Bolsonaro diz que se alistaria no exército de Hitler, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo de entrevista do presidente Jair Bolsonaro ao programa CQC mostra que ele revelou que gostaria de se alistar ao exército de Adolf Hitler na Alemanha nazista.

A semana teve como acontecimento mais polêmico na internet a fala do podcaster Monark sobre a liberação de um partido nazista no Brasil. Em meio a esse quadro, uma história relacionando o presidente Jair Bolsonaro ao caso começou a se espalhar na internet.

Influenciadores digitais simpáticos ao ex-presidente Lula começaram a compartilhar um vídeo de uma entrevista de Bolsonaro ao extinto programa CQC ( da TV Bandeirante) na qual ele teria afirmado que “sem problema algum” se alistaria ao exército de Adolf Hitler na Alemanha nazista. O vídeo é acompanhado de afirmações de que Bolsonaro seria nazista. Leia algumas das versões da história que circula online e assista ao vídeo:

Versão 1: Quando alguém chama Bolsonaro de fascista, pra ele não é xingamento. Em trecho de entrevista ao CQC que nunca foi ao ar ele admitiu quando perguntado pelo produtor do programa: se alistaria ao exército de Hitler. Versão 2: *B0LS0NAR0 TENTOU CENSURAR* – Thiago dos Reis resgata vídeo que B0LSONARO tentou censurar. Ele fala que se alistaria no exército de Hitler. O Tik Tok retirou o som do vídeo, numa clara censura à verdade. Assista e divulgue Versão 3: Bolsonaro diz que Hitler é um grande estrategista e que entraria em seu exército.

Bolsonaro disse que se alistaria no exército de Hitler?

A mensagem foi endossada por muita gente que não nutre simpatia por Bolsonaro (inclusive autoridades). Porém, não é verdade que Bolsonaro deu tal declaração. Na realidade, a mensagem é uma manipulação do que ocorre no vídeo.

É importante citar que essa não é a primeira vez que informações falsas tentar colar a pecha de nazista ao presidente. Já desmentimos, por exemplo, histórias que apontam que ele “bebeu um copo de leite” para homenagear nazistas e que fãs dele marcaram uma mulher com uma suástica.

Para chegar à solução do caso, resolvemos buscar pelo contexto da entrevista em questão. Ela foi dada ao extinto programa CQC (Custe o Que Custar) em 2012. Na época, o próprio presidente gravou a entrevista na íntegra (algo que ele costumava fazer com todas entrevistas) e publicou na rede social.

No vídeo original, é possível perceber, que após a pergunta do produtor sobre o alistamento de Bolsonaro no Exército de Hitler, o repórter Rafael Cortez pergunta ao então deputado se poderia refazer a pergunta para que entrasse na edição (ele falou “posso fazer essa?”). É aí que Bolsonaro responde “lógico, sem problema nenhum, eu tenho uma resposta muito boa para te dar”.

Quando Rafael Cortez faz a pergunta, Bolsonaro responde que o bisavô se alistou no exército de Hitler, perdeu um braço, mas que não se alistaria. Ele diz que ninguém quer ir para a guerra. Veja o trecho em questão:

É importante citar que Bolsonaro chegou a apontar que Hitler seria um grande estrategista, mas isso não significa que o apoiava. Só para comparação, Lula, em 1979, deu uma entrevista em que disse algo similar e nem por isso apoia o líder do Nazismo. Ou seja: o resto do que Bolsonaro disse não prova que ele é um “nazista”.

Resumindo: é falsa a informação que Bolsonaro disse que se alistaria no exército nazista de Hitler. Na realidade, quando ele falou “lógico” estava respondendo ao repórter se poderia ser refeita a pergunta.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet