Escreva 17 no comprovante de votação, tire foto e envie para Bolsonaro #boato

Boato – O candidato Jair Bolsonaro (PSL) está pedindo para os eleitores marcarem 17 no comprovante de votação, tirem fotos e enviem para ele e o PSL. Intenção é evitar fraude nas urnas.

Em meio à atmosfera de desconfiança perante as urnas eletrônicas (desconfiança não justificável, como é possível ver aqui) muito “jênio” está buscando formas mirabolantes de fiscalizar o processo eleitoral. No 1º turno das eleições 2018, foi pedido para que eleitores marcassem 17 no caderno de votação. Agora, temos uma versão “2º turno” do boato.

Circula na internet uma mensagem que aponta que o candidato Jair Bolsonaro e o PSL fizeram um pedido para evitar fraudes nas urnas eletrônicas. A solução seria simplesmente pegar o comprovante de votação (dado pela Justiça Eleitoral), marcar 17, tirar uma foto e enviar a imagem para Bolsonaro.

Vimos três versões da história. Em uma delas, o pedido era que a foto do comprovante de votação fosse enviada diretamente para Bolsonaro (e-mail da Câmara dos Deputados). Em uma segunda versão, o pedido era que a imagem fosse enviada para o e-mail do PSL. Há, ainda, uma terceira versão, que pede o envio da imagem para o site  www.fiscaisdojair.com.br. Há até um vídeo que “ensina” o procedimento. Leia:

Versão 1: NÃO ESQUEÇA! ACABOU DE VOTAR VC VAI RECEBER UM CANHOTO QUE SERIA UM COMPROVANTE OK? VC ESCREVE NESSE CANHOTO ( B17 ), TIRA UMA FOTO BEM LEGÍVEL E MANDA NO E-MAIL DO DEPUTADO JAIR BOLSONARO. SEGUE INFORMAÇÕES ABAIXO: CÂMARA DOS DEPUTADOS

Versão 2: Gabinete Deputado Jair Bolsonaro Praça dos Três Poderes Anexo lll – Gabinete 482 CEP:70160-900 – Brasília-DF Tel.:(61) 3215 5482 – Fax.:(61) 3215 2482 e-mail: [email protected] OBS: REPASSEM SEM PARAR, SE POSSÍVEL MANDA PELO ZAP TBM OK ? VAMOS AJUDAR O CAPITÃO A NÃO SER VÍTIMA DE FRAUDE !

Versão 3: Os grupos Patrióticos Pro-Bolsonaro estão pedindo pra todo pessoal pegar o  Bilhetinho do Resultado (individual) colocar o n° 17 bem visível no campo dele, fotografa-lo e envia-lo para à Representação Bolsonaro pelas Redes Sociais. Assim, eles terão o comprovante por sessão, local, etc. Se comprovar mais de 60milhoes de votos válidos e não aparecerem no resultado, comprova-se à fraude e, com os Advs eles impugnação à Eleição e terão que re-faze-la em células de papel. Essa é uma boa tática.  Repassar para o máximo de pessoas essa idéia. 50+1 já comprova à fraude se houver. Site para envio do comprovante: www.fiscaisdojair.com.br

Escreva 17 no comprovante de votação, tire foto e envie para Bolsonaro para evitar fraudes?

Muita gente compartilhou a informação na internet e já saiu preparando o smartphone e a caneta para realizar o procedimento. Mas será mesmo que o pedido de Bolsonaro e PSL é real? A resposta é não. Calma que a gente explica tudo aí.

O primeiro fator que denuncia a farsa é lógico. Por mais que, de fato, Bolsonaro e o PSL estejam preparando uma apuração paralela (por meio do site www.fiscaisdojair.com.br. Mais detalhes você confere clicando no link), não faz muito sentido “preparar uma defesa” com base no modus operandi citado na mensagem e no vídeo.

O primeiro furo é que, por mais que muitas pessoas tenham acesso à mensagem, é difícil que ela atinja “todos os eleitores de Bolsonaro” (o que não faz muito sentido quando se pensa em uma contagem universal). Além disso, nem todos têm condições tecnológicas para realizar o procedimento e o próprio e-mail (de Bolsonaro ou do PSL) tem um limite para recebimento que é bem menor do que 60 milhões de imagens. Por fim, o procedimento é passível de fraudes (edições de imagens, nomes falsos etc) e pode levantar desconfiança.

O segundo ponto está nas próprias mensagens. Além de elas terem as principais características de fake news (vaga, alarmista, com erros de português e pedido de compartilhamento), há contradições entre elas. Algumas versões pedem o envio para Bolsonaro. Outras para o PSL ou para o “Fiscais do Jair”. Isso denota que a ação não é centralizada (o que seria o mínimo que se espera de algo tão grandioso).

Só para ter certeza, fomos buscar qualquer anúncio a respeito da ação. Descobrimos que, além de Bolsonaro não ter feito o pedido, o próprio PSL já desmentiu a mensagem que viralizou no WhatsApp. Por meio do Twitter, o partido divulgou o seguinte:

Há uma falsa corrente circulando pelo Whatsapp, com o nome ‘Fiscais do Jair’, que induz as pessoas a escreverem o número 17 em seu comprovante de votação, tirarem foto e a enviarem para grupos de Whatsapp. Isso é FALSO. #FiscaisDoJair #EstouComBolsonaro #MudaBrasil17

Resumindo: a história que aponta que Bolsonaro pediu para as pessoas tirarem voto comprovante da votação com o “17” e enviar para o e-mail dele é falsa. Não passa de mais uma mensagem que serve mais para confundir do que para explicar nestas eleições.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Neste sábado (27) e domingo (28), o Boatos.org se uniu a outras cinco agências de checagens de notícias no Brasil para checar as mensagens de conteúdo suspeito nesta reta final das eleições. A ideia de juntar forças é para ganhar mais agilidade e aumentar o alcance das checagens. A parceria reúne o E-farsas, Agência Lupa, Aos Fatos, Projeto Comprova e Fato ou Fake. 

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Escreva 17 no comprovante de votação, tire foto e envie para Bolsonaro #boato

  • 28/10/2018 em 09:50
    Permalink

    O fato “pedir para enviar” pode ser fake mas ninguem mencionou que escrever 17 no comprovante de votação não tem nada de irregular.
    O que não é permitido é escrever no caderno do mesario, onde vai a assinatura que comprova sua presença e ato de votar.
    Seria bom clarear uma coisa da outra.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)