Urna eletrônica em Cordeiro (RJ) já está com votos contabilizados para Lula #boato

Boato – Áudio denuncia que urnas eletrônicas na cidade de Cordeiro (RJ) estão vindo com votos contabilizados para Lula. É a fraude nas eleições.

A última semana de campanha eleitoral para o primeiro turno parece estar com uma nova tônica em relação a fake news: ataques às urnas eletrônicas voltaram a ser frequentes. A última das histórias que circula por aí aponta para um suposto caso que teria ocorrido na cidade de Cordeiro (RJ).

De acordo com um áudio, teria ocorrido a maior confusão na cidade porque uma urna eletrônica estaria com votos já computados para Lula. Ou seja: seria a prova da fraude nas eleições. “Primeiras notícias sobre fraude nas eleições. Em Cordeiro, região serrana do Rio. Um áudio com uma possível manipulação nas urnas”, diz uma das mensagens que acompanham o áudio. Leia a transcrição do arquivo em questão:

É minha irmã negócio tá complicado aqui em Cordeiro o bicho tá pegando tá. O fórum aqui em Cordeiro hoje tá lotado de fiscal do TRE. Chegaram duas urnas aqui em Cordeiro por volta de meio-dia que, quando eles foram lançar o código da urna, porque tem que lançar o código da urna no sistema do TSE né, que é Superior Tribunal Eleitoral, dizendo que essa hora chegou zerada e etc. etc.

A urna de uma sessão de Cordeiro do Rodolfo que tem 327, se eu não me engano, 327 eleitores a urna chegou com 139 votos já de Lula registrados na urna. Isso aqui em Cordeiro, interior do Estado do Rio de Janeiro, interior do Brasil. Você imagina isso aí nesse brasilzão afora como é que não tá de fraude? Então esse é o meu medo.

Urna eletrônica em Cordeiro (RJ) já está com votos contabilizados para Lula?

Principalmente pelo WhatsApp, a história se espalhou com todas as forças e inflamou bolsonaristas Brasil afora. Porém, a história que aponta para as tais urnas de Cordeiro com votos para Lula é falsa.

A mensagem, por si só, já nos ajuda a ficar muito desconfiados da veracidade da informação. O texto que circula é vago, alarmista, tem erros de português (a pessoa erra até o nome do TSE) e não cita qualquer fonte confiável que confirme a história.

Não bastasse isso, o tema fraude nas urnas eletrônicas voltou a ser tônica de fake news. Ontem mesmo, desmentimos uma notícia falsa que apontava que urnas estariam sendo fraudadas no “sindicato do PT”.

Aliás, o tema “urnas com votos já contabilizados para candidatos” é uma constante no mundo das fake news. Em 2018, havia fake news sobre urna com votos para Fernando Haddad em Serafina Corrêa (RS). Em 2014, uma fake news falava sobre votos para Dilma em uma urna de Campina Grande.

Ao buscar sobre o assunto, nossas desconfianças foram reforçadas. Com exceção do áudio apócrifo, não há nada sobre qualquer ocorrência de problemas com urnas em Cordeiro (RJ). Jornais da região, pessoas da cidade ou mesmo o TRE-RJ, ninguém relata nada sobre o assunto. Pelo contrário. Depois que publicamos a versão inicial do desmentido, o próprio TRE-RJ desmentiu a informação. Leia conteúdo da nota:

É falso que urnas de Cordeiro tinham votos já registrados Mensagens no WhatsApp disseminam que a suposta fraude teria sido identificada durante procedimento de preparação das máquinas É falsa a mensagem de áudio que circula em grupos de WhatsApp sobre a suposta existência de uma urna eletrônica do município de Cordeiro, Região Serrana, na qual teriam sido identificados votos para o candidato a presidente Lula. A Justiça Eleitoral fluminense encerrou o procedimento de preparação de todas as cerca de 39 mil urnas que serão utilizadas em todo o estado, nestas eleições, sem a ocorrência de qualquer irregularidade.

Na mensagem que começou a circular pelo WhatsApp, nesta terça-feira (27), a pessoa dissemina a fake news de que “teria chegado ao Fórum de Cordeiro duas urnas fraudadas, e que, em uma delas foram identificados 139 votos na máquina (entre os 327 eleitores aptos a votar naquela seção)”.

A cerimônia de preparação das urnas é aberta ao público, bem como a entidades fiscalizadoras, como partidos políticos e Ministério Público. O procedimento consiste na instalação do sistema na urna (geração de mídia), bem como na inserção dos dados das candidatas, dos candidatos, assim como das eleitoras e dos eleitores na urna. Nesse momento é inserido o software oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na máquina, que dispõe de mecanismo de auto-verificação, capaz de identificar eventual programa não reconhecido pela Justiça Eleitoral, impedindo seu funcionamento.

Cabe destacar que existe um documento chamado zerésima, emitido em cada seção eleitoral, antes do início da votação, que atesta a inexistência de voto registrado na urna eletrônica para qualquer dos candidatos da disputa. Ela é impressa logo após o procedimento de inicialização da urna. Após a impressão da zerésima, a(o) presidente da seção eleitoral, as mesárias, os mesários, as fiscais e os fiscais dos partidos ou coligações que estiverem presentes devem assiná-la.

Investigação

O cartório da 52ª Zona Eleitoral, de Cordeiro, abriu nesta quarta-feira (28) uma Notícia de Irregularidade de Propaganda Eleitoral (NIP), a fim de responsabilizar o suposto autor da fake news, que deverá responder criminalmente. Na NIP consta material colhido com indícios que identificam a sua identidade.

Vale apontar que mesmo que houvesse algo mirabolante de “votos para Lula” na urna (o que é improvável, no sentido amplo e estrito do termo pois o áudio também prova nada), essa contagem não passaria pelo procedimento da zerésima.

Antes de o primeiro eleitor votar no dia do pleito, o presidente da mesa receptora de votos imprime um boletim de urna com zero votos para todos os candidatos. O procedimento pode ser acompanhado, inclusive, por fiscais designados por partidos ou mesários. Ou seja: nem adiantaria a urna ter votos desde já. No dia que vale, ela teria que estar zerada.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que urnas eletrônicas na cidade de Cordeiro (RJ) tem votos contabilizados para Lula. Além de a história ter brotado na Internet, não faz muito sentido ter a tal contabilização, uma vez que no dia da votação tudo deve estar zerado.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet