Candidato Dimas Gadelha disse que vai implantar banheiro unissex em escolas de São Gonçalo #boato

Boato – O candidato Dimas Gadelha disse que vai implantar banheiro unissex em escolas de São Gonçalo (RJ). Caso seja eleito à prefeitura, Gadelha também definiu que implantará o ensino de “ideologia de gênero”.

Falta pouco para o segundo turno das eleições no Rio de Janeiro. E, é claro, como acontece desde o início do pleito, não faltam denúncias falsas e ataques contra candidatos aos cargos mais importantes do governo carioca, visando desacreditar as suas campanhas e mudar os votos dos eleitores.

Desta vez, uma publicação que começou a circular nas redes sociais dá conta de que o candidato a prefeito Dimas Gadelha teria dito que vai implantar banheiro unissex em escolas de São Gonçalo. Mais que isso, de acordo com a postagem que está sendo compartilhada, Gadelha teria definido, ainda, caso seja eleito à prefeitura da cidade, que implantará o ensino de ideologia de gênero às crianças. “No meu governo é igualdade para todos!”, afirmou, supostamente.

A suposta fala de Dimas Gadelha ganhou, inclusive, supostos apoiadores transexuais conhecidos em São Gonçalo. Confira, a seguir, as versões do texto original das publicações que estão rodando online e deixando alguns internautas confusos pouco antes da votação:

Versão 1: Assim como em Maricá, implantaremos a ideologia de gênero instalando o terceiro banheiro em todas escolas da rede de ensino em SG. No meu governo é igualdade para todos! DIMAS 13 Versão 2: GGA Grupo Gay Atitude Aos LGBTs Eu, Nanda Matinny, transexual e presidenta do Grupo Gay Atitude, reafirmo meu apoio a Dimas Gadelha Prefeito de São Gonçalo. Dimas vai implantar a IDEOLOGIA DE GÊNERO em nossas escolas, assim como combater a homofobia e o fundamentalismo religioso, como ensina a cartilha do PT. Contra nossos opressores votem PT, votem Dimas Gadelha.

Candidato Dimas Gadelha disse que vai implantar banheiro unissex em escolas de São Gonçalo?

A publicação viralizou no ápice do segundo turno eleitoral, que vai definir o novo prefeito de São Gonçalo, a fim de confundir a opinião dos eleitores. No entanto, a informação não procede.

Para começar, as versões da mensagem da publicação carregam todas as características de fake news, inclusive, seguindo um padrão específico e comum nestas eleições: são vagas, alarmistas (têm o intuito de causar burburinho e mudar o rumo da votação para prefeito da cidade), possuem erros de português e, o mais importante, não citam fontes confiáveis de notícias que possam confirmar as pautas dadas como parte da campanha de Dimas Gadelha.

Em segundo lugar, boatos online com denúncias falsas sobre candidatos ao pleito brotaram aos montes na internet nos últimos tempos. Inclusive, alguns deles, nós já desmentimos aqui no Boatos.org, como, por exemplo, aquele que dizia que um candidato a vereador teria oferecido a esposa em troca de votos; outro sobre Romeu Zema, candidato em MG, ter supostamente sido acusado de estupro de vulnerável (pedofilia); e até uma história bem parecida com a de hoje, que apontava que Eduardo Paes iria colocar Freixo na Secretaria de Educação para implantar banheiro unissex nas escolas. Essas e outras notícias falsas são tão comuns em período eleitoral que até já “cantamos a pedra” em um vídeo no nosso canal:

Sobre a nossa história de hoje, todos os citados desmentiram a informação. Em uma postagem em sua página oficial no Facebook, Dimas Gadelha pediu o combate às fake news e esclareceu que é contra a implantação da ideologia de gênero nas escolas:

“Diga não às fake news! Chega de mentiras! O adversário quer só atacar e não apresentar propostas. Vamos combater isso. Vamos denunciar todo tipo de fake news! ‘Sou contra a ideologia de gênero nas escolas. Em Niterói e Maricá não tem essa política. E São Gonçalo vai trilhar o mesmo caminho’. Mais uma mentira do adversário que cai por terra. Fake News é crime!”.

O Grupo Gay Atitude, citado em uma das versões do boato, também negou a informação no Facebook, alegando que, apesar de a presidenta, Nanda Matinny, de fato, apoiar Gadelha, de forma particular, o grupo não declarou apoio a nenhum candidato a prefeito:

“⚠️CUIDADO COM AS FAKE NEWS⚠️ Nossa presidente Nanda Matinny foi vítima de Fake News nesta segunda, ela apoia sim particularmente o candidato Dimas Gadelha, em nenhum momento o Grupo Gay Atitude declarou apoio a candidato a Prefeito. Nunca falaríamos “IDEOLOGIA DE GÊNERO” , isso não existe, foi criado pela direita junto às Fakes News. Pedimos para que não caiam nessas Fakes maldosas e nem incluam nosso movimento no meio! Uma Fake com intenção transfóbica, pois se incomodam com uma mulher Trans tendo espaço na política e ainda mais espaço de liderança. Não apoiamos nenhum candidato, apenas os Progressistas que não são LGBTfóbicos”.

Para você ter uma ideia da proporção que o boato tomou, Dimas Gadelha, para não perder a eleição, teve até que assinar um documento no qual ele firma compromisso com a Igreja Cristã dizendo-se contrário ao aborto e à ideologia de gênero. No texto, o candidato também afirma que, caso seja eleito, também criará a Subsecretaria de Assuntos Religiosos. De acordo com apuração da reportagem citada, a assinatura da “carta de compromisso” teve a finalidade de barrar as fake news divulgadas contra Gadelha.

Resumindo: A publicação que dá conta de que o candidato Dimas Gadelha teria dito que irá implantar banheiro unissex em escolas de São Gonçalo não é verdadeira. Na realidade, Gadelha se disse contrário à ideologia de gênero nas escolas, tanto que até assinou documento firmando compromisso a respeito do assunto junto à Igreja Cristã.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK