General Aureliano fala, em áudio e vídeo, que intervenção militar é inevitável #boato

Boato – Comandante e general Aureliano publicou um vídeo e um áudio dizendo que a intervenção militar é “inevitável”, “questão de tempo” e que será “por bem ou por mal”.

Desde 2013, mês em que, coincidentemente, o Boatos.org surgiu, manifestações na internet pró-intervenção militar e a volta dos militares ao poder têm ganhado força. Entra presidente, sai presidente e sempre é dita a mesma coisa: a intervenção é a solução e está próxima. Não são poucas vezes, também, que grupos pró-intervenção espalham boatos. Hoje vamos falar de mais um deles.

Um texto tem circulado no WhatsApp e dá conta de que o “general Aureliano” teria se manifestado fortemente a favor da intervenção em dois momentos: em um áudio no WhatsApp e em um vídeo gravado nos estúdios da Rádio Bandeirantes. “ATENÇÃO: Ouça o pronunciamento do Comandante General Aureliano, feito no último dia 19/11/2017. ACHO QUE A HORA ESTÁ CHEGANDO, É SÓ QUESTÃO DE TEMPO!”, diz o texto.

O áudio que acompanha algumas das versões do texto aponta que “não se deve falar em ditadura”, que “se deve percorrer todos os caminhos legais até que seja feita uma intervenção militar”, que “se deve evitar qualquer pronunciamento contra a intervenção”. “É uma questão de segurança nacional”, chega a falar o áudio.

O narrador do áudio ainda cita o decálogo de Lênin (que teve origem desmentida aqui), teorias Gramcistas, o Foro de São Paulo, pronunciamentos do general Santa Rosa em Brasília, o STF e que ele não reconhece nenhum deputado que tenha sido eleito. “Não tem um que não tinha sido eleito com dinheiro de corrupção”, completa. No fim, é dito que a “intervenção vem por bem ou por mal”. Confira transcrição do início do áudio e escute:

Se ensinam isso nos colégios, que houve ditadura, e nas faculdades, nós, como ex-militares, devemos evitar isso: falar em ditadura. Vejo que sempre o senhor fala na ditadura, aí depois, não houve ditadura, se contradiz. Isso aí a gente tem que ter um cuidado jamais falar em ditadura militar. Isso foi uma orientação que tivemos aqui. Não sei se você esteve na nossa reunião com o general Santa Rosa aqui no QG dos ex-combatentes. Tava o general Santa Rosa, general Abraão, general Paulo Chagas, entre outros generais e outros intervencionistas como eu estava também presentes nesta reunião.

Outro arquivo atribuído, em algumas versões, ao general Aureliano é um vídeo de uma gravação nos estúdios da Rádio Bandeirantes em que ele também teria falado que a “intervenção militar é inevitável”. Assista ao vídeo e leia transcrição do começo do artigo:

A gente acaba com a emoção se perdendo um pouquinho, mas professor Saldanha, o senhor que é um mestre, o nosso mestre, os políticos estão colocando este país no caminho da intervenção militar. Ela vai ser inevitável. Esse processo eleitoral que nos temos é perverso. Não vai mudar nada em 2018. Os militares não querem o poder, mas querem reestabelecer aqui que está na bandeira do nosso país: Ordem e Progresso.

General Aureliano fala, em áudio e vídeo, que intervenção militar é inevitável?

Tanto o áudio como o vídeo viralizaram e muito na internet. Mas será mesmo que o general Aureliano falou que a intervenção militar é inevitável para os amigos do WhatsApp e para os ouvintes da Rádio Bandeirantes? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Antes de falar do áudio e do vídeo, temos mais um detalhe para falar na história. Em algumas versões o texto é acompanhado de uma foto. Em algumas, a pessoa da imagem é do general José Elito Carvalho Siqueira. Em outras, a imagem é do coronel da Polícia Militar de Recife, José Luis Aureliano. Ou seja, em nenhum dos casos é de um “general Aureliano do Exército”.

Vamos ao áudio. Aos 5:50, a pessoa diz que denúncias foram tratadas por juristas do grupo Movimento Cívico Brasileiros Conscientes. Ao procurar sobre o grupo chegamos à página no Facebook e percebemos que a voz que narra o áudio é idêntica ao líder do grupo Bruno Guimarães. Este vídeo, inclusive, atribui o áudio justamente a Bruno.

Em relação ao vídeo, a gravação é mais fácil ainda de ser desvendada. A pessoa que faz a narração é o radialista gaúcho Milton Cardoso. A declaração foi dada durante o programa Rádio Livre no dia 08/11/2017. Ou seja, não tem nada de general nem de Aureliano. O vídeo abaixo e uma citação ao radialista comprova isso.

Nas nossas pesquisas descobrimos que o vídeo de Cardoso também foi atribuído algumas vezes ao “diretor do Fantástico”. Obviamente, esta tese também é falsa.

Resumindo: a história que aponta que o general ou comandante Aureliano fez um pronunciamento em áudio ou vídeo dizendo que a intervenção militar é inevitável é falsa. Não vamos entrar no mérito do assunto, mas o fato é que nenhum general Aureliano (seja lá de onde for) participou do áudio ou vídeo que circulam online.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

26 comentários em “General Aureliano fala, em áudio e vídeo, que intervenção militar é inevitável #boato

  • 14/12/2017 em 22:29
    Permalink

    Caramba! Bem que poderia ser verdade… o POVO brasileiro é quase parando, o povo é a maioria, se resolver se rebelar, essa quadrilha do Planalto está lascada, mas se vende por bolsa família, bolsa gás e outros cala bocas que esses bandidos oferecem. “bandidos unidos, jamais serão vencidos”; se o povo se unisse, também, bandido nenhum o vencia. Eu tenho uma imensa vontade de jogar uma bomba no Planalto, invadi-lo e expulsar esses ladrões do povo, mas eu e mais dez, vinte ou trinta não adianta.

    Resposta
  • 08/12/2017 em 00:52
    Permalink

    Não acredito que os militares estejam sequer interessados nesse assunto. A situação está e sempre foi muito conveniente e favorável à eles. Ou alguém tem conhecimento de qualquer uma dessas “reformas” desgraçadas que venha a prejudicá-los pelo menos um centésimo do que vai prejudicar a grande maioria das população?! Sempre foram e continuarão sendo intocáveis, assim como boa parte dos políticos, boa parte do empresariado, de alguns controladores das mídias, etc. Há uma parcela significativa da população brasileira que não é afetada negativamente por isso tudo que está acontecendo, e os militares compõem essa parcela. Não estão nem azul com o que o povo está sofrendo e com o exponencial crescimento desse sofrimento.

    Resposta
  • 01/12/2017 em 12:00
    Permalink

    Saporra é boato. Mas, nós o povo devemos fazer a intervenção popular, matando todos os políticos, junto com suas famílias, à moda Romanov.

    Resposta
    • 24/12/2017 em 14:24
      Permalink

      É estranho, mas penso igual você, a família inteira participa destas atrocidades e nos olham como simples povão, nos olham de nariz arrebitado, digo isto por conhecer alguns.

      Resposta
  • 26/11/2017 em 23:02
    Permalink

    Só Deus na causa !!! Ajuda -nos Senhor antes que nosso país se afunde e faça o povo acordar e lutar pra tirar esses bandidos ladroes do poder político e da nossa nação!!!!!!!

    Resposta
  • 26/11/2017 em 21:16
    Permalink

    Já era tempo disso. Manda para casa esse quadrilha que se estabeleceu em Brasília, e no Brasil de todo porque no geral os governantes são todos corruptos. Dissolve o congresso e coloca um interventor em cada estado. Devassa as contas e quem tem rabo de palha vai arder no fogo.

    Resposta
  • 26/11/2017 em 19:19
    Permalink

    Pessoas de bem usando mentiras seriam tão de bem assim?

    Resposta
  • 26/11/2017 em 19:03
    Permalink

    EU TBM ESPERAVA QUE A #INTERVENÇÃO ACONTECESSE, E HOUVESSE UMA LIMPESA GERAL, EXTERMINANDO TODOS OS POLITICOS QUE ROUPARAM E LESARAM A PATRIA. LOGO DPOIS FOSSE INCLUSO EM UMA DAS CLAUSULAS PETREAS DA CONSTITUICAO QUE O COMUNISMO FOSSE PROIBIDO, PARA QUE ESSE CANCER SEJA EXTIRPADO DA NOSSA NAÇÃO. E O BRASIL FIQUE LIVRE DE POLITICOS E QQR UM Q VENHA QRRER Q O BRASIL VOLTE PARA ESSA DECSDENCIA TOTAL EM Q NOS ENCONTRAMOS HOJE

    Resposta
  • 26/11/2017 em 17:47
    Permalink

    Apoio a intervenção militar e em primeiro lugar colocar na cadeia com prisão perpétua para todos os fichas suja deste país.. ..nós precisamos é de escolas e hospitais para nosso povo sofredor…..

    Resposta
  • 26/11/2017 em 15:29
    Permalink

    Demoro vai pra cima desses políticos bandidos

    Resposta
  • 26/11/2017 em 14:44
    Permalink

    É o único caminho para preservação dos direitos de cada cidadão brasileiro, não temos mais esperanças de melhora do quadro que ai está , seria uma limpeza para podermos pensar em uma sociedade digna para as próximas gerações.

    Resposta
  • 26/11/2017 em 13:50
    Permalink

    Senhores militares, façam então a porra da Intervenção Militar e parem de ficar só falando. Os militares do passado não ficaram de blá blá blá, foram lá e deram o Golpe Militar, ah eu esqueci, naquela época ainda existia homens e não esses bando de frouxos e viados dos dias de hoje!

    Resposta
    • 01/12/2017 em 13:01
      Permalink

      Cara! Você chamou militar de “viado”? Se fosse durante a Ditadura, você seria censurado, preso e torturado!

      Resposta
  • 26/11/2017 em 13:41
    Permalink

    Que o país precisa de uma intervenção não tenho dúvida, pois já há muito estamos testemunhando a completa falência dos três poderes, que se demonstram incapazes de colocar a “casa em ordem”; entretanto, não me parece que os militares estejam se preparando para tomar o poder e, tampouco, me parece que tenham interesse ou vontade de fazê-lo, infelizmente!…

    Resposta
  • 26/11/2017 em 13:38
    Permalink

    Fake ou não, a verdade é que a esquerda toda está desmentindo tudo, quando na real mesmo estão se borrando de medo. Está mais que na hora de acabar com essa roubalheira epalhaçada que está o BRASIL!

    Resposta
  • 26/11/2017 em 12:16
    Permalink

    A maioria dos Brasileros espera que isso aconteça. Não aguentamos mais tanta desfaçatez, cinismo, e hiprocrisia da “justiça” com tanto ladrão nesse país! A indignação com a falta de pessoas honestas, comprometidas com o bem-estar da população é tão grande, que nos desesperamos! É inevitável,SIM! Queremos Intervenção Militar!

    Resposta
    • 27/11/2017 em 20:29
      Permalink

      Quem quer intervenção militar cara pálida? Faça uma pesquisa rápida e vai ver que não tem 1% da população que queira isso.

      Resposta
  • 26/11/2017 em 10:06
    Permalink

    Quanto a esse áudio sobre Intervenção militar uma hora oportuna deixará de ser mero boato. Desde 2013 o que vemos é um incremento do apoio ao movimento Intervencionista. Ele assim como muitos militares vem se manifestando a favor dessa que é a única maneira de livrarmos esse país do comunismo e do colapso que se avizinha .

    Resposta
    • 26/11/2017 em 19:15
      Permalink

      Os idiotas deste pais ainda não aprenderam que estes politicos de 2003 pra cá so roubaram e nada mais. Intervenção militar moralizadora já.

      Resposta
  • 25/11/2017 em 22:54
    Permalink

    Eu apoio a intervenção militar…

    Resposta
  • 25/11/2017 em 22:52
    Permalink

    Estava esperançoso que alguma coisa boa iria ocorrer neste país, com o extermínio de políticos vagabundos e um recomeço de reorganização dssa bagunça (de politicos) que hoje nos enoja.
    Que pena!
    Sou contra intervenção militar, mas, do jeito que está o cenário politiqueiro, seria um mal necessário.

    Resposta
  • 25/11/2017 em 20:21
    Permalink

    Intervenção militar sim, é a única alternativa

    Resposta
  • 25/11/2017 em 18:21
    Permalink

    General de promessa já estamos cansados, precisamos de ação enquanto os senhores ficam só na promessa o país está cada vez mais na miséria. Tomam uma atividade pelo o amor de Deus e pelo o amor que temos a nossa pátria

    Resposta
    • 26/11/2017 em 22:46
      Permalink

      Ei! Leia com atenção! Não foi um general quem declarou isso! É um grande mal entendido!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)