Dono da Seara grava vídeo xingando bolsonaristas #boato

Boato – Paulo Seara é o dono e presidente da empresa Seara. Ele gravou um vídeo chamando bolsonaristas de “cornalhada” e indagando por que não aceitam a vitória de Lula.

Após as cenas lamentáveis ocorridas no domingo (10) na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, podemos perceber que o desfecho não está sendo nada bom para bolsonaristas. Mais de 700 já foram presos após os atos de vandalismo e muitos estão estarrecidos com o fato de terem que passar por uma triagem na sede da Polícia Federal.

Em meio a isso, há gente que tripudie da situação difícil de alguns fãs de Bolsonaro. Um destes casos está em um vídeo (que não será exibido aqui) no qual um homem identificado como o “dono da Seara”. No vídeo, ele fala sobre “cornalhada bolsonarista”, indaga por que não aceitam a derrota, critica pastores “crentes” e fala para todo irem para o Afeganistão. Leia:

Confira também: É falso que Lulinha foi preso no Paraguai! Confira o desmentido em vídeo:

Clique e siga o Boatos.org no YouTube

Versão 1: Paulo Seara, dono da Seara. Joguem no lixo qualquer produto dessa empresa e nunca mais comprem nada com esta marca. Chega de deboche e desrespeito com os conservadores Versão 2: Dono do grupo SEARA, vamos boicotar os produtos deles. Versão 3: Dono do grupo Seara, que tal vocês tirarem a banda do sofá, pararem de assistir TV e boicotar essas m… de marcas? Acordem p…!

Dono da Seara grava vídeo xingando bolsonaristas?

O texto junto com o vídeo, que, por sinal, não é nada legal para bolsonaristas, se espalhou em tom jocoso (no caso de quem não gosta de Bolsonaro) ou crítico (no caso de quem gosta do ex-presidente). Independentemente do tom, uma coisa é certa: a pessoa do vídeo não é o “dono da Seara”.

A mensagem, o histórico e a fonte da informação já começam a entregar a farsa. Os textos que circulam online são vagos, alarmistas, têm erros de português e não citam qualquer fonte confiável que confirmem a informação de que o sujeito é dono da empresa em questão.

Além disso, não é de hoje que circulam na internet fake news sobre “donos de empresas” sendo “confundidos em vídeos. Já desmentimos, por exemplo, informações falsas que apontavam para vídeos do “dono da Localiza” e do “dono do Atacadão/Carrefour”.

Ao buscar de onde saiu o assunto, descobrimos que, na realidade, ele “brotou em redes sociais”. Tudo começou quando o sujeito em questão foi identificado como “Paulo Seara, de Itajaí”. A partir daí, começaram a falar que o cidadão era dono da Seara. Não há nada sobre isso em fontes confiáveis.

Ao contrário, o CEO da Seara atualmente se chama João Campos. Ele é um executivo e não se parece com o homem do vídeo. Vale apontar que a Seara é parte da JBS desde 2013. Ou seja: a holding pertence à família Batista (aquela mesmo). É importante lembrar também que os fundadores da marca Seara (antes de ela ser comprada) não tinham o sobrenome Seara. Na realidade, a marca tem este nome por conta da cidade em que foi fundada.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que o dono da Seara xingou bolsonaristas, crentes e tudo mais. A pessoa do vídeo não é o presidente da empresa e a história que circula por aí só está dando combustível para os xingamentos.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/2M3r9Bt
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet