Benedita da Silva já foi embaixadora em Nova York (EUA) sem saber falar inglês #boato

Boato – Deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) já foi embaixadora em Nova York (EUA) mesmo sem saber falar inglês e passou por “escândalo da limusine”.

No cenário político atual, o assunto mais conturbado é a iminente indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil em Washington (EUA). Em meio a defesas e ataques contra a provável decisão do presidente Jair Bolsonaro, uma “acusação” tem circulado na internet: a de que o PT já indicou a deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ) para a embaixada de Nova York.

De acordo com um texto que está viralizando no WhatsApp, Benedita da Silva já foi embaixadora nos Estados Unidos mesmo sem saber falar inglês. Mais do que isso, ela teria sido pivô de um escândalo que “a petralhada” insiste em esconder e que envolve uma tal limusine. Leia a mensagem que circula online:

Confira o desmentido em vídeo

Você sábia que Benedita da Silva já foi embaixadora em News York e nem inglês falava! Está lembrado do escândalo do aluguel da limusine nos USA por Benedita? Percebo que a petralhada tem uma síndrome do esquecimento oportuno! Mais nos estamos ajudando a lembrar!

Benedita da Silva já foi embaixadora em Nova York (EUA) mesmo sem saber falar inglês?

Muita gente que defende a indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos resolveu fazer a “comparação”. Mas será mesmo que a informação é real? A resposta é não. Segura aí que a gente explica tudo.

Esse é mais um exemplo de acusação que “brotou do nada” (ou de uma “mente brilhante”) e saiu viralizando por aí. Assim como em outros casos, as características do texto (vago, alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis) ajudam a aumentar a desconfiança sobre a veracidade da mensagem.

Veracidade que é derrubada completamente por uma rápida pesquisa na internet. Ao buscar pelo currículo de Benedita da Silva, nada consta sobre o tal cargo na “Embaixada de Nova York”. De acordo com a biografia da deputada no site da Câmara, ela foi vereadora, deputada, senadora, vice-governadora, governadora do Rio, secretarias no estado do Rio de Janeiro e ministra. Não há nada sobre embaixadora.

Ao buscar pelo tal escândalo da limusine, nada encontramos. Não há nenhuma denúncia relacionada ao assunto envolvendo Benedita da Silva (na realidade, não achamos o tal escândalo nem com outras figuras da política brasileira).

Nem precisaria fazer uma busca tão grande porque “há um detalhe”. Não existe “embaixada de Nova York” (ou New York ou, ainda News York). Nos EUA, o Brasil tem embaixada em Washington e consulado em outros nove locais. Nova York é um deles. Consulado, não embaixada.

Como somos bonzinhos, consideramos que “houve um engano” e resolvemos buscar pelos últimos embaixadores do Brasil nos EUA. Mais uma vez, nada do nome de Benedita da Silva durante os governos Lula e Dilma.

Resumindo: a história que aponta que Benedita da Silva já foi embaixadora do Brasil em Nova York (EUA) e que foi pivô do “escândalo da limusine” é falsa. Ela nunca ocupou tal cargo, Nova York não tem embaixada e o tal escândalo só existe na cabeça de uns “espertalhões” por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)