Equipe de transição de Bolsonaro achou 720 carretas bitrem de Eike e do BNDES #boato

Boato – A equipe de transição do governo Bolsonaro descobriu 720 carretas bitrem abandonadas por Eike Batista no Pará. Vídeo mostra carretas com adesivo do BNDES.

Depois do momento inicial de euforia de Bolsonaro com a vitória nas eleições, o futuro presidente já se prepara para o início do novo governo. Enquanto ele realizou encontros com outras autoridades (como o presidente Michel Temer e o presidente do STF Dias Toffoli), a equipe de transição se formou em Brasília.

Em meio a todo esse cenário, um vídeo “impactante” começou a circular no WhatsApp e no Facebook. A filmagem mostra diversos caminhões abandonados e um homem narrando o “absurdo”. De acordo com a mensagem que a acompanha, tratam-se dos caminhões comprados por Eike Batista com o dinheiro do BNDES e abandonados no Pará. Assista ao vídeo e leia a mensagem que circula online:

A equipe de transição do governo do Bolsonaro em ação, descobriram 720 Carretas Bi-trem (todas com adesivos do BNDS) abandonadas no Pará de de uma das Empresas de Eike Batista. Dinheiro do povo jogado no lixo através dos esquemas do PT no BNDES. Inacreditável esse cemitério de caminhões Bi-trem!!! Veja o vídeo.

Equipe de transição de Bolsonaro achou 720 carretas de Eike e do BNDES no Pará?

Muita gente já saiu compartilhando o vídeo e esbravejando contra a “farra” do BNDES. Mas será mesmo que a equipe de transição de Bolsonaro achou a tais 720 carretas bitrem de Eike Batista no Pará? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Um detalhe apenas elimina qualquer chance de essa história (que carrega algumas das principais características de fake news) ser real: o mesmo vídeo já circulou em outra fake news no ano de 2016 (época em que quase ninguém falava na possibilidade de Bolsonaro ser presidente). Ou seja: se o vídeo é antigo, não tem como ele ser “da equipe de transição de Bolsonaro”.

Na época, o boato que circulava também era das “carretas de Eike Batista” encontradas no Pará. Se você ficou curioso para saber qual é a explicação que derruba a tese que liga Eike e o BNDES ao vídeo, confira o que escrevemos em 2016 (já voltamos aqui):

De fato, diversas empresas de transporte sofreram com a crise e problemas na safra neste ano [2016] e tiveram que deixar os caminhões parados. O vídeo acima não é o único que circula na internet que mostra a situação. De cara, tentamos procurar a origem do vídeo. Logo descobrimos que, primeiro, ele surgiu na internet como “os caminhões da Batista”. O número era de 491, a empresa a que se referia o vídeo era a Transportadora Batista e a filmagem foi feita em Mato Grosso.

“A Triste realidade da situação do transporte no Brasil! Caminhões apodrecendo parados no tempo por falta de frete, 491 Caminhões parados -15/10/2016 Mato Grosso”, dizia a mensagem.

A partir dessa divulgação inicial, é que a pessoas começaram a juntar o nome de Eike Batista, BNDES, PT e uns “200” caminhões a mais à informação. E, claro, a história começou a ganhar compartilhamentos.

Para além do crédito para o “Batista errado”, há também o fato de Eike Batista não ter trabalhado com empresas de transporte de carga. Na lista de empresas (falidas) dele, não há nenhuma do ramo. Ou seja, por que ele teria caminhões se ele não tem empresa de transporte?

Visto que o vídeo é antigo e a tese que fala sobre Eike Batista e o BNDES já ter sido desmentido na época, não temos mais nada a dizer a não ser que a história que aponta que a equipe de transição de Bolsonaro achou 720 carretas bitrem de Eike Batista e do BNDES no Pará é falsa. É mais um boato antigo e requentado que circula por aí.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Equipe de transição de Bolsonaro achou 720 carretas bitrem de Eike e do BNDES #boato

  • 11/11/2018 em 20:44
    Permalink

    A é? E a empresa EBX Express do Eike Batista? É fake também? Ou vocês estão mal informados ou estão querendo enganar o povo.
    Não sei se o vídeo é verdadeiro, mas que ele teve empresa de transporte, teve.

  • 11/11/2018 em 13:04
    Permalink

    Ninguém abandona quase 500 carretas por falta de frete… porque não explicam o verdadeiro problema que ocorreu, se é que tem explicação! !

Fechado para comentários.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)