Bolsonaro cancelou verbas para o Carnaval e Parada Gay no Brasil #boato

Boato – Bolsonaro assina decreto que proíbe prefeitos de repassarem verbas para o Carnaval e Parada Gay. Medida já está valendo.

Após as festas de final de ano, muitos brasileiros vivem na espera dos próximos eventos que consigam reunir muita gente e diversão. No calendário dos foliões, o Carnaval e a Parada Gay têm um espaço especial reservado.

São grandes festas que reúnem música animada, diversão e muitas pessoas nas ruas de diversas cidades. Entretanto, de acordo com uma publicação que está circulando nas redes sociais, parece que esses dois eventos estão com os dias contados no Brasil.

Segundo a mensagem, o presidente Jair Bolsonaro teria assinado um decreto cancelando verbas para o Carnaval e Parada Gay. A medida já estaria valendo para o ano de 2019. Confira:

URGENTE. *Presidente Jair Bolsonaro acaba de assinar decreto pelo fim do carnaval e parada gay no Brasil*. Nem Olinda, nem Salvador, nem Rio de Janeiro…Presidente Jair Bolsonaro assina decreto cortando verba do carnaval e parada gay em todo o Brasil. Temos que pensar primeiramente em nossas necessidades principais. Ninguém está autorizado á realizar financiamentos com os carnavais, principalmente os Prefeitos das Cidades, O calendário trabalhista continuará normal sem nenhuma exceção”, afirmou o presidente. O decreto já cancela o carnaval de 2019″.

Bolsonaro cancelou verbas para o Carnaval e Parada Gay no Brasil?

A notícia pegou muitos foliões de surpresa e já deixou um clima de preocupação no ar, uma vez que o Carnaval está quase chegando. Mas será que essa história de cancelamento de verbas é realmente verdade? A resposta é não e a explicação você confere a seguir.

Vamos lá! Para começo de história, a mensagem segue aquele velho roteiro já conhecido de boatos online: é vaga, alarmista, com erros de português e não cita nenhuma fonte confiável.

Além disso, a história lembra (e muito) outro boato que desmentimos em 2018. Na ocasião, a história dizia que Paulo Guedes teria afirmado que não iria disponibilizar dinheiro para o Carnaval, a Parada Gay e marchas.

Fomos, então, atrás de outras informações que pudessem explicar o tal decreto. E como já era de se esperar, não encontramos nenhuma notícia sobre o assunto. Muito pelo contrário, os resultados mostraram que a informação se tratava de uma fake news.

Em nossa busca, encontramos inúmeros desmentidos. Em um deles, a própria assessoria de comunicação da Presidência da República e a Casa Civil desmentiram a informação, alegando não haver nenhum tipo de informação sobre o assunto no órgão.

Já no site de fact-checking Lupa, a assessoria informou que Bolsonaro pode até não dar incentivos para os eventos, mas que nada está decretado e ele não vai cancelar os eventos. Já os sites Aos Fatos e e-Farsas destacaram que nenhum decreto sobre o assunto foi publicado até o momento e ressaltaram que a maior parte do investimento nesse tipo de evento vem de patrocínios.

Por fim, vale destacar que o site que publicou a notícia é velho conhecido nosso. O site já divulgou outros boatos, como o caso do idoso que foi sufocado pela namorada após ganhar na Mega-Sena e a história do mexicano morto a facadas após assassinar um cachorro.

Em resumo: a história que diz que Bolsonaro decretou o corte de verbas para o Carnaval e Parada Gay de 2019 é falsa! Além de não existir nenhum decreto, até o momento, sobre o assunto, a história já foi desmentida por vários sites de fact-checking (inclusive pelo governo federal). Ou seja, não passa de balela. Portanto, não compartilhe!

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)