Alexandre de Moraes chora ao preso após ordem de delegado da PF #boato

Boato – Ministro Alexandre de Moraes teve prisão preventiva decretada pelo delegado da PF e chorou após ser preso

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), recebeu uma importante missão para o ano de 2022: assumir a Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em pleno ano eleitoral.

E como já era esperado, os ataques a Alexandre de Moraes não demoraram a começar. Nos últimos dias, inclusive, uma história que apontava que o ministro e presidente do TSE teria tido a prisão decretada pela Polícia Federal começou a circular na internet.

Não satisfeitos, os disseminadores de informações falsas voltaram a atacar, dando continuidade à história anterior. Dessa vez, uma publicação compartilhada nas redes sociais afirma que Alexandre de Moraes teria chorado ao ser preso.

Versão 1: “Na tarde de ontem, o ministro do STF, preso preventivamente pela Polícia Federal de Brasília, prestou depoimentos para o superintendente, o delegado Victor César Carvalho dos Santos. A informação é do site Metrópoles que noticiou, às 15h, desta tarde de sábado, após o ministro ser levado para uma cela da Polícia Federal, até aguardar para prestar depoimento e passar pela audiência de custódia, visto que o ministro, além dos crimes de formação de quadrilha, também consta o pagamento de suborno de agentes da Polícia Federal. De acordo com o delegado, esses agentes atuavam no gabinete do ministro, servindo como seus seguranças particulares e cumpriam ordens ilegais, como as prisões recentes dos deputados Sanderson e Paula Belmonte, que investigaram o ministro, do qual deu origem à prisão de Alexandre de Moraes. Em conversa com o ministro da Justiça, a deputada Paula Belmonte disse que a investigação contra o ministro ainda não terminou e que ele ainda pode ser indiciado por outros crimes, pois a PF solicitou a quebra do sigilo telefônico do ex-advogado para perícia dos técnicos da Polícia Federal coletar provas do envolvimento com empresários acusados pela PF de lavar dinheiro para o tráfico. Paula disse o seguinte: ‘Estive agora há pouco com o ministro da justiça, Delegado Anderson Torres, para pedir a autorização da quebra do sigilo telefônico do min.Alexandre de Moraes. A investigação ainda não acabou, Moraes responderá na justiça por ter envolvimento com empresários apontados pela PF por lavar dinheiro para traficantes. 5 Habeas Corpus foram concendidos a empresários que foram indiciados peça PF, resta saber quanto de dinheiro Alexandre de Moraes recebeu para liberar os acusados, é isso que queremos saber”’. 

Versão 2: “Distrito Federal. Delegado que prendeu Alexandre de Moraes diz que ‘provas são robustas’. O delegado superintendente da Polícia Federal, Victor Cesar Carvalho dos santos mandou a PF prender o ministro do STF nesta sexta-feira”.

Alexandre de Moraes chora ao preso após ordem de delegado da PF?

A informação viralizou nas redes sociais, em especial, no YouTube e deixou os haters de Alexandre de Moraes animados. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da origem da informação.

Para começo de história, a suposta informação seria bombástica. Com isso, seria manchete em qualquer veículo de comunicação confiável. Entretanto, não existe nada sobre o assunto na mídia.

Nas últimas semanas, muitas fake news desmentidas por aqui têm citado fontes confiáveis para tentar dar credibilidade à informação. O mesmo aconteceu na história de hoje. Porém, ao procurar pela reportagem no site Metrópoles, nada encontramos. Muito provavelmente, pessoas mal intencionadas acessaram o código-fonte da página e editaram os dados para criar a notícia falsa. Ao fazerem isso, a matéria não muda no site, apenas no computador da pessoa. Com isso, após a edição, alguém tirou print da página modificada e começou a espalhar a imagem falsa por aí.

Se isso não bastasse, o print da suposta reportagem apresenta dois erros ortográficos: a falta de uma vírgula e um dos sobrenomes do delegado da PF em minúsculo. Também é possível perceber que não se pode ler o nome do jornalista responsável pelo texto e nem a data e horário em que a matéria foi publicada.

Por fim, não existe nada sobre o assunto nos perfis das pessoas citadas na história. E, na realidade, nem se fala nada sobre Alexandre de Moraes ter chorado chorado na suposta prisão. É mais um click bait para manter a história viva. Além disso, a página responsável por espalhar a fake news já é uma velha conhecida por divulgar informações falsas na internet, especialmente no YouTube. Basta seguir assistindo o vídeo para ver que os responsáveis pela página se autodeclaram “cristãos conservadores de direita”.

Em resumo: a história que diz que Alexandre de Moraes chorou ao ser preso pela Polícia Federal é falsa! A história de hoje é apenas uma continuação de outra história falsa que apontava que Alexandre de Moraes teria tido a prisão decretada pelo delegado da PF Victor César Carvalho dos Santos. Além do vídeo de hoje não citar nada, além do título, sobre Alexandre de Moraes ter chorado na suposta prisão, a reportagem usada como prova não existe. Muito provavelmente alguém editou a página e tirou um print para espalhar a história. No print, é possível ver erros ortográficos e a falta do nome do jornalista responsável pela matéria e a data e horário em que ela foi publicada. Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso