Bolsonaro criou o sistema de pagamentos Pix #boato

Boato – Presidente Jair Bolsonaro foi o responsável pela criação do sistema de pagamentos Pix.

Entre os dias 22 e 26 de agosto de 2022, o os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos entrevistaram os quatro candidatos à Presidência da República que aparecem à frente nas pesquisas de intenção de voto.

E sem dúvida alguma, as entrevistas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o atual presidente Jair Bolsonaro foram as mais esperadas. As conversas com os dois principais candidatos renderam bons pontos de audiência para o Jornal Nacional, com Bolsonaro ficando à frente, com média de 32,7 pontos e um pico de 37.

Mas se teve uma coisa que chamou a atenção dos eleitores foram algumas afirmações do presidente Jair Bolsonaro, que viralizaram em grupos de apoiadores. Uma delas é a alegação de que o governo Bolsonaro teria criado o sistema de pagamentos Pix. De acordo com a história que passou a circular nas redes sociais, Bolsonaro teria criado o Pix, porque se preocupa com o povo. Confira:

“E aí povo da CANHOTA, tão gostando do PIX?? Foi o Bolsonaro que criou. Esse é o Presidente que se preocupa com o POVO”.

Bolsonaro criou o sistema de pagamentos Pix?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no Facebook, no WhatsApp e no Telegram, se tornando conteúdo entre apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem do projeto do Pix.

Não é de hoje que histórias falsas sobre supostas coisas que o presidente Jair Bolsonaro teria criado circulam na internet. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que Bolsonaro teria criado postos de combustíveis sem cobrança de impostos e gasolina à R$2,80. Além disso, a que indicava que Bolsonaro teria criado projeto que prevê o fim do IPVA e a que apontava que Bolsonaro teria criado o STM para detonar ministros corruptos do STF.

Se isso não bastasse, após a informação viralizar nas redes sociais, o próprio Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (SINAL) desmentiu a informação. De acordo com a nota, o sistema de pagamentos Pix foi criado e implementado por analistas e técnicos do Banco Central.

Mais uma vez, a discussão sobre a “paternidade” do PIX ganha as páginas da grande imprensa, haja vista a proximidade das eleições de 2022. Consultado sobre o tema, o SINAL, em nota enviada aos veículos da mídia, destaca o papel do corpo funcional do BC nas diferentes etapas de desenvolvimento da ferramenta, desde o planejamento até a concepção. “Tal sistema de pagamento instantâneo foi criado e implementado pelos Analistas e Técnicos do Banco Central do Brasil, ou seja, por servidores concursados de Estado, não pelo atual governante ou qualquer outro governo”, afirma o Sindicato em trecho da nota.

A defesa feita pelo SINAL – totalmente apartidária – do protagonismo do corpo técnico do BC ao longo de todo o processo, visa evidenciar a alta qualificação do efetivo e mostrar que, independentemente de governos, as boas entregas à sociedade são frutos do esforço diuturno de servidores de Estado. Outro objetivo é chamar a atenção para a necessidade de incremento do quadro funcional, de maior autonomia e de salvaguardas legais à sua atuação em face das diversas ameaças que se apresentam, como a proposta de reforma administrativa (PEC 32/2020). “Governos passam; os servidores concursados do Estado brasileiro permanecem”, observa, ainda, a nota, repercutida por diversos portais de notícias, o que ressalta a credibilidade do Sindicato junto à grande imprensa.

Por fim, o Projeto Comprova também desmentiu a informação. De acordo com o serviço de checagem, o sistema de pagamentos começou a ser pensado ainda em 2018, no governo Temer. O Comprova ainda destaca que, em 2020, quando Bolsonaro foi questionado por um apoiador sobre a questão do Pix, o presidente demonstrou desconhecer o projeto do sistema.

Em resumo: a história que diz que Bolsonaro foi o criador do sistema de pagamentos Pix é falsa! O presidente Jair Bolsonaro não criou o Pix. Os responsáveis pela criação e implementação do sistema de pagamentos foram os analistas e técnicos do Banco Central, que começaram a desenvolver o projeto ainda no governo de Michel Temer, em 2018. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso