Paulo Guedes diz que não dará dinheiro para Carnaval, Parada Gay e marchas #boato

Boato –Paulo Guedes anuncia corte de verbas para Carnaval, Parada Gay e marchas e declara “cada qual faça com seu dinheiro”.

A alguns dias para a posse, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e Paulo Guedes, futuro “superministro” da Economia (que vai unir as pastas de Fazenda, Planejamento e Indústria), já colecionam diversas pérolas no mundo da boataria.

Uma delas é a declaração que está circulando nas redes sociais e que afirma que uma das ações do próximo governo será o corte de verbas para o Carnaval, Parada Gay e marchas. De acordo a afirmação atribuída a Guedes, o economista teria advertido que “cada qual faça com seu dinheiro” e que o “dinheiro do povo” iria para a saúde, educação e segurança. Leia o que diz a mensagem:

“Não destinaremos recursos financeiros para o Carnaval, Parada Gay, Marcha da maconha, Marcha para Jesus etc… Cada qual faça com seu dinheiro. O dinheiro do povo vai para saúde, educação, segurança, saneamento básico, transporte e desenvolvimento.” (Paulo Guedes) Assino onde? #DireitaVolver, Brasil! 🇧🇷 ️🇧🇷️ #TM

Paulo Guedes disse que não dará dinheiro para Carnaval, Parada Gay e marchas?

Não demorou muito para a declaração viralizar na internet. A repercussão foi tanta que a “notícia” foi parar na conta do Instagram da atriz Antonia Fontenelle, que criticou a “decisão” do futuro ministro. Mas tudo em vão, porque a notícia é falsa. Entenda os porquês.

De cara, já desconfiamos da história. O motivo é simples. Ainda que Paulo Guedes defenda a privatização de estatais e concessões para a redução da dívida pública, o economista nunca falou em redução de recursos para Carnaval, Parada Gay e marchas. A prova está nesta matéria do portal de notícia Exame, onde aponta as principais propostas de Guedes.

Não por acaso, ao buscarmos pela declaração do economista em sites de notícias confiáveis, não encontramos sequer uma vírgula sobre o assunto. Na busca, também chegamos a conclusão de que a história “brotou” nas redes sociais.

A propósito, vale lembrar que o Ministério da Economia não é responsável pelo repasse de verbas para esses eventos. Na realidade, o repasse de recursos para o Carnaval e Parada Gay são de responsabilidade dos governos dos estados, prefeituras e do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet (que não dá dinheiro para os artistas, como já explicamos).

Bom, no caso da marcha da maconha, nem precisamos dizer que não existe nenhum investimento com recursos públicos, já que, na maioria das vezes as mobilizações acontecem com apoio de militantes. Por sinal, na marcha para Jesus a história também não é diferente. No caso, quem apoia são os religiosos.

Resumindo: apesar das propostas de redução de gastos de Paulo Guedes, o futuro ministro nunca disse que não daria dinheiro para Carnaval, Parada Gay e marchas. Aliás, ele não só nunca disse como também não é responsável por isso. Ou seja, #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

2 comentários em “Paulo Guedes diz que não dará dinheiro para Carnaval, Parada Gay e marchas #boato

  • 01/12/2018 em 10:56
    Permalink

    A maioria dos internautas não lê artigos longos como este de Boatos. Ao lerem a metade, que contém afirmativas, logo pensa que é notícia nova. A minha sugestão à direção deste site, muito útil, é que comece negando o fato em questão. Os devaneios só no final.

    Resposta
  • 01/12/2018 em 09:33
    Permalink

    Concordo com Paulo Guedes. O dinheiro tem que ser bem empregado. Saúde e educação são mais importantes.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)