Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Carta atribuída a “Comissão interclubes militares” sobre STF e operação contra Bolsonaro é falsa

Carta atribuída a “Comissão interclubes militares” sobre STF e operação contra Bolsonaro é falsa

Comissão interclubes militares escreveu carta contra STF e operação que mira Bolsonaro, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O Clube Militar, Clube Naval e Clube da Aeronáutica criaram uma comissão interclubes militares e escreveram carta contra o STF e operação que mira Bolsonaro.

Análise

Depois da deflagração de uma operação que mira o ex-presidente Jair Bolsonaro e alguns aliados, começou a circular na internet uma mensagem que aponta que o clubes de militares da reserva resolveram “se revoltar” contra o STF.

A mensagem aponta para uma suposta carta de uma “comissão interclubes militares” formada pelo Clube Militar, Clube Naval e Clube da Aeronáutica.

Na carta, os clubes militares teriam se colocado em “defesa da pátria”, “contra a tirania do Judiciário”, feito diversas críticas ao STF e à operação contra Bolsonaro e ainda ameaçado um golpe. Leia a mensagem que circula online:

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

Carta; Comissão Interclubes Militares COMISSÃO INTERCLUBES MILITARES Rio de Janeiro, 09 de Fevereiro de 2024. Defesa da Pátria, contra a tirania do Judiciário Os membros dos clubes militares, em nome da defesa da ordem e da legalidade, vêm a público manifestar sua posição inabalável diante da atual situação que assola nosso país.

Não podemos mais tolerar a atuação ilegal e corrupta do poder judiciário, em especial da Supremo Tribunal Federal (STF), que tem se mostrado conivente com os interesses do crime organizado. Chegou o momento de agir com firmeza e determinação.

Os generais, almirantes e brigadeiros que se tornaram lacaios do crime devem compreender que não serão mais tolerados em nossas fileiras. Exigimos que se entreguem à justiça militar e sejam responsabilizados pelos seus atos.

Caso contrário, não hesitaremos em tomar medidas enérgicas para restaurar a ordem e a segurança em nosso país. Sangue nas ruas é o último cenário que desejamos, mas não hesitaremos em agir para proteger nossa nação. Que fique claro: ainda existem homens com coragem e determinação, dispostos a enfrentar os desafios que se apresentam. Não seremos intimidados e não permitiremos que o crime organizado continue a subjugar nossa pátria. Que Deus proteja o Brasil.

Checagem

A história se espalhou em diversas redes sociais e também no WhatsApp. Por isso, vamos fazer a checagem respondendo às seguintes questões: 1) É verdade que a Comissão Interclubes Militares escreveu a tal carta? 2) O que o Clube Militar, Clube Naval e Clube da Aeronáutica falam sobre a carta? 3) Existe alguma Comissão Interclubes Militares?

É verdade que a Comissão Interclubes Militares escreveu a tal carta?

Não. Não é a primeira vez que cartas falsamente atribuídas ao chamado Clube Militar. Volta e meia, temos que desmentir uma falsa carta atribuída a um general do Clube Militar. 

No caso da carta de hoje, não diferente. Os próprios citados na história desmentiram a fake news e sequer existe a tal Comissão Interclubes Militares.

O que o Clube Militar, Clube Naval e Clube da Aeronáutica falam sobre a carta?

Por meio das páginas oficiais, os presidentes do Clube Militar, Clube Naval e Clube da Aeronáutica desmentiram que redigiram a carta em questão. Leia o conteúdo da nota:

Comunicado urgente: Está circulando nas mídias sociais uma nota FALSA com o título “Defesa da Pátria, contra a tirania do Judiciário”, datada de 9 de fevereiro de 2024, cuja autoria é atribuída à COMISSÃO INTERCLUBES MILITARES. Os presidentes do Clube Naval, do Clube Militar e do Clube de Aeronáutica reiteram se tratar de uma FAKE NEWS!

Existe alguma Comissão Interclubes Militares?

Existe. De acordo com este artigo, a CIM (Comissão Interclubes Militares) é formada pelos presidentes dos clubes Naval, da Aeronáutica e Militar. A comissão se reúne duas vezes por mês e, sim, periodicamente, publicam manifestos. O que não é o caso de hoje.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que o Clube Militar, o Clube Naval e o Clube da Aeronáutica escreveram um carta contra o STF e a operação que investiga Bolsonaro. A carta, de cunho golpista, foi desmentida pela própria “Comissão Interclubes Militares.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).