Vacina brasileira contra Covid-19 foi mantida em segredo por Bolsonaro, Pazuello e Fiocruz #boato

Boato – Secretamente, para que não houvesse interferência dos “esquerdopatas”, Bolsonaro, Pazuello e a Fiocruz desenvolveram a primeira vacina brasileira contra a Covid-19 e só revelaram agora.

Se você é uma pessoa que luta contra as fake news, temos uma ótima notícia: orgulhosamente, cá estamos para dizer que vencemos uma importante batalha contra o lunático movimento antivacinas (batalha, não guerra). Apesar de toda campanha de desinformação promovida por esses grupos, a maioria absoluta da população brasileira está consciente de que a vacina é uma das maiores armas contra a pandemia.

A opinião pública está fazendo, inclusive, bolsonaristas (alguns, pelo menos) mudarem de estratégia em relação à vacinação. Tanto que fake news contra as vacinas estão dando lugar para fake news que tentam reforçar a tese de que o presidente Jair Bolsonaro é o “pai da vacina”. Uma delas envolve o nome da Fiocruz, de Eduardo Pazzuelo e de Bolsonaro.

Um texto que é uma “evolução” de um boato que desmentimos ontem aponta que Bolsonaro “é o cara” porque secretamente trabalhou com a criação da primeira “vacina brasileira”. Ela seria desenvolvida pela Fiocruz e teria tecnologia de Israel. Leia a mensagem que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

BOLSONARO É O CARA! Na CNN agora, no pronunciamento da FIOCRUZ, foi revelado por Pazuelo que, em julho de 2020, foi assinado e injetado bilhões na fundação para a produção da vacina brasileira contra a “peste chinesa”! Brasil terá sua própria vacina, foi revelado agora pela FIOCRUZ, o presidente estava calado para que não houvesse interferência dos esquerdopatas. Única vacina brasileira realmente aprovada pela ANVISA… Serão entregues 6 milhões de doses por semana. Parabéns Bolsonaro e Pazuelo.

Golpe de Mestre ! 500 mil mais 6 milhões por semana com um maquinaria e cinco cientistas todos vindos de Israel, 40 estagiários que ficaram 90 dias em Israel e mais 300 funcionários recrutados nas universidades . GOLPE DE MESTRE FOI MANTER TUDO EM SIGILO, COM A FIOCRUZ PRODUZINDO A IFA E A VACINA. .Agora é tarde os petistas, esquerdistas e centro-esquerdistas só agora estão sabendo inclusive do Maior Parque Industrial da América Latina que tem 11 fábricas de vacinas diferentes onde só entra quem estiver autorizado pelo General Hamilton Mourão. .Fotos nem pensar. .Vai assombrar o Mundo PIVFI-Parque Industrial de Vacinas. .Com supervisão dos cientistas de Israel.

Vacina brasileira contra Covid-19 foi mantida em segredo por Bolsonaro, Pazuello e Fiocruz?

O que tem de gente compartilhando a história com a argumentação de que “Bolsonaro é o cara” e resolveu “esconder a vacina” não (como diriam os antigos) “está no gibi”. Independentemente do volume de compartilhamentos, o fato é que a mensagem é falsa. Boa parte do boato foi desmentido no texto de ontem. Relembre o que escrevemos e já complementamos:

Vamos começar com as informações conceitualmente falsas. É fato que a Fiocruz promete entregar 6 milhões de vacinas por semana (da AstraZeneca/Oxford). Porém, isso não tem nada a ver com a “guerra” entre Bolsonaro e o PT, “esquerda” ou “centro-esquerda”. Seja da Fiocruz ou do Butantan, a única coisa que a vacina combate é um inimigo em comum: o coronavírus.

Para além do “conceitual”, a mensagem tem informações falsas “concretas”. São tantas que teremos que listar. A primeira está em falar que “cientistas de Israel” vão liderar o laboratório da Fiocruz que produz a vacina contra a Covid-19. Na realidade, a “tecnologia” da vacina produzida pela Fiocruz não é liderada por israelenses. A vacina é britânica e sueca e os funcionários da Fiocruz são brasileiros de Bio-Manguinhos (unidade da própria Fiocruz).

Não teve nada em “sigilo” da Fiocruz produzindo IFA e vacina (seria um descalabro a Fiocruz fazer vacina em segredo com milhares de pessoas morrendo por dia no Brasil). Na realidade, é público e notório que a Fiocruz pediu autorização para a Anvisa para fabricar vacinas e insumos para o imunizante da AstraZeneca/Oxford.

É fato que a Fiocruz terá o maior parque industrial da América Latina de produção de vacinas. Porém, ele não foi “fabricado em segredo” (há notícias desde 2019 da construção dele e o edital saiu somente agora em 2021), não se chama “Parque Industrial de Vacinas (PIVFI)” (se chamará Complexo Industrial de Biotecnologia em Saúde (CIBS)) e não é “monitorado” pelo general Hamilton Mourão.

A “parte nova” do boato é a que aponta que o todo o investimento “secreto” foi para o desenvolvimento de uma “vacina brasileira”. Isso não é verdade. A vacina que será produzida na Fiocruz é a da AstraZeneca/Oxford. Ou seja: será uma vacina sueco-britânica. A única “novidade” (ótima, por sinal) é que o insumo da vacina (IFA) será produzido no Brasil e não importado.

Há, de fato, vacinas brasileiras sendo desenvolvidas. De acordo com a Anvisa, há três vacinas brasileiras em fase de estudos. Uma está sendo desenvolvida pela UFMG, outra pela USP (em parceria com uma empresa norte-americana) e a terceira pela UFRJ. Nenhuma chegou, até o momento, à fase clínica.

Resumindo: ao contrário do que está sendo apresentado em mensagens, Bolsonaro, Pazuello e a Fiocruz não “esconderam” o desenvolvimento de uma vacina brasileira com tecnologia de Israel (isso seria, por sinal, bizarro). A Fiocruz vai continuar produzindo a vacina Astrazeneca/Oxford, todo o encaminhamento para isso é público (inclusive o projeto de uma nova fábrica de vacinas). O texto não passa de um monte de distorções que visam politizar a vacinação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3tP2fIR
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/38hcBcy

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet