Mundo árabe dá resposta ao pedido de Gleisi Hoffmann em vídeo da Al-Jazira #boato

Boato – Depois de publicar um pedido de ajuda na TV Al-Jazira, a senadora Gleisi Hoffmann recebeu uma resposta do mundo árabe lembrando que Lula é condenado e ela é investigada por corrupção.

Na última semana, muitas coisas importantes aconteceram no Brasil. Porém, nenhuma delas foi tão repercutida na internet como o vídeo da senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) dirigido ao “mundo árabe”. Em meio a debates sobre o assunto, chegou-se a levantar a hipótese de que ela estaria convocando o Estado Islâmico para invadir o Brasil (o que já foi desmentido aqui).

Além dos boatos de “convocação” do Estado Islâmico, os momentos pós-vídeo renderam uma discussão entre Gleisi e a senadora Ana Amélia Lemos (PP/RS), uma denúncia do Major Olímpio (PSL-SP) a ser analisada pela PGR e muita polêmica. Entre as publicações que surgiram na internet, está uma suposta resposta do “mundo árabe” ao vídeo de Gleisi. Assista ao vídeo, leia a transcrição dele e as mensagens que circulam online:
1) Gleisi não engana nem os muçulmanos. Tchau querida, você é a próxima a ir para cadeia! #gleisinacadeia; 2) REAÇÃO ÁRABE CONTRA PEDIDO DE INTERFERÊNCIA POR GLEYSE NA TV ALJAZIRA.; 3) Se é verdade a tradução não sei, mas que eu adorei esse vídeo isso sim. Toma mais essa; 4) Acaba de ser divulgada a resposta ao apelo de Gleisi pela rede de TV Al-Jazeera; 5) As respostas começam a chegar. Se fosse num país sério ela já estaria presa.

Transcrição: Presidente do Partido dos Trabalhadores faz pedido ao nosso mundo árabe pedindo apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula, que seria um preso político por perseguição. O ex-presidente é um criminoso condenado em várias instâncias e tem outra dezena de investigações. O país vem enfrentado um forte combate a corrupção e o ex-presidente, que já teve grande popularidade, está encarcerado para cumprir uma pena de 12 anos. A própria senadora é acusada de vários crimes e, segundo nossos correspondentes no país, ela mesmo deve ser presa até o final deste ano.

Mundo árabe deu resposta ao pedido de Gleisi Hoffmann em vídeo da Al-Jazira?

Pelo jeito, essa história vai dar muito “pano para manga” por aqui. Mas será mesmo que a resposta do apresentador árabe ao vídeo de Gleisi Hoffmann na Al-Jazira (ou Al-Jazeera) é real? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Ponto 1: ao contrário da situação do Brasil em que uma “comoção” (gerada mais por posicionamentos políticos do que por outra coisa) se criou em torno do conteúdo, ninguém no “mundo árabe” está dando bola para o que Gleisi falou ou quis denunciar. Como mostrado no nosso texto anterior, o conteúdo de Gleisi teve menos repercussão do que uma notícia sobre o jogador egípcio Mohammed Salah no Facebook.

Procuramos sobre novos conteúdos a respeito do assunto em árabe e não encontramos resposta alguma sobre o que Gleisi falou. A única matéria publicada sobre o assunto foi essa, também da Al-Jazira, falando que a entrevista de Gleisi gerou um debate político no Brasil. Nada mais. Novamente, o conteúdo não circulou muito. Em um dos quatro comentários do post, uma pessoa disse não entender o medo que as pessoas têm do mundo árabe.

Para encerrar a história, resolvemos analisar o vídeo. Há uma técnica bem simples para se descobrir o que a pessoa do vídeo está falando. Primeiro, você habilita o alto-falante do seu computador (caso seja um Windows) como um dispositivo de reprodução. Depois, você vai no Google Translate, coloca o idioma desejado (no caso, árabe) e escolhe a opção “ativar entrada de fala” (com o ícone do microfone). Aí você reproduz o vídeo.

Olha o que descobrimos com isso: Na realidade, a notícia, de 2012 é sobre o anúncio do Sheik Mohammed bin Zayed Al Nahyan, dos Emirados Árabes, de que a Cúpula Mundial da Água aconteceria em Abu Dhabi (o evento ocorreu em 2013). Leia a tradução automática do conteúdo (que foi publicada aqui).
Sua Alteza Sheikh Mohammed bin Zayed Al Nahyan, príncipe herdeiro de Abu Dhabi e vice-comandante supremo das Forças Armadas hoje a Cúpula Mundial sobre a Água, que realizará a sua primeira sessão no próximo ano em Abu Dhabi em conjunto com a Cúpula Mundial sobre o Futuro da Energia e participou de seu valor de Ponta divórcio concerto depois que a imprensa no centro de conferências Abu Dhabi Exposição nacional em parceria com Dr. Rashid Ahmed bin Fahad, o ministro do meio ambiente e água e Dr. Sultan Ahmed Al Jaber, diretor-executivo do Banco e Dr. Grendizer Presidente da Assembleia da água White World chamou a Cúpula Mundial sobre francamente água estou no curso despreocupado que fazer a apresentação UAE Yeh Estados Integrado Emirates Notícias Autoridade publicada e lembre-se Behm lintel

Não vamos entrar no mérito do conteúdo da tradução colocada no vídeo até porque não é boato que Lula é um condenado por corrupção e que Gleisi Hoffmann é investigada. Mas o fato é que o vídeo que circula online sobre a “resposta” da TV árabe à senadora é falso. Como já falamos antes, o Oriente Médio tem problemas muito mais importantes do que a prisão do Lula para se preocupar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

13 comentários em “Mundo árabe dá resposta ao pedido de Gleisi Hoffmann em vídeo da Al-Jazira #boato

  • 28/04/2018 em 13:24
    Permalink

    Voces são ótimos. Sempre consulto antes de compartilhar… já passei vergonha. PARABÉNS. prestam uma boa moralização e porque não serviço ao que é justo e bom.

    Resposta
  • 25/04/2018 em 12:38
    Permalink

    Matéria longa? Brasileiro tem é preguiça de ler.
    E a tradução ou não, aqui não é conclusivo,
    o site nem patrocinador tem, qual alcance desse conteúdo, acho que tem muito é mimimi de muitos aqui. Jogada de esquerda, conspiração, vocês são piada, um bando de alienados esses leitores.

    Resposta
  • 22/04/2018 em 00:40
    Permalink

    Não é “auto-falante” auto falante seria um automóvel que fala, ou, por outra, um dispositivo que fala por si mesmo.

    Não, o correto é “alto-falante” aparelho elétrico que produz som em alto volume sonoro em oposição aos antigos fones usados nos primórdios da eletrônica que reproduziam o sons em baixíssimo volume. Os alto-falantes só puderam se usados com o advento da amplificação eletrônica dos sinais de áudio de baixa potência, com, inicialmente, a invenção da válvula eletrônica e, posteriormente, dos transistores.

    Resposta
  • 21/04/2018 em 16:38
    Permalink

    mais um blog esquerdista!

    queria ver falando sobre a suposta ameaça que Eduardo Bolsonaro teria feito a dita jornalista que já caluniou varias pessoas, inclusive com denuncia de estupro.

    Resposta
  • 20/04/2018 em 15:20
    Permalink

    Realmente concordo que este site é prolíxo nas suas resposta. Perde -se muito tempo reprisando os fatos pra chegar à conclusão óbvia. Tá perdendo leitores com isso.

    Resposta
  • 20/04/2018 em 13:59
    Permalink

    Então Isso prova que a gleiss pediu ajuda a al jazira!

    Resposta
  • 20/04/2018 em 13:35
    Permalink

    Essa matéria nada mais é do que uma tentativa de máscara uma verdade sobre essa grave traição a nação cometida pela senadora.

    Essa senadora é uma vergonha pra o nosso país e a justiça deveria mandar prendê-la imediatamente..

    Resposta
  • 20/04/2018 em 12:59
    Permalink

    Essa é mais uma jogada da esquerda..

    A esquerdista com essa deveria de cara perde a imunidade parlamentar e ser presa de acordo com a lei 7170/83 do artigo 8

    Resposta
  • 19/04/2018 em 22:20
    Permalink

    Essas matérias do boatos.org são muito longas e demoram a chegar no assunto

    Resposta
  • 19/04/2018 em 20:12
    Permalink

    Não existe tradução do árabe para o português e sim transliteração, e existe algumas letras do árabe que não existe no nosso alfabeto. Sendo assim, não é confiável usar essa ferramente do google.

    Resposta
  • 19/04/2018 em 15:01
    Permalink

    Legal seria se fosse verdade, mas como já disse, ninguém fora do Brasil se importa com isto.

    Resposta
    • 20/04/2018 em 18:18
      Permalink

      Se fosse verdade o que?

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)