Padre Kelmon foi integrante da banda Carrapicho #boato

Boato – Candidato à Presidência da República, padre Kelmon foi dançarino da banda Carrapicho nos anos 90, mostra foto. 

Padre Kelmon (PTB), candidato à Presidência da República derrotado, se tornou uma figura controversa após o debate entre presidenciáveis da Rede Globo, quando na ocasião, a candidata do União Brasil, Soraya Thronicke, o chamou de “padre de festa junina” e questionou se ele não tinha medo de ir para o inferno.

Depois do “padre de festa junina”, o candidato à presidência do PTB voltou a chamar atenção após supostamente aparecer em uma foto da banda Carrapicho. Segundo as mensagens, padre Kelmon teria sido dançarino da banda Carrapicho, grupo que fez sucesso na década de 90 com o hit “Tic Tic Tac”. Leia:

Versão 1:Me digam que é zueira. No Tik Tok descubro que o Padre Kelmon, nos anos 1990, foi… dançarino da Banda Carrapicho. Versão 2:Padre Kelmon, dançarino da Banda Carrapicho nos anos 90.

Padre Kelmon foi integrante da banda Carrapicho?

Com a foto, o padre Kelmon conseguiu quase mais sucesso do que no primeiro turno das eleições, pelo menos é o que mostra o número de compartilhamentos da publicação. Tudo em vão, já que o religioso nunca fez parte da banda.

O primeiro indício que nos leva à farsa está no fato de que a informação é vaga, alarmista e não cita datas ou confiáveis, além disso o enredo se assemelha a casos em que imagens de supostas figuras públicas viralizam na internet. Por aqui, no Boatos.org, já apareceram histórias envolvendo o presidente da Ucrânia, Bebel Gilberto, que na época foi apontada como filha de Gilberto Gil, e Anitta e Pablo Vittar.

Natural de Acajutiba, interior da Bahia, padre Kelmon se apresenta como um “homem cristão, conservador e de direita”, dedicado ao combate da esquerda no país e ligado à autoproclamada Igreja Católica Apostólica Ortodoxa do Peru. A instituição religiosa foi fundada pelo peruano Angelo Ernesto Morel Vidal, mas não possui qualquer ligação com a Igreja Católica Apostólica Romana ou com a Igreja Sirian Orotodoza de Antioquia no Brasil – uma vertente do catolicismo.

Pois bem, dito isso saiba que, ao buscarmos em fontes confiáveis, não há qualquer indício que aponte que ele pertenceu a banda Carrapicho. Em sua biografia, além das experiências religiosas, há apenas registros da sua carreira política, que teve início com o apoio ao Partido Social Cristão (PSC) e a filiação no Partido dos Trabalhadores (PT) entre 2002 e 2009. Apesar do histórico político, o religioso nunca tinha concorrido a um cargo público eletivo e fez sua estreia nas urnas candidatando-se à presidência da República em 2022.

Na imagem, o sujeito realmente se parece com Kelmon, principalmente por causa da bandana, mas não é o padre. Na realidade, o homem que aparece na foto é o músico amazonense Otávio Di Borba, que hoje é um dos sócios majoritários do Carrapicho e toca no grupo Raízes Caboclas. Logo, o padre Kelmon não foi dançarino ou integrou a banda Carrapicho. Tudo não passa de #boato.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso