Morre ex-goleiro Bruno após brigar com detentos #boato

Boato – Depois de se envolver em briga na prisão, Bruno, ex-goleiro do flamengo, foi assassinado na prisão. Se você quiser ler a versão 2017 do boato da morte de Bruno, clique aqui. 

Depois de muitos (mas, muitos mesmo) boatos sobre morte no ano de 2015, cá estamos com novos defuntos anunciados em 2016. Mal começou mais um ano e já estão se espalhando pela internet histórias e boletins de óbito de pessoas famosas.

E ao que parece, o ex-goleiro Bruno (aquele do Flamengo que foi condenado a 22 anos de prisão pela morte da namorada Eliza Samúdio) morreu. Segundo o título arrasador que circula na web, Bruno se envolveu em uma briga com detentos da prisão e acabou morrendo.

Não há mais detalhes sobre o assunto. Com esse estilão bombástico, a foto do ex-goleiro foi postada em um endereço chamado UOL13 e é só. Sem data, sem fontes, sem informações sobre as reais causas da suposta morte. Resumindo, um prato cheio para cravarmos a sentença de que tudo não passa de #boato.

Confira o nosso desmentido em vídeo

Por quê? Simples. Até agora nenhuma notícia sobre a morte do goleiro foi anunciada em veículo nenhum. Bem sabemos que a internet não espera e se isso fosse real com certeza os grandes portais já teriam dado essa notícia. Além disso, o site onde a foto foi colocada é uma fraude. Em qualquer editoria que se clique o único resultado é uma mensagem – ‘a busca não retornou registros’. Não tem nada, exatamente nada, além do anúncio da morte do goleiro no site.

Outro furo, Bruno não está mais em um presídio. Desde setembro do ano passado, o ex-goleiro deixou a Penitenciária Nelson Hungria e foi transferido para a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Santa Luzia, Minas Gerais.

Tanto alvoroço e nem é a primeira vez que anunciam a morte do goleiro na internet. Em 2012 se espalhou a história de que Bruno teria se suicidado no presídio, o que causou uma enorme confusão, apesar de ser mentira também. Então, recapitulando, Bruno não morreu.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)