Câmera infravermelho mostra míssil atingindo porto de Beirute (Líbano) #boato

Boato – Imagens de uma câmera infravermelho mostra um míssil atingindo o porto de Beirute, no Líbano, e mostra que explosão não foi um acidente.

Passados os primeiros momentos após a explosão ocorrida na cidade de Beirute (Líbano), notícias falsas começam a circular na internet. Até o momento, havíamos desmentido duas notícias falsas (de uma foto de pessoas voando e de uma denúncia de Benjamin Netanyahu). Hoje, vamos falar da terceira delas.

De acordo com uma mensagem que está circulando online, uma câmera infravermelho mostra um míssil acertando o porto de Beirute. O vídeo seria a prova de que a explosão na capital do Líbano seria motivada por um ataque. Leia algumas das versões da história que circula online e assista ao vídeo:

Versão 1: Pra quem acha que Beirute foi acidente tá aí câmera infra vermelho Versão 2: CAMERA INFRAVERMELHO MÍSSEL ATACANDO BEIRUTE Versão 3: EXCLUSIVO – Explosão Beirute Líbano – Câmera Térmica Viram Alguma Coisa Anormal ? Versão 4: Olha esse vídeo com a câmera de infravermelho. Da pra ver um míssil caindo não deixa dúvidas de que foi atentado. Aqua explosão de Beirute. Versão 5: A cada momento que passa a narrativa de acidente vai caindo por terra … Camera infravermelho…

Câmera infravermelho mostra míssil atingindo porto de Beirute (Líbano)?

Muita gente compartilhou a mensagem e começou a acreditar na teoria da conspiração. Mas será mesmo que a tal câmera infravermelho filmou um míssil atingindo o porto de Beirute? A resposta é não. Para que você entenda tudo, vamos aos fatos.

Como falamos antes, o histórico recente de fake news sobre a explosão em Beirute já nos deixou desconfiados. Além disso, a mensagem em questão tem características de boatos online como ser vaga, alarmista, com erros de português e não citar fontes confiáveis.

A partir daí, bastou uma busca pelo vídeo para descobrirmos que se tratava de um fake. Antes de chegar no Brasil, a tal tese que fala em câmera infravermelho e míssil circulou com força em outros países e foi desmentida por lá.

Em árabe, o serviço de fact-checking da AFP e o site Fatabyyano.net desmentiram a informação falsa. Ambos citaram que o vídeo utilizado como “base” para a montagem, uma filmagem da CNN em árabe, não mostra míssil algum chegando ao porto de Beirute. A AFP apontou, inclusive, que as imagens não são de uma “câmera térmica”. Trata-se, simplesmente, das imagens da CNN com um filtro negativo.

Na Europa, o site grego Ellinaka Hoaxes e o site italiano Facta também desmentiram a informação. O site grego apontou que a conta que publicou originalmente o vídeo já foi, inclusive, apagada e o site italiano citou uma entrevista de um perito a AP em que ele classifica o vídeo como montagem. Um especialista também citou ao site Lead Stories que o míssil é fruto de uma edição.

É importante citar que, se a história fosse real, alguma fonte confiável (inclusive a CNN em árabe) iria levantar a hipótese de que um míssil atingiu o local e cobraria autoridades locais. Como a história é falsa, isso não aconteceu.

Resumindo: o vídeo que circula online e aponta que uma câmera infravermelho captou o momento em que um míssil atinge o porto de Beirute é falsa. O vídeo em questão não passa de uma edição publicada originalmente por um perfil no YouTube que nem existe mais.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Faip9f
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)