General Gilberto Pimentel escreve carta bombástica exaltando a Ditadura #boato

Boato – O general Gilberto Pimentel, do Clube Militar, escreveu uma carta bombástica no Exarnet falando sobre intervenção militar e dando apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

O caso Daniel Silveira fez com que a animosidade entre Bolsonaro (e seus apoiadores) e o STF se acirrasse novamente. Em meio a novos ataques contra o Judiciário, uma história voltou a se espalhar na internet.

Desta vez, a história aponta que um general chamado Gilberto Pimentel teria enviado uma “carta bombástica” ao Exarnet. Ele teria dado apoio ao presidente Jair Bolsonaro e falado sobre uma iminente intervenção militar no Brasil. Leia o texto que circula online:

CARTA BOMBÁSTICA PARA O BRASIL PELO EXARNET: BLOG FECHADO DOS MILITARES. General Gilberto Pimentel 22 de abril de 2019 às 11:45 Meus amigos de trincheiras, em um momento de instabilidade nacional em que o país passa, eu colocarei aqui alguns pontos muito importantes que estão engasgados na garganta. Com 41 anos de carreira militar, desde que ingressei ainda em nosso glorioso Regime Militar democrático aos 18 anos, no exército, e por meritocracia cheguei a General de Brigada do Exército e agora sigo atuando pelo comando de presidir o nosso clube militar. Eu nunca vi o que está acontecendo com a nossa pátria.

Entre tantas preocupações e anseios que a sociedade necessita nesses tempos difíceis e sombrios que passamos, ainda existem aqueles que insistem em nos provocar e nos intimidar pelas vias radicais e ditatoriais. Esse Tribunal que se diz ser supremo, afronta a nação de uma forma irresponsável podando e talhando os direitos constitucionais adquiridos na constituição de 1988. Querendo mostrar uma força que nós militares desconhecemos.

E há aqueles que dizem ainda que: “Os 21 anos de Ouro foram de trevas e repressores”. Mas então eu coloco aqui a pergunta: ” O que estamos vivendo agora?” “DEMOCRACIA?”. Em um gesto covarde e absurdo de um homem que se acha deus supremo, aplica inquéritos de censuras a liberdade de imprensa e de seu povo que absolutamente não quer mais esses homens no poder e tem o poder e direito de se manifestar-se. E simplesmente dois bandidos de toga se acham no direito de reprimir e cassar pessoas , jornais, jornalistas, e Generais como se fossem animais selvagens. […]

Me perdoem as palavras ríspidas e diretas, mas o momento é oportuno em se fazer esse alerta urgente, meus amigos de farda, levantemo-nos agora, e estejamos em QAP total de prontidão. Um grande abraços a todos. Nosso exército nunca dorme! Aço , selva. General de brigada Gilberto Pimentel Presidente do Clube Militar.

General Gilberto Pimentel escreveu carta bombástica a favor de Bolsonaro?

Não demorou para a história, graças a todo o clima em questão, se espalhar com tudo na internet. Porém, não é verdade que a tal carta tenha surgido por causa do tal general Gilberto Pimentel ou mesmo tenha sido publicada pelo Exército ou Clube Militar.

Na realidade, essa mesma história já foi desmentida no Boatos.org em algumas oportunidades. Derrubamos a notícia falsa em 2019 e 2021. Como o que escrevemos na época vale exatamente para hoje, relembre o que foi dito e escrito:

O primeiro ponto que nos deixou desconfiados está na própria mensagem. Além de ter algumas características de boatos (alarmista, com erros de português e sem citar fontes confiáveis), ela carrega algumas informações, no mínimo, contraditórias.

Uma delas é apontar que a carta é direcionada “ao Brasil”, mas foi escrita no “blog fechado dos militares”. Se a carta era para ser pública, por que ela estaria em um local de acesso restrito. Vale dizer, aliás, que falar que o Exarnet é o “blog fechado dos militares” é um erro. A página é, simplesmente, destinada para a apresentação dos reservistas ao Exército (atividade que deve ser feita anualmente). Não tem nada de blog por lá.

As informações erradas não param por aí. O texto também erra em falar que o general Gilberto Pimentel é o atual presidente do Clube Militar (como o nome diz, é um clube destinado aos militares). Ele ficou no cargo entre 2014 e maio de 2018. Na ocasião, o general Hamilton Mourão assumiu o cargo. Quando Mourão se candidatou a vice nas eleições de 2018, o general Eduardo José Barbosa assumiu a Presidência do Clube Militar. Como mostra a página da estrutura do Clube Militar, Eduardo José Barbosa continua no cargo.

Só para terminar, entramos em contato com o próprio Clube Militar (por meio da página do Facebook) sobre a veracidade do texto e recebemos a seguinte resposta: “Boa tarde, o texto não é de Autoria do Gen Gilberto Pimentel. Att, Clube Militar”.

Há, ainda, uma negativa do site Sociedade Militar sobre o texto. Além de destacar tudo que foi dito por aqui, o site classificou a mensagem como “peça de comédia” e reiterou que as chances de os militares não devem agir para uma “intervenção militar” no país.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que o general Gilberto Pimentel escreveu uma carta bombástica no Exarnet atacando o STF e pedindo intervenção militar no Brasil. Trata-se de mais um texto velho, que já foi desmentido e serve apenas para incendiar alguns malucos com uma sanha golpista por aqui.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet