Índia derrotou a Covid-19 porque adotou ivermectina e suspendeu vacinação em massa #boato

Boato – Índia conseguiu reduzir em 80% casos e mortes por Covid-19 após usar de forma intensiva a ivermectina e parar a vacinação.

Já podemos pedir música no Fantástico? Nessa semana, já desmentimos mais de três fake news sobre o uso da ivermectina no tratamento da Covid-19. E como se a situação já não estivesse ruim o suficiente, hoje a equipe do Boatos.org tem mais um desafio pela frente.

Sim, temos mais um boato sobre o uso da ivermectina em relação à Covid-19. De acordo com a história de hoje, a Índia teria acabado com a Covid-19 no país, porque decidiu usar a ivermectina.

Segundo a publicação, a Índia teria adotado o uso intensivo da ivermectina e, como resultado, de acordo com a informação, o país teria conseguido reduzir em 80% o número de casos e mortes pela doença. Ainda segundo a história, a Índia também teria suspendido a vacinação em massa. Confira:

Versão 1: “Comprovado.Ivermectina salvou a India.(onde temos um gov de direita,anti China,sem STF)Números oficiais apresentaram queda de 80% dos casos de Covid em apenas 1 mês após o uso intensivo de Ivermectina pela população”. Versão 2: “BOMBA: Estado na Índia distribuiu ivermectina para a população e casos de Covid diminuiram drasticamente;”. Versão 3: “A Índia acaba de reabrir o seu maior ponto turístico, o Taj Mahal, pois o covid foi controlado após a suspensão da vacinação em massa em maio de 2021 e adoção da Ivermectin em todo pais (a Índia é um dos maiores produtores mundiais da ivermectina).  Era um país de 1.400.000.000 de habitantes que estava incinerando cadáveres em praças públicas em abril-maio. Daí suspendeu a vacinação massiva , controlou completamente a COVID-19 ao ponto de poder reabrir o turismo.  E mais: a Ordem dos advogados indianos está processando a Organização Mundial da Saúde por não estar divulgando os efeitos benéficos da ivermectina na profilaxia e terapia da COVID-19, com índices surpreendentes de sucesso. A queda da mortalidade pela covid-19 foi de 79.0% em 18 dias em Délhi e de 72.7% em Uttar-Pradesh. Comemoremos os novos ventos a favor da verdade e saúde”.

Índia derrotou a Covid-19 porque adotou ivermectina e suspendeu vacinação em massa?

É claro que a história fez um enorme sucesso nas redes sociais, em especial, no Facebook e no Twitter. Apesar disso, a história não é verdadeira e a explicação fica por conta do histórico de utilização do medicamento e do fim do uso do remédio para tratar Covid-19 no país.

Como já estamos cansados de repetir, histórias falsas que relacionam a ivermectina à cura da Covid-19 não são novidade na internet. A quantidade de desinformação sobre o assunto foi tamanha que rendeu até um especial sobre o assunto no Boatos.org.

Também precisamos destacar (mais uma vez) que não existem provas de que a ivermectina possua eficácia contra a Covid-19. Se isso não bastasse, existem estudos que mostram exatamente o contrário: o medicamento não funciona no tratamento e muito menos na cura da doença. O próprio fabricante do medicamento já apontou que o remédio não funciona contra a Covid-19.

Para variar um pouco, ainda ontem a equipe do Boatos.org desmentiu uma história bastante parecida. Na oportunidade, desmentimos a informação de que a Índia processaria a OMS por esconder a eficácia da ivermectina.

E assim como explicamos lá, toda a história se baseia em uma tese falsa: a de que a ivermectina poderia combater e curar a Covid-19. Para começo de história, ao contrário do que aponta o texto de hoje, a Índia utilizou, mesmo sem eficácia científica comprovada, a ivermectina ao longo de toda a pandemia. Inclusive, durante o pico da doença e pior momento da pandemia no país.

Além disso, como já destacamos anteriormente, não existem estudos que comprovem a eficácia científica da ivermectina no tratamento da Covid-19. Se isso não bastasse, o próprio governo da Índia retirou a ivermectina dos protocolos de profilaxia da Covid-19.

Vale ressaltar também que, ao contrário do que apontam as mensagens, a vacinação contra a Covid-19 não foi suspensa no país. Como é possível observar nos dados de vacinação do país, o número de vacinados contra a Covid-19 na Índia têm crescido de maneira bastante acentuada desde abril de 2021.

Por fim, a afirmação de que a Índia venceu a Covid-19 é mentirosa e absurda. Nas últimas semanas, o país registrou um enorme pico de casos e mortes pela doença. Ao total, já são quase 400 mil mortes por Covid-19 e os números atuais ainda preocupam as autoridades.

Em resumo: a história que diz que a Índia derrotou a Covid-19, porque passou a utilizar a ivermectina e interrompeu a vacinação é falsa! A Índia não suspendeu a vacinação e os dados sobre a imunização no país mostram exatamente isso: desde abril, o número de vacinados cresce de maneira acentuada. A Covid-19 não acabou na Índia. Os números estão menores, em comparação há alguns meses, mas a situação ainda é bastante complicada (uma vez que, em maio, o país enfrentava uma situação catastrófica). Ou seja, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3vN6CET
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso