Lula grava vídeo na cadeia pedindo votos para Bolsonaro #boato

Boato – Ex-presidente Lula resolveu a apoiar Bolsonaro. A prova disso está em vídeo gravado na cadeia em que ele pede votos para o candidato do PSL.

Nos últimos dias, um áudio que circulou no WhatsApp causou diversos sentimentos em eleitores: as “declarações” de Bolsonaro no hospital. Depois de uma análise do caso, o Boatos.org apontou que se tratava de uma imitação. Hoje, vamos falar de outra imitação.

Desta vez, a “figura” representada é a do ex-presidente Lula. De acordo com um vídeo que circula na internet, ele teria resolvido pedir votos para Bolsonaro. As mensagens que acompanham a filmagem apontam que o vídeo foi gravado na cadeia. Leia as mensagens, assista ao vídeo e leia a transcrição.

Versão 1: LULA GRAVA VÍDEO PEDINDO VOTOS PRA O BOLSONARO DE DENTRO DA CADEIA 🇧🇷17 Versão 2: Até que fim a ficha do LuLarápio caiu. B 17. Até Lula, pede votos para Bolsonaro. Versão 3: BOMBA URGENTE!!! LULA DESISTE DA BRIGA E PEDE SEU APOIO A JAIR BOLSONARO APÓS DECLARAÇÃO BOMBÁSTICA DIRETO DA CARCERAGEM DA PF.

Transcrição: Não adianta minha gente. É votar no Bolsonaro. É só ele que vai conseguir tocar o nosso Brasil pra frente e se caso ele fizer burrada, amanhã vai ter eleição novamente e, se Deus quiser, amanhã eu volto concorro e mostro como é que se faz. Mas não vamos perder tempo votando nesses outros candidatos. O nosso candidato tem que ser o Bolsonaro. Jamais imaginam que eu falaria isso, mas não tem outra solução meu companheiro.

Lula gravou vídeo na cadeia pedindo votos para Bolsonaro?

O tal vídeo se espalhou por tudo que é lugar. Teve publicação no Facebook com mais de um milhão de visualizações e mensagem no WhatsApp para tudo que é lado. Mas será mesmo que Lula gravou um vídeo apoiando Bolsonaro? A resposta é não. Vamos lá.

O primeiro ponto que denuncia a farsa é lógico. Dentre todos os candidatos nas eleições deste ano, é provável que o último que o PT (e consequentemente Lula) apoiaria seria Bolsonaro. Em um momento no qual Haddad (candidato do partido) está em segundo lugar nas pesquisas, o vídeo faz menos sentido ainda.

Junte isso à informação de que o vídeo só circulou em mensagens (sempre com diversas características de boatos online) em redes sociais e não há uma fonte confiável que endosse que ela seja verdadeira. Imagine só se Lula, estivesse, de fato, apoiando Bolsonaro. Não seria o caso de a declaração estampar a manchete de jornais, revistas, TV e portais na web?

Ao analisar o vídeo, podemos ver mais dois furos. O primeiro está na falta de sincronia da fala do vídeo com o áudio. Com um pouco mais de atenção, é possível notar que se trata de uma dublagem.

O segundo está na “qualidade” da imitação. Apesar do timbre (mesmo meio forçado) ser similar, há algumas diferenças como, por exemplo, na dicção do “s” ao final das palavras.

A comparação pode ser feita no vídeo que denuncia o último “furo” do boato: a filmagem original. Ela foi feita em março desse ano durante entrevista de Lula a uma rádio de Salvador. Assista:

Resumindo: Lula não pediu votos para Bolsonaro. Além da história não tem a mínima lógica, a filmagem que circula online é um dublagem em cima de um vídeo gravado pelo ex-presidente em março deste ano. Ou seja, trata-se de mais um boato que circula online.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)