Governador do Pará, Hélder Barbalho, escondeu toneladas de cloroquina em um galpão #boato

Boato – Enquanto há pessoas morrendo de Covid-19 no Pará, governador Hélder Barbalho está escondendo cloroquina e hidroxicloroquina em um galpão.

Infelizmente, alguns estados brasileiros já estão sendo impactados diretamente pela pandemia de coronavírus. Um deles é o Pará. Lá, os serviços de saúde estão entrando em colapso e locais como o hospital Abelardo Santos já foram alvos de tumultos. No meio disso, uma história está circulando com força na internet.

De acordo com a mensagem, o governador do estado, Hélder Barbalho, está escondendo toneladas de cloroquina e hidroxicloroquina em um galpão. A denúncia surgiu por meio de vídeos que estão circulando no YouTube. Leia algumas versões da história que circula online:

Versão 1: Absurdo – Governador de Belém do Pará está escondendo Hidroxicloroquina e deixando pessoas morrer! Versão 2: GOVERNADOR DO PARÁ ESCONDE TONELADAS DE CLOROQUINA EM GALPÃO E O POVO MORRENDO

Governador do Pará, Hélder Barbalho, escondeu toneladas de cloroquina em um galpão?

A história circulou com muita força na internet e deixou muita gente desconfiada. Mas será mesmo que o governador do Pará, Hélder Barbalho, está escondendo cloroquina em um galpão e não está distribuindo à população? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

É importante citar um detalhe: apesar de estudos estarem tentando verificar a eficácia da medicação (que serve para combater a malária), ainda não há comprovação científica de que a cloroquina ou hidroxicloroquina seja a cura da Covid-19 (torcemos que ela seja a cura). Explicamos isso neste texto.

Dito isso, saiba que não é verdade que Hélder Barbalho está escondendo cloroquina em um galpão. A Secretaria de Saúde do Pará desmentiu a informação. Veja o que foi escrito no Instagram da pasta:

A Sespa informa que é fake news a informação de que comprimidos de Cloroquina e Azitromicina estão presos em um galpão. Os medicamentos foram distribuídos para hospitais do Estado, municípios e rede particular para salvar vidas. Compartilhar fake news é crime. Lamentamos profundamente mais uma vez esse tipo de atitude.

Em nota publicada no site do governo do Pará, há a informação de que a hidroxicloroquina e a azitromicina foram distribuídas nos hospitais que tratam pacientes com a Covid-19 e que a informação de que os remédios estão “em um galpão” não procedem.

Vale dizer que a história foi desmentida por outros sites de fact-checking como o Estadão Verifica e o Fato ou Fake (do G1). Ambos citaram que as imagens foram publicadas na conta do Twitter do próprio Hélder Barbalho já quase um mês e tiradas de contexto.

Resumindo: a história que aponta que o governador do Pará, Hélder Barbalho, está escondendo cloroquina em um galpão é falsa. Toda a medicação que aparece nas imagens já foi distribuída aos hospitais que tratam pacientes infectados com o novo coronavírus.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2AryYtw

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet