Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Política > Alexandre de Moraes não proibiu venda do livro “A Verdade Nunca Revelada” nem obra foi escrita por Bolsonaro

Alexandre de Moraes não proibiu venda do livro “A Verdade Nunca Revelada” nem obra foi escrita por Bolsonaro

Alexandre de Moraes proibiu a venda do livro “A Verdade Nunca Revelada” de Bolsonaro, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Alexandre de Moraes proibiu a venda do livro “A Verdade Nunca Revelada” que foi escrito por Jair Bolsonaro. 

  Análise

A história de hoje segue um roteiro daqueles (tenha muita atenção na explicação porque o caso é complexo). Está circulando em redes sociais, principalmente as das redes da Meta (Facebook e Instagram) que o ex-presidente Jair Bolsonaro lançou um livro chamado A Verdade Revelada.

A mensagem está circulando em forma de anúncio publicitário para a venda do livro. No link do anúncio, há uma suposta notícia de um site com um layout similar ao do g1 em que há uma notícia que aponta que o ministro do STF Alexandre de Moraes havia proibido o livro ou mesmo falado que “quem lê não respeita o STF”.

Vídeo: é falso que a Anvisa esteja barrando entrada de remédios no RS

O anúncio publicitário rendeu duas consequências. A primeira é que as vendas do suposto livro de Bolsonaro foram alavancadas. A segunda é outras mensagens em redes sociais começaram a falar da “proibição” de Alexandre de Moraes. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Versão 1: Moraes diz que “Todos aqueles que comprarem este livro estarão declarando publicamente que não respeitam a Suprema Corte” Versão 2: Alexandre de Moraes querendo bloquear as vendas do livro de bolsonaro, porque no livro fala quem são esses ministros e companheiros

Versão 3: CENSURA Moraes da 24 horas para Instagram retirar posts de vendas do livro do Presidente Bolsonaro sob pena de multa de R$ 300 mil diários por descumprimento! Vamos mostrar nossa força fazendo o valor dobrar com as vendas do Livro do Presidente Bolsonaro! Link para comprar no ícone abaixo!

Versão 4: Moraes: “Qualquer pessoa que comprar o livro, está ATACANDO a democracia! Ministro diz que livro “A Verdade Nunca Revelada” ataca a democracia! A extrema direita afirma que o livro contém informações que PROVAM fraudes nas últimas eleições. Livro é vendido por R$22,22 Versão 5: A A VERDADE NUNCA REVELADA Jair Bolsonaro VAMOS TODOS COMPRAR ANTES QUE O STF DERRUBE

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões: 1) É verdade que Alexandre de Moraes proibiu a venda do livro A Verdade Nunca Revelada? 2) O livro A Verdade Nunca Revelada foi escrito pelo ex-presidente Jair Bolsonaro? 3) O que ocorreu no caso da obra que envolve o nome de Bolsonaro?

É verdade que Alexandre de Moraes proibiu a venda do livro A Verdade Nunca Revelada?

Não. Ao buscar por qualquer conteúdo em fonte confiável, nada encontramos sobre a proibição do conteúdo do livro por parte de Alexandre de Moraes. O que houve é uma prática comum em diversos anúncios no Facebook e Instagram: malandros se utilizaram de uma fake news para promover um produto.

Assim como há informações falsas em nome de Drauzio Varella ou Fábio de Melo para anunciar produtos “milagrosos”, o “jênio” (que merecia ser punido por propaganda enganosa) inventou uma página com um layout que emula a página do g1 e inventou a balela para “inocentes” (para não dizer outro nome) comprarem o livro e encherem o bolso dele de dinheiro.

O livro A Verdade Nunca Revelada foi escrito pelo ex-presidente Jair Bolsonaro?

Não foi. Tivemos a felicidade de encontrar o livro gratuitamente em um site de viés de direita. A obra não tem a autoria do ex-presidente. Trata-se de um livro apócrifo. Mais do que isso: o excesso de termos como “ em resumo”, “em conclusão” e “neste texto” detona que o texto foi escrito com o uso de ferramentas de geração de conteúdo (como Chat GPT). Não é uma certeza, mas é um indício. Se foi feito por alguém, foi por uma pessoa que tem uma qualidade de escrita sofrível.

Há, ainda, um detalhe que nos chamou atenção: o livro é repleto de fotos. Nenhuma tem o crédito devido e, entre elas, há até imagens de agências de notícias como a Reuters. Ou seja: ele usa material feito por outras empresas.

O que ocorreu no caso da obra que envolve o nome de Bolsonaro?

A primeira parte foi descrita acima (algum espertalhão inventou a “proibição para vender” para promover a obra). A segunda foi vista no êxito da estratégia: um monte de gente começou a acreditar que o ministro do STF havia proibido o livro e, de forma involuntária, saíram promovendo a obra.

Conclusão

Fake news ❌

Em resumo (kkkk), é falso que Alexandre de Moraes tenha proibido o livro A Verdade Nunca Revelada e que a obra seja de autoria de Bolsonaro. Trata-se de uma estratégia de marketing que se transformou em uma fake news generalizada.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm