Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que STF tenha exigido demissão de Augusto Nunes e bloqueado suas redes sociais em 2024

É falso que STF tenha exigido demissão de Augusto Nunes e bloqueado suas redes sociais em 2024

STF acabou de exigir demissão de Augusto Nunes e bloqueou redes sociais de jornalista, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O STF, em 2024, acabou de exigir a demissão de Augusto Nunes e bloqueou todas as redes sociais do jornalista.

Análise

Por algum motivo, uma história antiga voltou a viralizar com força em redes sociais em 2024. De acordo com textos e, principalmente, com uma imagem que está circulando na internet, o STF teria feito uma exigência em relação ao jornalista Augusto Nunes.

As mensagens apontam que o Supremo Tribunal Federal teria bloqueado todas as redes sociais de Augusto Nunes e, ainda por cima, exigido a sua demissão. Leia algumas das mensagens que estão viralizando na internet:

Vídeo: é falso que assalto foi realizado com camiseta no retrovisor de carro

Versão 1: URGENTE SUPREMO ACABA DE EXIGIR A DEMISSÃO DO JORNALISTA AUGUSTO NUNES EO BLOQUEIO DE TODAS AS SUAS REDES SOCIAIS! VAMOS MOSTRAR A NOSSA FORÇA! SIGA O PERFIL APOIO Isso se chama Ditadura. Vamos repassar para todos os amigos do Grupo… (temos que dar uma força para o jornalista Augusto Nunes). Diga NÃO À DITADURA !!!

Versão 2: Não é função do 5TF exigir demissão de Jornalistas. A função do 5TF é de guardião da Constituição. Nada mais que isso. Para o 5TF funcionar, necessitamos de Juízes com notório saber jurídico, conduta ilibada e apartidáros.

Checagem

Como o assunto gerou polêmica e está viralizando, estamos “redesmentindo” este fake (fizemos isto em novembro de 2023). Para realizar a checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) É verdade que o STF exigiu a demissão de Augusto Nunes e bloqueou suas redes sociais em 2024? 2) O que ocorreu entre Augusto Nunes e o STF em 2022? 3) Houve alguma manifestação sobre os citados em 2024?

É verdade que o STF exigiu a demissão de Augusto Nunes e bloqueou suas redes sociais em 2024?

Não. Assim como falamos em novembro de 2023, é falso que o STF tenha exigido a tal demissão de Augusto Nunes e bloqueio de redes sociais dele.

Tanto que as redes sociais de Augusto Nunes estão no ar e ele continua trabalhando nos veículos em que é comentarista (como a Revista Oeste). Na realidade, o que há é uma distorção de um episódio ocorrido em 2022 quando o jornalista estava na Jovem Pan.

O que ocorreu entre Augusto Nunes e o STF em 2022?

Quando fizemos o desmentido em 2023, apontamos para o que ocorreu em 2022. Relembre o que escrevemos em nossa última checagem:

A Jovem Pan (local onde Augusto Nunes trabalhava) sofreu sanções por tratar os candidatos do pleito de forma desigual. Por conta disso, a emissora tomou “cuidados” para não sofrer mais processos.

Uma das decisões foi evitar termos ofensivos contra Lula. Um comunicado interno foi emitido pela emissora para funcionários. Na ocasião, ele continuou os ataques contra Lula e foi afastado da emissora até o fim do período eleitoral (que se encerraria em alguns dias). Com a vitória de Lula, o jornalista saiu da emissora “em comum acordo”.  

É importante citar que, mesmo neste episódio, não houve nenhuma determinação do STF para demissão dele ou mesmo bloqueio de redes sociais.

Houve alguma manifestação sobre os citados em 2024?

Não. Nem o STF nem Augusto Nunes comentaram a fake news. A Oeste, aliás, em 2023 já havia desmentindo a “ordem do STF”. Veja o que foi dito na época:

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o STF tenha exigido a demissão de Augusto Nunes e também bloqueado suas redes sociais. Trata-se de uma fake news que circulou em 2023 e voltou a viralizar em 2024.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).