Dono da rede Atacadão e Carrefour pede fim da quarentena e diz que vai demitir 60% dos funcionários #boato

Boato – O dono da rede de supermercados Atacadão e do Carrefour gravou um vídeo em que critica o isolamento social como proteção ao novo coronavírus e diz que empresas vão demitir 60% dos funcionários.

Na última semana, após o pronunciamento do presidente defendendo o fim do isolamento social para “não quebrar a economia” (pedido que vai contra todas as autoridades de saúde do mundo), começaram a aparecer “apoios” ao posicionamento de Bolsonaro. Nem todos verdadeiros, diga-se de passagem.

Uma delas é um vídeo que está circulando na internet em nome do “dono da rede de supermercados Atacadão” (em alguns casos, ele também é identificado como o dono do Carrrefour). No vídeo, o homem fala que vai demitir 60% dos empregados e critica as medidas de quarentena, a Globo e tudo mais. Leia as mensagens que acompanham o vídeo (que não será exibido aqui):

Confira o desmentido em vídeo

Versão 1: Dono da rede Atacadão, Carrefour Versão 2: Atacadão e Carrefour mandado embora por causa de gastos sendo que não para de chegar caminhões com mercadorias porque está vendendo muito? Versão 3: Dono da rede Atacadão, Deu sua opinião sobre corona vírus e irá demitir 60% dos funcionários. Versão 4: Dono do Atacadao e Carrefour Versão 5: Esse é Presidente da Rede Atacadão. Veja o que pensa sobre a manobra política que tenta desestabilzar a economia… o cara emprega milhares de pessoas…

Versão 6: Dono da rede Atacadão Carrefour… Ê isso, pra quem ainda não entendeu que saúde e economia andam de braços dados. Se te faltar dinheiro pra comer, comprar remédios,…enfim viver, vc morre. O corona vírus pode ou não te matar, vai depender de diversos fatores. Mas se vc não tiver como ganhar dinheiro…vc morre de fome e de outras doenças oportunistas. Proteja os que estão mais vulneráveis e vamos a luta também com proteção!

Dono da rede Atacadão e Carrefour pede fim da quarentena e diz que vai demitir 60% dos funcionários?

O vídeo se espalhou muito na internet, principalmente entre as pessoas que concordam que “devemos sair às ruas porque a economia não pode parar mesmo morrendo alguns milhares de brasileiros”. Mas será mesmo que o foi o dono da rede Atacadão e do Carrefour que divulgou a tal informação? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

A primeira coisa que fomos apurar foi a veracidade na informação que aponta que o Atacadão e o Carrefour estão demitindo pessoas. A informação não procede. Ao contrário: o Carrefour não só não vai demitir como anunciou que vai contratar 5 mil pessoas para reforçar a equipe. Também não vimos nada sobre demissão no Atacadão.

Vale dizer que “dono do Atacadão”, que se chama Roberto Mussnich, não se parece com o homem que está no vídeo. Também vale dizer que o dono Carrefour (que comprou o Atacadão em 2007) tem um francês como “dono”.

Mas se não é nem o dono do Atacadão tampouco o dono do Carrefour no vídeo, quem está na filmagem? Trata-se de Ricardo Diniz, dono do Atacado Diniz, uma distribuidora de produtos para panificação e confeitaria.

Não vamos entrar no mérito da questão e até entendemos o “drama que o empresário brasileiro vive”, mas gostaríamos de deixar alguns esclarecimentos sobre o que ele disse. 1) A Covid-19 não é uma doença que não oferece perigo. Como é extremamente contagiosa e sem cura ou vacina definida, pode acarretar em um colapso dos serviços de saúde (públicos ou privados). 2) Entendemos que o coronavírus está prejudicando a economia, mas ressaltamos que todos os locais que ofereceram resistência ao isolamento social (como a região da Lombardia e os EUA) estão sofrendo as consequências. 3) O governo federal está trabalhando com medidas para minimizar as perdas econômicas. Cabe ao empresário avaliar se vale a pena aderir ou achar que o governo não está fazendo o suficiente. 4) Problemas econômicos a gente resolve. Mas a vida é prioridade.

Resumindo: a história que aponta que o dono do Atacadão e do Carrefour gravou um vídeo criticando a quarentena do coronavírus e disse que 60% dos funcionários serão demitidos é falsa. A pessoa que gravou é um empresário, mas não é o dono do Atacadão.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2IoBB2R

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet