13 crianças morreram após serem vacinadas contra Covid-19 na África #boato

Boato – Foto mostra 13 crianças que morreram em uma escola após serem vacinadas contra a Covid-19 na África.

Falamos há algumas semanas, na nossa seção A Semana em Fakes, que a última trincheira dos antivacinas aqui no Brasil é em relação à vacinação de crianças e que uma campanha de desinformação estaria na iminência de chegar. O caso de hoje ilustra isso muito bem.

De acordo com mensagens que estão circulando em redes sociais, 13 crianças morreram na África (em algumas versões, é dito que as mortes ocorreram na África do Sul) após tomarem a vacina contra a Covid-19. Junto à mensagem, há uma foto das vítimas (que não será exibida aqui). Leia o texto que circula online:

Versão 1: Genocídio de Bill Gates na África 13 crianças africanas de uma mesma escola estão mortas após receberem as vacinas do psicopata genocida Bill Gates. A GAVI, Bill Gates, a Mastercard e a empresa nazista, Trust Stamp Versão 2: 13 crianças foram vítimas das vacinas Covid-19 em uma escola na África do Sul e sem cobertura da mídia, apenas postagens no Instagram, mas que continuam apagadas, deletadas e censuradas pela BigTech.

13 crianças morreram após serem vacinadas contra Covid-19 na África?

Não demorou para a mensagem se espalhar com todas as forças em redes sociais (principalmente no Twitter e WhatsApp). Porém, não é verdade que as crianças da imagem perderam a vida após se vacinarem contra a Covid-19.

A mensagem em questão e o histórico de boatos contra vacinas já nos deixam mais do que desconfiados. O texto em questão tem algumas das principais características de fake news como o caráter vago, alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Como alertamos, não é de hoje que informações falsas sobre vacinação (inclusive de crianças) têm circulado na internet. Já desmentimos teses estapafúrdias como, por exemplo, que as vacinas causam fibrinas no sangue e que “são mais perigosas do que a Covid-19”.

Ao buscar mais detalhes sobre a história, começamos a nos deparar com a verdade. Primeiro porque, como mostra esta matéria da Reuters, a vacinação de crianças com menos de 12 anos não foi aprovada em nenhum país da África.

A África do Sul, por exemplo, aprovou a vacina para crianças com mais de 12 anos. Ou seja: não haveria razão para crianças na primeira infância morrerem por causa da vacinação porque a vacinação não é aprovada para crianças na África.

Ao buscar pelas imagens em questão, chegamos à verdade. Na realidade, o vídeo das crianças mortas não é recente e tampouco tem relação com a vacinação contra a Covid-19. O vídeo é de uma tragédia ocorrida no Quênia em fevereiro de 2020.

Na ocasião, como aponta esta matéria, 14 crianças morreram pisoteadas e 39 ficaram feridas após uma confusão em uma escola primária na cidade de Kakamenga. O vídeo (e o print dele) é do momento em que alguns dos corpos foram enfileirados.

Vale apontar que não há qualquer notícia sobre crianças de menos de 12 anos (ou mesmo com mais de 12 anos) que morreram por conta da vacinação na África. Ao contrário, relatos recentes mostram que crianças com menos de 5 anos estão sendo, na realidade, atingidas pela variante Ômicron da Covid-19 na África do Sul. Porém, não há nenhuma morte registrada.

Resumindo: é falsa a informação que aponta que crianças morreram na África após serem vacinadas contra a Covid-19. Não há registro de mortes (ou de vacinação) em crianças pequenas no continente e o vídeo que circula online é de antes da pandemia da Covid-19.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet