PT vai organizar falso atentado contra Haddad a três dias das eleições #boato

Boato – Denúncia de deputado federal do PT aponta que partido vai organizar um falso atentado contra Fernando Haddad a três dias das eleições só para gerar comoção do eleitorado.

Há exatamente uma semana do segundo turno das eleições, as fake news estão cada vez mais focadas sobre o que deve acontecer nessa reta final de campanha. Com o “clima de decisão”, estamos vendo cada vez mais denúncias falsas absurdas. Hoje, vamos falar de mais uma.

De acordo com um vídeo que está viralizando no WhatsApp, o PT vai tentar uma última cartada para ganhar as eleições: simular um atentado contra Fernando Haddad (candidato do partido). O objetivo seria fazer com que fosse criada uma comoção na sociedade e que Haddad derrotasse Bolsonaro. Assista a filmagem (só com áudio), leia a transcrição e a mensagem que a acompanha:

Mensagem: Pt vai simular atentado a Haddad pra gerar comoção nacional três dias antes das eleições!! Compartilhem!!! Mesmo que seja mentira, pelo menos já estamos preparados!!! E se for verdade, eles vão abortar, pq todo mundo já estará sabendo!!!

Transcrição: Um alerta importante. Vazou hoje de dentro de um gabinete de um deputado federal do PT e essa informação é sigilosa e foi repassada para nós que o PT está organizando um falso atentado a Haddad três dias antes da eleição. Como assim? O PT vai simular uma tentativa de homicídio a Haddad para levar a sociedade brasileira à comoção nacional. Essa raça imunda é capaz de tudo. Então, antes que aconteça, você já está alertado sobre o que vai acontecer. Eles vão usar a mentira, a falsidade, o engano pra tentar convencer você que nós somos terroristas e intolerantes. Haddad vai usar a última cartada pra tentar conquistar eleitores usando a comoção nacional. Não acredite no que você vai ouvir da mídia. Não vai haver atentado algum e eles vão mentir para você.

PT vai simular atentado contra Haddad a três dias das eleições?

A acusação é grave e foi compartilhada por muita gente. Ao analisar a denúncia sobre o falso atentado, chegamos a duas conclusões. 1) O sujeito que gravou o vídeo é corajoso (lançar uma dessas “na lata” é para poucos). 2) A história é falsa e sem lógica. Vamos aos fatos.

Como falamos antes, a tal acusação é muito grave para que não sejam apresentadas provas. E, ao buscarmos sobre o assunto (que está circulando há, no mínimo, quatro dias), sabe quantas provas encontramos? Zero.

Não há qualquer prova sobre qualquer denúncia vazada por “deputados do PT” (aliás, o sujeito que grava o vídeo sequer cita o nome do deputado ou quando a informação teria vazado). Além de vaga, a história é alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e sem citar fontes confiáveis. Vale dizer que a própria mensagem que acompanha o vídeo aponta que há a possibilidade de “ser mentira”.

Ou seja: temos uma denúncia grave, sem provas e que já se “desmente”. Mas tem mais um ponto: a tese não tem a mínima lógica. Não faz o mínimo sentido um partido “organizar um atentado”, correr o risco de ser descoberto e colocar a vida de alguém em risco apostando em uma possibilidade (veja bem, possibilidade) de crescimento nas eleições. Sabe o que é pior: tem gente que ficou indignada com a fake news de que Bolsonaro forjou seu o atentado, mas que compartilhou a versão Haddad.

Resumindo: uma vez que a história surgiu em uma fonte não confiável (vídeo de gente jogando no ar sem provas no WhatsApp não é fonte confiável), passaram-se alguns dias e não há provas (nem lógica da veracidade) e a tese é muito frágil, não temos nada a dizer além de que a história é mais uma fake news que viralizou na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)