Goleiro Bruno foi envenenado e está em estado grave #boato

Boato – O goleiro Bruno Fernandes de Souza foi envenenado e está internado em estado grave. O Brasil ora pela recuperação dele e um vídeo “bombástico” está nos comentários.

Condenado pela morte da modelo Eliza Samudio em 2010, Bruno Fernandes de Souza, ex-goleiro do Flamengo, sempre volta, periodicamente com alguma “bomba”. A última delas é a que aponta que o jogador do Rio Branco (ele ganhou liberação neste ano para sair da prisão e jogar no clube) sofreu um “atentado”.

Mensagens apontam que Bruno foi envenenado e está em estado grave. O texto aponta, ainda, que há um vídeo “do envenenamento” nos comentários e que o “Brasil ora por ele”. “O Brasil ora pelo Bruno, Goleiro foi ENVENENADO e está em estado GRAVE VEJA O VIDEO NOS COMENTARIOS”, diz a mensagem.

Goleiro Bruno foi envenenado e está em estado grave?

A mensagem se espalhou com muita força (e de forma automática) em redes sociais como o Facebook e Instagram. Porém, não é verdade que Bruno foi envenenado tampouco é verdade que ele esteja em estado grave ou que há um vídeo do envenenamento ou, ainda, que o Brasil “ore por ele”.

É importante citar que a mensagem tem muitas das características de boatos online. A mensagem é vaga, alarmista, tem erros de português e não cita nenhuma fonte confiável. Também é importante citar que não é a primeira vez que informações falsas do tipo circulam online. Por três vezes (uma em vídeo), tivemos que desmentir a informação que apontava que ele teria sido agredido na cadeia (aqui, aqui e no vídeo abaixo):

No caso de hoje, pelo menos, a notícia não foi tirada do “nada”. Ela se baseia na informação real de que o elenco do Rio Branco sofreu uma intoxicação alimentar na cidade de Bragança (PA) antes da partida contra o Bragantino.

No dia 18 de outubro, o Rio Branco publicou, em seu perfil oficial, que todo o elenco do time apresentou sintomas de intoxicação alimentar. Por isso, o time pediu o adiamento do jogo contra o Bragantino, que seria realizado naquele dia. No dia seguinte, o Rio Branco descartou qualquer hipótese de envenenamento ao, inclusive, apontar que não fez nenhuma acusação a integrantes do restaurante em questão.

Sobre Bruno. O Rio Branco chegou a divulgar que, de fato, o goleiro seria um dos jogadores que estaria com o estado mais agravado em certo momento (agravado não quer dizer grave, por sinal).

A prova de que Bruno e a grande maioria dos jogadores se recuperou está no fato de que o Rio Branco jogou (inclusive com Bruno no gol) contra o Bragantino na segunda-feira (20). O único incidente que ocorreu durante a partida foi com o jogador Magno, que sentiu os sintomas e teve que ser substituído.

Antes de terminar: não há qualquer vídeo que mostre o tal envenenamento. Ao acessar o tal link, chegamos a uma página que hospeda vídeos e no arquivo há justamente o contrário. A filmagem (apesar da descrição bombástica) mostra um homem desmentido que Bruno foi envenenado.

Resumindo: a história que aponta que o goleiro Bruno foi envenenado, está em estado grave e que o Brasil ora por ele é falsa. Não há provas de envenenamento, o jogador já está recuperado (pelo menos o suficiente para jogar uma partida) e não há indícios de nenhuma corrente de oração pela sua recuperação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2QvB43t
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet