Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > É falso que Carlos Bolsonaro e Léo Índio tenham se casado em maio de 2024

É falso que Carlos Bolsonaro e Léo Índio tenham se casado em maio de 2024

Carlos Bolsonaro e Léo Índio se casaram em cerimônia discreta em 2024, diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Carlos Bolsonaro e Léo Índio se casaram e selaram união em cerimônia discreta em maio de 2024.

Análise

Mesmo na esquerda, que, em teoria, defende pautas ligadas a grupos LGBTQIAPN+, é possível ver, em alguns casos, mensagens de cunho homofóbico em meio a ataques políticos. É o caso da história de hoje.

Um perfil influente no X publicou em maio de 2024 que Carlos Bolsonaro, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro, teria se casado com Léo Índio em uma “cerimônia restrita a familiares. Junto ao texto, há uma suposta foto da cerimônia.

Vídeo: é falso que Sadia esteja dando prêmios para quem compartilhar no WhatsApp

“FELIZES PARA SEMPRE ou até que a Papuda os separe. Em cerimônia restrita a familiares, Carlos Bolsonaro e Léo Índio celam união”, diz a mensagem que circula online.

Checagem

O conteúdo se espalhou entre perfis de pessoas não simpáticas a Bolsonaro no X. Por isso, vamos fazer a checagem do conteúdo respondendo a algumas questões. São elas: 1) É verdade que Carlos Bolsonaro e Léo Índio se casaram em 2024? 2) Há alguma relação entre Carlos Bolsonaro e Léo Índio? 3) Haveria algum problema se a história fosse real?

É verdade que Carlos Bolsonaro e Léo Índio se casaram em 2024?

Não. A história foi inventada por um pretenso perfil de humor (apesar de não ter muita graça) e não consta em nenhuma fonte confiável qualquer informação que aponte para o casamento dos dois citados. A foto, em questão, por sinal, é uma foto antiga com um corte. Eduardo Bolsonaro também estava na imagem. 

Além disso, a história que aponta para uma relação entre o filho do ex-presidente e Léo Índio é um boato antigo que não tem qualquer comprovação.

Há alguma relação entre Carlos Bolsonaro e Léo Índio?

Lá em 2019, o Boatos.org tratou do assunto. Da mesma forma que a história de hoje, a mensagem se espalhava entre perfis de pessoas de esquerda. Relembre o que escrevemos na época:

Tudo que temos até hoje é um monte de fotos de Carlos com Léo Índio que não provam nada e informações que eles moravam juntos. Para que a informação fosse levada a sério e saísse da seara do “boato”, precisaríamos de mais do que isso.

Vale dizer que há algumas publicações que corroboram para o contrário disso. Uma delas é essa matéria do Jornal Extra que falava da namorada de Carlos. A mesma matéria falava de relacionamentos héteros do filho do presidente.

Para terminar, o próprio Carlos já desmentiu boatos sobre a sexualidade. Em 2010, de forma agressiva, ele publicou o seguinte: “Fala cambada de boiola!!!! Vcs estão apaixonados por mim, mas sinto dizer a vcs q gosto d mulheres e gosto mto msm! Decepcionei vcs!”. Em 2011, repetiu a dose: “Atenção Boiolas, p/ infelicidade d vcs, eu sou hétero!”.

Em 2019, Carlos Bolsonaro negou também que “morasse com o primo”. Leia o que ele disse em postagem de fevereiro: “1) Não moro com meu primo. A mídia lixo mente! 2) A internet pode zoar, graças a Deus não estamos num governo de esquerda. Já portais e jornais surfarem na onda, abandonarem o papel informativo e virar portal de fofoca que faz inveja ao TV Fama, é uma piada. R.I.P!”.

Haveria algum problema se a história fosse real?

Obviamente, não. As pessoas são livres para fazerem o que quiser. Além disso, com quem você se relaciona (se não prejudicar ninguém) é um assunto pessoal e não cabe debate público.

O grande problema em espalhar mensagens como esta é, além de falsidade do conteúdo em si, reforçar que a orientação sexual de alguém pode ser uma fraqueza ou alvo de ataques. Por isso, falamos que a piada é de cunho homofóbico.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que Carlos Bolsonaro e Léo Índio tenham se casado em maio de 2024. A história é uma fake news criada por um perfil influente e não tem qualquer lastro na realidade.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).