Maduro manda fechar igrejas católicas e destruir imagens na Venezuela #boato

Boato – Vídeo mostra imagens religiosas sendo retiradas de igreja na Venezuela. Isso aconteceu após o presidente Nicolás Maduro mandar fechar igrejas e quebrar imagens.

E mais uma vez estamos aqui para falar de uma história sobre a situação da Venezuela que foi “inflada”. É o que a gente diz: a situação não está fácil por lá, mas também não são poucas as fake news que servem mais para tumultuar do que para amenizar a situação.

Ontem desmentimos a informação que apontava que o presidente Nicolás Maduro havia mandado prender médicos que não haviam aceito a ajuda humanitária do Brasil. Não demorou muito para outra história falsa surgir em cima de um vídeo real.

A mais nova aponta que o presidente da Venezuela mandou fechar as igrejas do país e destruir imagens de santos. A tese é reforçada por um vídeo que mostra a imagem de Jesus Cristo sendo retirado do altar de uma igreja. Leia a mensagem que circula online e assista a vídeos:

Versão 1: Para voces católicos… Que apoiam o PT…PSOL…PC DO B…ENTRE OUTROS PARTIDOS DA ESQUERDA QUE ESTÃO DO LADO DO DITADOR MADURO… VEJA BEM ISSO… NA VENEZUELA MADURO MANDOU FECHAR IGREJAS E DESTRUIR IMAGENS… EM BREVE FARA O MESMO COM EVANGÉLICOS ENTRE OUTRAS RELIGIÕES… SOCIALISMO NAO ADOTA CRISTIANISMO… FATO AI COMPROVADO LASTIMÁVEL VER CATÓLICOS AINDA APOIAREM A ESQUERDA…

Versão 2: Igrejas católicas são atacadas na Venezuela por ordem do presidente Maduro Versão 3: Maduro manda quebrar ,e fechar igrejas na Venezuela!! Versão 4: Maduro manda fechar igrejas evangélicas e católicas. Versão 5: Comunistas enxergam cristãos como obstáculo a ser removido. CNBB defende socialismo, porque são um mero arranjo para infiltração.

Maduro manda fechar igrejas católicas e destruir imagens na Venezuela?

A tal história (como é possível ver nos textos acima) serviu não só para atacar Maduro como também para “bater” em partidos políticos e entidades como a CNBB. Mas será mesmo que o presidente da Venezuela deu a tal ordem? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Assim como em outras histórias, um vídeo verdadeiro foi utilizado para que uma história falsa fosse criada. De fato, houve um incidente em uma igreja. Porém, é falso que Maduro mandou fechar as igrejas e que está ordenando para que imagens sejam quebradas.

Antes de falar do caso real por trás do vídeo, temos que falar o básico. 1) As mensagens seguem aquelas características básicas de boatos online: vaga, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e sem citar fontes confiáveis. 2) Ao buscar por qualquer ordem de Maduro contra a Igreja Católica, nada encontramos. Ao contrário, Maduro chegou até a “pedir ajuda ao papa” recentemente (cita-se, que a ajuda teve uma resposta dura).

Dito isso, vamos à história. O vídeo foi feito em janeiro deste ano (antes mesmo de Maduro “chamar o papa”) na paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, localizada em Maracaibo. De acordo com notícias da época, um grupo de 40 pessoas armadas invadiram a igreja e começaram a “quebrar tudo”. Ao todo, 15 pessoas ficaram feridas.

Após o ataque, integrantes da paróquia resolveram fechar a igreja. O vídeo em questão era justamente do momento em que as imagens eram retiradas do local e o próprio áudio justifica e explica o que aconteceu.

Resumindo: a história que aponta que Nicolás Maduro mandou fechar as igrejas da Venezuela e quebrar santos é falsa. O vídeo é, de fato, de um ataque que ocorreu em janeiro. Porém, não há comprovação de que isso tenha a ver com uma ação sistemática do governo do país.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Maduro manda fechar igrejas católicas e destruir imagens na Venezuela #boato

  • 03/03/2019 em 16:56
    Permalink

    Fake news do momento é que na Venezuela tem comida pra comprar nos mercados, a inflação está controlada, tem liberdade de expressão, os hospitais funcionam normalmente e o presidente é aclamado e bem quisto pela maioria da população.

  • 01/03/2019 em 23:51
    Permalink

    ? ? ?

Fechado para comentários.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)