Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Vídeo de Nikolas Ferreira dublado com IA e reportagem falsa do SBT são utilizados em golpe que cita R$ 30 mil do Serasa

Vídeo de Nikolas Ferreira dublado com IA e reportagem falsa do SBT são utilizados em golpe que cita R$ 30 mil do Serasa

Serasa paga indenização de R$ 30 mil para quem pagar taxa em site indicado por Nikolas Ferreira e SBT, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – O deputado Nikolas Ferreira e o SBT anunciaram que o Serasa está pagando até R$ 30 mil para quem entrar em um site e pagar uma “taxa de cadastro”.

Análise

O pedido do MPF para que a Serasa pague uma indenização para brasileiros que tiveram dados vazados tem gerado diversas fake news e tentativas de golpe.

Apesar de temos explicado detalhes sobre a ação e separado o joio do trigo (você pode ler aqui ou no último tópico na nossa parte de checagem), uma nova história começou a circular na internet.

Um vídeo do deputado Nikolas Ferreira está sendo espalhado em redes sociais junto com mensagens que apontam que ele teria “conseguido no Congresso” que o Serasa pagasse até R$ 30 mil para pessoa que teve os dados vazados. Só seria preciso entrar em um site chamado “canalsocial.online”. “Veja se você tem direito a receber. Foi decretado a multa”, dizem as mensagens. Leia a transcrição:

Vídeo: é falso que Lula parou doações em Lajeado e Encantado destruiu donativos

Boa tarde a todos. Acabei de sair daqui do plenário e foi decretado a multa que a justiça impôs sobre a empresa Serasa que terá que indenizar em até R$ 30.000,00 cada brasileiro que foi vítima do vazamento de dados. Esse vazamento ocorreu em 2021 mas veio à toa na somente agora.

223 milhões de brasileiros saíram prejudicados após essa exposição. Agora a empresa será obrigada a pagar essa indenização de até 30 mil reais por usuário afetado. Para você consultar e saber se tem direito a essa indenização, basta clicar em saiba mais para ser direcionado ao atendimento. Essa indenização tem prazo, por isso eu peço para que você consulte antes que acabe

Ao entrar no site, você se depara com uma página que tem o layout do site do SBT com a notícia de que o MPF multou a Serasa. O site tem um vídeo de uma matéria e, ao final, um link para o “site de cadastro”. Leia:

Site SBT: Ministério Público Federal multa Serasa em R$ 200 milhões e obriga indenização imediata de 2 mil até 30 mil reais para cada usuário com dados vazados. Na última semana de fevereiro milhares de Brasileiros foram prejudicados devido ao vazamento de dados da Serasa.

No site de cadastro, é pedido que você coloque o seu CPF e um chatbot começa a interagir com você. No final de tudo, é dito que você tem direito ao benefício da indenização do Serasa, mas que deve pagar um “valor” de cadastro.

Checagem

Como vocês viram, há uma elaboração gigantesca na história. Por isso, vamos falar novamente no assunto. Desta vez, as perguntas da checagem a serem respondidas são as seguintes: 1) É verdade que Nikolas Ferreira, SBT e Serasa falaram sobre a indenização de R$ 30 mil? 2) O que acontece se você seguir todos os passos descritos no site? 3) O Serasa foi condenado a pagar R$ 30 mil de indenização a brasileiros por causa do vazamento de dados?

É verdade que Nikolas Ferreira, SBT e Serasa falaram sobre a indenização de R$ 30 mil?

Vamos por partes. A parte de Nikolas Ferreira é a “cereja do bolo” da fake news. O deputado federal nunca deu a tal mensagem. Na realidade, a voz dele foi dublada com a ajuda de ferramentas de inteligência artificial para que fosse criada a fake news que fala do site de cadastro.

O SBT, de fato, falou sobre a ação do MPF contra o Serasa. Porém, o site que está sendo apresentado como “oficial” (e tem o endereço de “canalsocial.online”) não passa de uma página clone do portal SBT News. E, claro, em nenhum momento o SBT disse que a indenização “será paga”.

Por fim, o site (que também está dentro do domínio “canalsocial.online”) atribuído ao Serasa é mais uma página falsa. O intuito é roubar dinheiro das pessoas.

O que acontece se você seguir todos os passos descritos no site?

Se você interagir com o Serasa e pagar o valor descrito para “cadastro” na ação, vai perder o dinheiro. Infelizmente, já temos relatos de pessoas que caíram no golpe em questão. Normalmente, os golpistas ficam com o dinheiro e “somem”.

É possível tentar obter alguns rastros (como das plataformas de pagamento ou mesmo de cadastro do Pix do recebedor), mas nada é garantia que você vá reaver o seu dinheiro.

O Serasa foi condenado a pagar R$ 30 mil de indenização a brasileiros por causa do vazamento de dados?

Já falamos sobre este assunto de forma detalhada. Por isso, vamos relembrar o que foi escrito em outra checagem nossa:

Em dezembro de 2023, o Ministério Público Federal publicou uma nota apontando que entrou em uma ação civil pública junto ao Instituto Sigilo (que defende a proteção de dados de brasileiros) para que a Serasa seja condenada pelo episódio de grande vazamento de dados ocorrido em 2021. Na ocasião, os CPFs de 220 milhões de brasileiros acabaram sendo expostos.

Na ação, o MPF, de fato, fala que vai pleitear uma multa de 10% do faturamento anual da empresa (em um valor que não pode ser menor de R$ 200 milhões) mais uma indenização de R$ 30 mil a cada brasileiro que teve os dados expostos.

Porém, é importante lembrar que a ação está em uma fase embrionária. Trata-se de um pedido do MPF para a Justiça que vai decidir se acata ou não a decisão. Um julgamento passa por diversas etapas e, normalmente, (quando não há acordo) se arrasta por anos na Justiça.

Ou seja: não é verdade que o Serasa tenha sido condenado a pagar R$ 30 mil para cada brasileiro ou mesmo que vá ser condenado. Normalmente, as penas acabam sendo muito mais brandas do que os pedidos dos promotores.

Conclusão

Golpe ⚠️

É falso que o deputado Nikolas Ferreira tenha anunciado que o Serasa vai ter que pagar uma indenização de R$ 30 para quem se cadastrar (e pagar um valor) em um site. Trata-se de uma fake news que visa promover um golpe contra as pessoas.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).