a história que aponta que Zélia Cardoso de Mello e Aloysio Nunes foram embaixadores do Brasil nos Estados Unidos é falsa. É mais um boato que circula na internet suscitado pela iminente indicação de Eduardo Bolsonaro para o cargo.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)