Dinheiro de Guiné Equatorial era para a campanha de Haddad e do PT #boato

Boato – Já está comprovado que dinheiro apreendido no aeroporto de Viracopos com comitiva de Guiné Equatorial era destinado à campanha de Fernando Haddad e do PT.

Em tempos de polarização política no Brasil, as pessoas têm, cada vez mais, demonstrado um hábito, no mínimo, imprudente: apontar o dedo para culpados sempre que alguma notícia impactante aparece na mídia. Exemplos recentes podem ser vistos no caso do atentado contra Bolsonaro (em que até o próprio candidato foi acusado, sem provas, de ter forjado o ataque). Hoje vamos falar de um caso similar a esse.

No último sábado, 14 de setembro, a Polícia Federal e a Receita Federal apreenderam junto a uma comitiva do vice-presidente de Guiné Equatorial Teodoro Obiang (filho do ditador de mesmo nome) malas recheadas de dólares e relógios de luxo no aeroporto de Viracopos (Campinas).

Assim que a apreensão virou notícia, muitas pessoas em redes sociais começaram a chegar a uma conclusão: o dinheiro era destinado à campanha de Fernando Haddad (PT) para a Presidência da República. As “evidências” estavam descritas nos “fatos” de que Lula perdoou uma dívida do país, que o BNDES investiu em Guiné Equatorial e “conjecturas”. Leia três versões da mensagem que circula online (viralizou no Facebook e WhatsApp):

Versão 1: CRIMINOSOS INTERNACIONAIS VIERAM DEIXAR DINHEIRO PARA CAMPANHA DE HADDAD. Na tarde de 14 de setembro de 2018, equipe da receita federal de Viracopos (Campinas), apreende 50 milhoes de dolares em 19 maletas Louis Vitton, vindas como bagagem acompanhada de “Teodorín Obiang” filho do ditador de Guiné Equatorial, acredita-se que a quantia apreendida seria para campanha de Hadad”…

Versão 2: O Vice-presidente da Guiné Equatorial foi preso ao tentar entrar no Brasil com mais de 50 milhões de dólares em dinheiro. Por coincidência é o país que o Lula perdoou uma dívida bilionária e teve várias obras bilionárias feitas com dinheiro do BNDES. Por coincidência ele trouxe este fortuna em plena época eleitoral.

Versão 3: Em 2007, o então presidente Lula anunciou o perdão da dívida de Guiné Bissau com o Brasil no valor de US$ 34 milhões. Na sexta-feira, a Polícia Federal apreendeu no aeroporto de Campinas cerca US$ 16 milhões de dólares (aproximadamente R$ 67 milhões) e 20 joias e relógios de luxo do vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, que veio ao Brasil em “missão oficial”.

Os valores e objetos preciosos estavam em malas da autoridade africana, que junto com mais 10 passageiros se recusaram durante quatro horas a mostrar o que transportavam à Polícia Federal e à Receita Federal, alegando imunidade diplomática. A PF instaurou inquérito para apurar o caso. Nós não precisamos de inquérito para ligar os fatos. O dinheiro, certamente, seria entregue ao PT para a campanha de Haddad.

Dinheiro de Guiné Equatorial seria entregue à campanha de Haddad e do PT?

Como as pessoas adoram uma denúncia sem provas (está aí o histórico do Boatos.org que não nos deixa mentir), a tal história começou a render diversos compartilhamentos por aí. Mas será mesmo que essas teses que circulam online são reais? Se dependermos das mensagens descritas acima, a resposta é não. Vamos aos fatos.

Assim que batemos o olho nas mensagens (que carrega as principais características de fake news) fomos procurar mais sobre o que estava escrito. De cara, descobrimos duas coisas. 1) Com exceção dos “detetives do feicebook e o zapzap”, nenhum veículo confiável ou fonte oficial falou que o dinheiro era para Haddad. 2) As mensagens estão cheias de erros (e nem estamos falando da tese que liga o dinheiro a Haddad).

Nenhuma das três mensagens utilizadas como exemplo acertam o valor apreendido. Enquanto duas mensagens falam em US$ 50 milhões e uma mensagem fala em US$ 16 milhões + joias e relógios, o valor correto é US$ 1,4 milhão e R$ 55 mil em dinheiro e diversos relógios de luxo avaliados (ao todo) em US$ 15 milhões. Um bom dinheiro, mas bem menos do que está sendo descrito.

Também é errada a informação que aponta que o vice-presidente de Guiné Equatorial foi preso no Brasil. O dinheiro e os relógios foram apreendidos (há já um pedido de devolução), mas Teodoro Obiang e a comitiva do país já deixaram o Brasil. A PF vai investigar a destinação do dinheiro. Até o momento, a explicação oficial é que os relógios seriam de uso pessoal e o dinheiro seria gasto em Singapura.

Ok. Já deu para ver que as mensagens estão cheia de erros e “tiram” a informação que liga Obiang e a Guiné Equatorial a Fernando Haddad e o PT do nada. Mas a coisa não para por aí. Resolvemos pesquisar os “motivos” que levariam o ditador a ajudar o PT e achamos mais alguns erros.

A primeira informação falsa é a de que o Brasil “perdoou” uma dívida “bilionária” de Guiné Equatorial (citado pela “versão 1”). Em 2013, uma informação sobre perdão de dívidas (não bilionária) chegou a ser veiculada na mídia, mas foi desmentida pelo próprio governo em nota oficial. A “versão 3” do boato chegou a falar sobre o perdão de dívida de Guiné-Bissau. Esse perdão é real, mas Guiné-Bissau não tem nada a ver com os dólares encontrados no Brasil. É outro país!

A segunda informação sobre vínculos de Haddad e Guiné-Equatorial aponta que diversas obras foram feitas no país com o dinheiro do BNDES. A informação foi negada pelo próprio banco (vale dizer que o BNDES disponibilizou um link para consultas). Também foi negada a informação que o banco “envia” dinheiro para outros países. Confira:

Não há obras financiadas com dinheiro do BNDES na Guiné Equatorial. O país não figura entre os destinos de financiamentos do BNDES à exportação de bens e serviços brasileiros de engenharia. As operações que o Banco realiza estão disponíveis à consulta em http://www.bndes.gov.br/transparencia

Resumindo: apesar de algumas mensagens apontarem que o dinheiro apreendido com a comitiva de Guiné Equatorial seria destinado à campanha de Haddad, não há nada que comprove isso e todos os argumentos utilizados nos textos se utilizam de informações falsas. Até que se prove o contrário, o dinheiro de Teodoro Obiang não era destinado a nenhum político do Brasil.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

26 comentários em “Dinheiro de Guiné Equatorial era para a campanha de Haddad e do PT #boato

  • 20/10/2018 em 13:24
    Permalink

    Vocês apuram os fatos antes da PF kkkkk… Devem ser do CSI kkkk

    Resposta
  • 15/10/2018 em 13:57
    Permalink

    Olha! Até pode ser boato! Pois se Gilmar Mendes já declarou que o caixa do PT com dinheiro proveniente de negociatas, propinas e corrupção, dariam para bancar as eleições para o partido dos “trabalhadores” até 2038! Pois é, né?!

    Resposta
  • 24/09/2018 em 13:47
    Permalink

    demais o engajamento desses caras em desmentir as coisas …por mais estranhas e suspeitas que sejam…afinal ele estava indo pra Malásia(que fica a leste do pais dele!!) mas resolveu dar uma de Cabral e dizer que errou o caminho …veio para o Oeste…..

    Resposta
  • 20/09/2018 em 21:58
    Permalink

    O site boatos.org carece de credibilidade em muitos desmentidos por aqui publicados, pois age cada vez mais tendencioso e engajado.

    Resposta
  • 20/09/2018 em 17:26
    Permalink

    Existem pessoas doentes que só desejam proliferar o mal pricipalmente se for contra o PT até a Record fez ilações ligando o governo do PT ao ditador pai do que foi aprendido no aeroporto .

    Resposta
  • 20/09/2018 em 16:07
    Permalink

    EU DEIXEI DE ACREDITAR EM BOATOS. COM CERTEZA ESSE DINHEIRO DEVERIA TER UM DESTINO. TUDO LEVAR A CRER QUE SERIA FONTES DE PAGAMENTOS PARA SE MANTEREM NO PODER. FOI ASSIM COM AJUDA A OUTROS PAISES DE ESQUERDA.

    Resposta
  • 20/09/2018 em 12:40
    Permalink

    A Revista Época publicou uma reportagem em 02/10/2015 relatando o relacionamento no mínimo estranho entre Lula e o ditador da Guiné Equatorial…contra fatos não há argumentos.

    Resposta
  • 19/09/2018 em 19:41
    Permalink

    O site https://www.boatos.org é uma farsa! KKKKKKKkk Larga mão… Cria um site para dizer se é boato ou não já é uma grande piada! Deixe a ideologia de lado primeiro! Ou vão achar que Vocês são desonestos como toda a mídia brasileira! Vão trabalhar ao invés de ficar enganando leigos!

    Resposta
  • 19/09/2018 em 10:39
    Permalink

    Vertifique artigo da folha de SP de de 3 de julho de 2016
    sob o Título Lula ajudou OAS a obter obra de 1 bi na África

    Resposta
  • 19/09/2018 em 02:36
    Permalink

    Que tal essa matéria da revista Época de 2015 falando sobre a amizade do Lula e o Ditador, inclusive com participação da Odebrecht?
    https://goo.gl/bSqVqQ

    Agora em época de eleição ele carrega toda essa quantia não declarada em uma mala para que? Não é uma prova descarada mas não deixa de ser um forte indício.

    Resposta
  • 18/09/2018 em 22:32
    Permalink

    Mentira!!!!

    Leiam na Veja a verdade.

    Resposta
  • 18/09/2018 em 07:27
    Permalink

    Realmente não tem nada que COMPROVE de modo bem explícito isso daí, mas existem fatos que reforçam a teoria sim e fatos, digamos…. convincentes, tendo em vista a figura envolvida..kkkkk que já tem o hábito de roubar.

    Resposta
    • 18/09/2018 em 22:16
      Permalink

      Esse site é farsa. Boato org é minha pic*.

      Resposta
    • 19/09/2018 em 19:38
      Permalink

      Achei que Vocês iam dizer que com certeza não era dinheiro de corrupção e para o PT!

      Resposta
  • 18/09/2018 em 03:18
    Permalink

    OK, apenas um comentário: 14 de setembro foi sexta-feira, e não sábado, conforme mencionado no texto.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 18:27
    Permalink

    gostei da clareza e pureza das informações. Obrigado.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 13:28
    Permalink

    Fake news é este site afirmar que o dinheiro não era destinado a nenhum político no Brasil. Pára de balela, até esse site? Que eu achava apartidário. Se não há prova de que o dinheiro era pra político, também não há prova de que não era, o resumo deveria ter sido concluído como “Ainda não se sabe o destino do dinheiro”. Estão querendo defender bandido também? Boato news.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 11:27
    Permalink

    Mas e a dívida de 900 milhões perdoada, não vai citar?
    Reitero que as pessoas podem começar a pensar haver uma vertente de esquerda no site.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 10:32
    Permalink

    Muito embora acompanhe esse site já há algum tempo, para verificar noticias, antes de repassa-las, não pude deixar de notar que o site é sim, tendencioso. A forma como deixa claro a NEGAÇÃO da suspeita, já parte deixando claro que é fake-news.
    Se não esta comprovado (obviamente, tudo leva a crer se tratar, sim, de um “trôco” das benécies recebidas do Brasil, durante os governos passados, para campanhas eleitorais.
    Ainda que eu deixe o benefício da dúvida, a forma como o site se posiciona é clara, quando inclui um artigo que nega a existencia de financiamentos do governo brasileiro a vários regimes de esquerda da Africa, entre eles a Guiné-Bissau (www.bbc.com/portuguese/noticias/ 2013/05/130520_perdão_africa_mdb), foi perdoado, SIM, divida da Giné-Bissau. Diante disso, deixarei de consultar esse site, visto ser tendencioso.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 10:13
    Permalink

    Como “Boato” quando a destinação na mala com os milhões de dólares? A Policica Federal está investigando e vocês já chegaram a conclusão quanto a destinação? Os ilações que apresentam não são convincentes; não mais vou recorrer a vocês, são parciais e não merecem créditos, vocês são boateiros…. Usam o bordão do Chacrinha: Não explicam, confundem.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 06:29
    Permalink

    As informações estão no mínimo desatualizadas aqui. Acabei de assistir na Bandnews, por volta de 06:20h da manhã de 17/09/2018, que o valor total apreendido entre relógios e dinheiro em espécie, após conversão para Reais, é de R$80.000,00. O destino dessa fortuna é óbvio, mesmo que ainda não tenham surgido as provas. É só juntar 2 + 2.

    Resposta
  • 17/09/2018 em 00:29
    Permalink

    VIROU MODA: Quando se quer “abafar o caso”, é só publicar que a notícia não passa de Boato kkkkk
    Qual é o otário que vai acreditar nesse “Boato”??!!!
    Esses esquerdopatas não valem nada mesmo…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)