João de Deus diz que ministros do STF pediam dinheiro e encontros com garotas a ele #boato

Boato – O médium João de Deus afirmou que ministros do STF como Gilmar Mendes e Luiz Fux pediam dinheiro e encontro com garotas em lugares secretos a ele. Investigação faz parte da Operação Storm.

Dentre as inúmeras formas que podemos classificar as fake news, uma das possíveis seria com o item “grau de loucura”. E, ultimamente, algumas notícias falsas que citam uma suposta operação chamada Storm poderiam ser classificadas como “nível máximo” nesta categoria. A última delas fala sobre o médium João de Deus e ministros do STF.

De acordo com um texto gigantesco que circula em redes sociais, João de Deus teria feito uma denúncia bombástica contra ministros na qual ele teria afirmado que os togados teriam pedido dinheiro e “encontros com garotas em lugares secretos” a ele. Em algumas versões, a mensagem é acompanhada do nome “Operação Storm”. Leia trecho da mensagem que circula online:

Confira o desmentido em vídeo:

JOÃO DE DEUS AFIRMA QUE MINISTROS DO STF PEDIAM DINHEIRO E ENCONTROS COM GAROTAS EM LUGARES SECRETOS JOÃO DE DEUS AFIRMA QUE MINISTROS DO STF NÃO SAIAM DA CASA DOM INÁCIO DE LOYOLA EM ABADIÂNIA , PEDIAM DINHEIRO E ENCONTROS COM GAROTAS EM LUGARES SECRETOS.

Depois de o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes se declarar impedido de atuar em processos que envolvam o médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, foi a vez do ministro Luiz Fux deixar a relatoria de um pedido de soltura, alegando motivo de foro íntimo. João de Deus afirmou que esses dois Ministros não saiam da casa Dom Inácio de Loyola e pediam encontros íntimos com meninas de programas e sempre estavam atrás de dinheiro – e de que a Rede Globo de Televisão uma vez, apareceu junto com eles e pediram para não denunciá-lo em torno de três milhões de reais .

Eles tentaram extorquir–me várias vezes, afirma o médium . João de Deus conclui que só atenderam meu pedido de ficar em casa porque ameacei de contar a verdade que muitos deles usavam a casa Dom Inácio, para fazer reuniões secretas , vender sentenças e pedir encontros com mulheres – inclusive , até o Presidente Lula esteve lá com esses Ministros do STF . A defesa do médium apresentou uma reclamação ao Supremo em dezembro passado. O processo inicialmente foi distribuído para o ministro Gilmar, que se declarou impedido.( por medo dele revelar os podres dele ) Na terça (26), a reclamação passou para a relatoria de Fux, que não saia de lá atrás de dinheiro e meninas para prática de sexo, afirmou o médium . […]

João de Deus diz que ministros do STF pediam dinheiro e encontros com garotas a ele?

A mensagem cita mais um monte de “denúncias bombásticas” contra Globo, PT, Pedro Bial e outros nomes. Só há um detalhe que “esqueceram de falar”: é falsa a informação que aponta que João Deus fez a tal denúncia contra esse monte de gente.

Três pontos acabam “matando a charada”. O primeiro deles está nas características da mensagem. Assim como um “bom boato” na internet, ela é extremamente vaga (não diz, por exemplo, quando ou onde João Deus teria feito as denúncias), alarmista, com erros de português e não cita nenhuma fonte confiável que aponte para a tal denúncia do médium. Ao contrário disso.

Segundo ponto: em alguns casos, a “fonte citada” é a Operação Storm que, de acordo com conspiracionistas (para não dizer lunáticos), seria uma “operação secreta” que “estão deflagrando” para acabar com os crimes da “Nova Ordem Mundial”, “da esquerda” e “de tudo isso que tá aí”. Só tem um detalhe: a tal operação só existe na cabeça dessas pessoas. Já desmentimos histórias que falavam que a tal operação tinha prendido governadores, ministros do STF e iria implantar uma nova moeda. Temos um vídeo também falando a operação “secreta”:

Terceiro ponto: as acusações são gravíssimas (assim como uma série de acusações que circulam na internet), mas carecem de provas. Não há qualquer prova de que João de Deus tenha mesmo feito as tais denúncias. Não há uma matéria em fontes confiáveis, inquérito policial sobre o assunto ou mesmo registro de delação de João de Deus. E, como vocês sabem, o ônus da prova é de quem acusa.

Resumindo: a história que aponta que João de Deus fez uma “super delação” contra ministros do STF falando que eles pediam dinheiro e “garotas” é falsa. Não há qualquer registro da tal delação e a mensagem cita uma operação que não existe (existe apenas no mundo das teorias da conspiração).

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/318Tn5c
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet