Urnas eletrônicas são descartadas ilegalmente em Porto Alegre, mostra foto #boato

Boato – Urnas eletrônicas são descartadas ilegalmente no DMLU, em Porto Alegre, durante a madrugada por homens em um furgão preto.

A discussão sobre a legitimidade do resultado das eleições parece não ter fim. Todos os dias, grupos bolsonaristas e negacionistas insistem no discurso de fraude eleitoral e defendem intervenção militar. Em frente à quartéis, desde 1° de novembro, os apoiadores de Bolsonaro são bombardeados com fake news que os incentivam a continuar acampados.

O último alerta que circula no Facebook e em aplicativos de mensagens aponta que urnas eletrônicas foram descartadas ilegalmente em Porto Alegre. Junto às imagens, o texto afirma que o morador Gilmar Alencar flagrou o momento em que as urnas foram jogadas no DMLU (empresa responsável pela limpeza urbana na capital gaúcha) durante a madrugada por um furgão preto. Leia o que diz a mensagem:

*URNAS FORAM ENCONTRADAS DESCARTADAS ILEGALMENTE NO DMLU DE PORTO ALEGRE* Segundo morador da região e trabalhador da reciclagem local, Gilmar Alencar, por volta das 01:45 da manhã um furgão/van de cor preta estacionou perto de um matagal próximo ao aterro sanitário e descartou as urnas já destruídas. Segundo Gilmar, 3 homens descarregarsm o veículo sem identificação aparente (empresa ou órgão governamental), estavam vestidos de preto e, apesar do horário, faziam uso de bonés. *LF*

Urnas eletrônicas são descartadas ilegalmente em Porto Alegre?

A bolha bolsonarista vive um looping eterno em meio à desinformação. Um exemplo disso são as centenas de alertas e denúncias envolvendo o resultado das eleições compartilhadas continuamente. Mais falso que o discurso de fraude eleitoral, só essa história de que o tal Gilmar Alencar flagrou o descarte de urnas em Porto Alegre, já que o episódio nunca existiu.

As informações vagas, alarmistas e sem datas e fontes confiáveis são o primeiro indício da farsa. Mas não é só isso: o alerta segue o mesmo enredo de diversas fake news que já circularam por aqui, no Boatos.org (veja um exemplo aqui). 

Apesar disso, resolvemos buscar mais informações sobre o caso e, ao contrário do que se imagina, não encontramos nenhuma notícia sobre o descarte ou urnas destruídas em Porto Alegre.

Ao buscar pela imagem, matamos a charada. Os registros são, na verdade, de um acidente na BR-101, ocorrido em 2009, no Rio Grande do Norte. Na ocasião, uma carreta que transportava urnas eletrônicas tombou após colidir frontalmente com um caminhão que transportava cloro líquido. O acidente aconteceu na BR-101 próximo a Canguaretama, a 67 km de Natal, e deixou quatro pessoas levemente feridas, além de espalhar pela rodovia mais de 900 urnas eletrônicas.

Resumindo: não é verdade que urnas eletrônicas foram descartadas ilegalmente em Porto Alegre. Isso porque as imagens que comprovam o episódio nada tem a ver com a história. Ou seja, #boato!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso