Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Esporte > Vídeo não prova que sorteio da 1ª fase da Copa do Brasil 2024 foi manipulado

Vídeo não prova que sorteio da 1ª fase da Copa do Brasil 2024 foi manipulado

Vídeo prova que houve manipulação no sorteio da 1ª fase da Copa do Brasil 2024, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Houve manipulação a favor do Cruzeiro no sorteio dos confrontos da 1ª fase da Copa do Brasil 2024. Prova é vídeo que mostra que bolinhas não foram embaralhadas.

Análise

Não é de hoje que sorteios da Copa do Brasil ou de outras competições (como a Copa do Mundo) sofrem com diversas denúncias na internet.

O sorteio da primeira fase da competição poderia (dada a menor importância) ter ficado de fora de especulações, mas não foi o que ocorreu.

Um vídeo de um trecho do sorteio realizado no dia 30 de janeiro de 2024 está sendo compartilhado como seria a “prova” de que houve roubo.

Vídeo: é falso que médico favorável a Ivermectina ganhou prêmio de Melhor Cientista do mundo

No vídeo, um homem narra o que seria a “prova da manipulação”. No vídeo, a mulher mexe nas bolinhas que estão em um pote e pega a do meio.

A mensagem aponta, ainda, que o favorecido seria o Cruzeiro. Isso porque ele enfrentaria Sousa (PB) e, eventualmente (caso vença), o vencedor de Petrolina (PE) e Cascavel (PR). Leia algumas das mensagens que circulam online e assista ao vídeo:

Versão 1: Sorteio da Copa do Brasil, reparem bem quando a mulher vai fazer o sorteio das bolinhas, a bolinha do meio nunca sai do lugar enquanto as outras se mexem normalmente, e Justo a do meio ela pega. Resumindo a corrupção no Brasil em várias instituições, principalmente na CBF.

Versão 2: Sorteio da Copa do Brasil, hoje A corrupção tomou conta do Brasil! Que vergonha Versão 3: E esse sorteio da Copa do Brasil? que bagulho tosco. Versão 4: E esse sorteio da copa do brasil. Apenas “coincidência” a bola do meio, ou as meninas são bem treinadas.

Checagem

Como falamos no início do texto, não é a primeira vez que boatos sem comprovação surgem após sorteios como o da Copa do Brasil (que são transmitidos ao vivo).

Já desmentimos fake news que apontavam que haveria uma fraude no sorteio de mando de campo na final da Copa do Brasil de 2023. Há mais tempo, uma fake news apontava para uma “fraude” no sorteio da Copa do Mundo.  

Feita a listagem, vamos enumerar as questões que vamos utilizar na parte da checagem do conteúdo: 1) O trecho do sorteio da Copa do Brasil causa, de fato, estranheza? 2) É possível comprovar que houve manipulação no sorteio da primeira fase da Copa do Brasil 2024? 3) O Cruzeiro se beneficiou, de fato, do resultado das bolinhas?

O trecho do sorteio da Copa do Brasil causa, de fato, estranheza?

Infelizmente, sim. O fato de a “bolinha do centro” (que não foi mexida) ter sido escolhida dá, no mínimo, margem para especulações (por mais sem sentido que sejam) em sorteios como este.

Talvez em outros sorteios algumas precauções poderiam ajudar: uma delas seria acabar com a movimentação manual (um “movimentador” como dos sorteios da Mega-Sena poderia ajudar).

É possível comprovar que houve manipulação no sorteio da primeira fase da Copa do Brasil 2024?

Mesmo com todas essas ponderações, uma coisa é fato: não há como comprovar com o vídeo que houve manipulação no sorteio. As explicações para por que a bolinha do meio foi pega poderiam ser diversas (e muito mais plausíveis do que “houve fraude”).

Há uma questão física que faz uma bolinha ficar “acomodada no centro” (talvez um pote mais largo solucionasse isso). Na medida que os times foram sendo sorteados, isso não ocorreu mais.

Além disso, a mulher que “mexe as bolinhas” não está olhando para o pote (ela pode ter sido orientada para isso). Ou seja: ela não conseguiu perceber que uma “bolinha ficou” no meio. Vale apontar que não foi em todos os sorteios que a bolinha do “meio” foi pega. Houve aleatoriedade.

Há também a explicação mais lógica: a mulher pegou a bolinha porque quis. Ela poderia escolher outra em outra posição (como fez no sorteio), mas quis pegar a do meio naquele momento. Assista ao vídeo por completo:

O Cruzeiro se beneficiou, de fato, do resultado das bolinhas?

O ponto que mais chama atenção é que o “resultado final” não garante “grandes benefícios ao Cruzeiro. Quem está por fora do funcionamento do sorteio da Copa do Brasil pode pensar que o clube mineiro “escapou” de enfrentar um adversário forte. Isso não é verdade.

Os 80 times que iniciam a competição são divididos por níveis (separados pelo ranking da CBF). Logo, o primeiro adversário do Cruzeiro seria no mesmo nível do Sousa (PB).

Veja as possibilidades: ASA-AL, Real Noroeste-ES, Fluminense-PI, União-MT, Águia de Marabá-PA, Moto Club, Cianorte, Maringá e Marcílio Dias.

Em relação ao Petrolina, os times que estavam no mesmo pote são os seguintes: Real Brasília, Itabuna-BA, Água Santa, Portuguesa Santista, Manauara-AM, Audax-RJ, Capital-TO, Olaria e Independente.

Por fim, em relação ao Cascavel, os adversários possíveis seriam Amazonas, Retrô, São Raimundo-RR, Caxias, Jacuipense-BA,  Tocantinópolis, São Bernardo, Portuguesa-RJ e Nova Iguaçu-RJ.

Todos os potes há times um pouco mais fracos e um pouco mais fortes do que os adversários do Cruzeiro (assim como o pote do Cruzeiro tem times mais fortes e fracos do que a raposa). Ou seja: não valeria nem a pena “roubar” em um sorteio desses.

Conclusão

Boato sem comprovação

A acusação de que o sorteio da primeira fase da Copa do Brasil 2024 foi manipulado não passa de um boato sem comprovação. Além de o vídeo (apesar de mostrar um comportamento repetido) não provar nada, o resultado final não beneficiou o Cruzeiro “tanto assim”.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).