Jovem desmascara Lula na União Europeia em 2022 #boato

Boato – Em vídeo, mulher desmascara Lula na União Europeia, em 2022, e diz que mundo precisa de mais comércio, não assistencialismo.

Com o final as eleições de 2022 e a perda da força das mobilizações golpistas contra o resultado do pleito, parece que os produtores de fake news já elegeram um novo alvo: o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Faltando cerca de um mês e meio para Lula assumir a Presidência da República, o então presidente eleito já começou a transição de governo e está participando de eventos internacionais com temas importantes para o Brasil, como a Cop 27.

Mas de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, parece que Lula não terá um governo tranquilo. Segundo uma publicação, Lula teria sido desmascarado na União Europeia, em 2022. De acordo com um vídeo que acompanha a história, uma mulher teria afirmado que a liberdade funciona e que a Europa precisa exportar a mensagem certa  para a América Latina. Ainda segundo a história, a mulher teria dito que a Escandinávia não é socialista, que todos precisam de mais comércio do que assistencialismo e para que as instituições funcionem dessa forma, elas precisam de igualdade perante à lei e não igualdade material. “Urgente Jovem desmascara Lula em plena união Européia”, diz uma das mensagens.

Jovem desmascara Lula na União Europeia em 2022?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Twitter e deixou muitos haters do presidente eleito Lula alvoroçados. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem do vídeo e da ausência de elementos que “desmascararam” Lula.

Ao se deparar com a mensagem, logo de cara ficamos desconfiados. Isso porque ela apresenta as principais características de fake news na internet, como o caráter vago, extremamente alarmista, os erros ortográficos (acentuação e nome errados), a falta de fontes confiáveis e a ausência de notícias em veículos de comunicação confiáveis.

Ao procurar pelo discurso que acompanha a publicação, descobrimos algumas coisas interessantes. A primeira delas é que o discurso não é novo. O vídeo é de 2018, do Fórum sobre liberdade econômica, no Parlamento Europeu. A mulher que aparece nas imagens é Gloria Álvarez, uma cientista política da Guatemala.

A segunda delas é que não há elementos que desmascarem Lula. Se houvesse qualquer coisa que pudesse ter desmascarado o presidente eleito Lula, com certeza já teríamos tido um escândalo nacional e internacional na época. Mas os fatos mostram outra coisa. Em 2021, Lula foi convidado para discursar no Parlamento Europeu. Recentemente, o vídeo do discurso de Lula no Parlamento Europeu circulou na internet erroneamente como se fosse do Egito.

Ao longo de todo o vídeo, Gloria Álvarez fala sobre os “socialismos na América” e critica líderes populistas. Nada muito diferente de um discurso alinhado à direita liberal. E nada perto de ser uma “grande novidade” (temos discursos parecidos em outras oportunidades muito mais antigas do que essa).

E mesmo alinhada à um discurso mais liberal, Gloria Álvarez já afirmou em uma publicação que não apoia o presidente Jair Bolsonaro. Em 2 de agosto de 2018, a cientista política escreveu um tuíte onde diz que não apoia Bolsonaro e muito menos o antigo partido do atual presidente. Além disso, Gloria Álvarez ainda afirmou que se opõe veementemente à manipulação sobre o seu trabalho, como se ela apoiasse Bolsonaro. Por fim, ela ainda disse que o único partido que apoia no Brasil é o partido Novo.

Em resumo: a história que diz que uma jovem teria desmascarado Lula na União Europeia, em 2022, é falsa! O vídeo usado como prova é antigo, de 2018. A mulher que aparece nas imagens é a cientista política Gloria Álvarez, da Guatemala. Não existe nenhum elemento no vídeo que desmascare o presidente eleito Lula. Se houvesse, teríamos um escândalo nacional e internacional. Se isso não bastasse, Lula foi convidado a discursar no Parlamento Europeu em 2021 (coisa que jamais aconteceria se ele fosse desmascarado em 2018, ano do vídeo). Por fim, a própria Gloria Álvarez já afirmou em seu Twitter que não apoia o presidente Jair Bolsonaro. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3sexfTk
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso