Teste com copo de água define se café é puro ou impuro, mostra vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra teste simples para verificar se o pó de café é puro ou impuro. É só colocar o produto em um copo de água e ver se dissolve.

Há alguns dias, um áudio que circulou no WhatsApp e dizia que o café a vácuo estaria com sangue de boi gerou muita polêmica. Mesmo depois de o Boatos.org, órgãos da mídia e a própria Abic (Associação Brasileira da Indústria de Torrefação e Moagem de Café) desmentirem a informação, tem gente jurando que café tem sangue de boi.

Em meio a isso, uma nova história começou a circular na internet. Ela aponta que há uma forma muito fácil de aferir a pureza de uma marca de café. Acompanhado de mensagens como “Café puro e café impuro. Fácil descobrir” e “Uma experiência pra você saber, como descobrir que o CAFÉ é PURO e IMPURO”, o vídeo mostra um homem com dois copos de água.

Ele coloca uma colher de café em cada um dos copos. Em um copo, o pó fica na superfície. Em outro, ele desce. A partir daí ele explica que o que se dissolveu na água não é café e sim partículas misturada ao produto. Assista ao vídeo:

Confira também esse desmentido:

Teste com copo de água define se café é puro ou impuro?

As imagens chamaram atenção, principalmente na galera que jura de pé junto que já tomou “café sangue de boi”. Mas será mesmo que o teste procede? A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De cara, a mensagem e o vídeo já chamam atenção. Primeiro pelas características (vaga, alarmista e sem citar fontes confiáveis). Segundo porque o teste parte de um pressuposto, no mínimo, estranho: de que os produtos misturados ao café serão sempre solúveis na água (como se o café fosse a partícula mais insolúvel do mundo).

Com dúvidas em relação à validade do tutorial, fizemos duas coisas. A primeira foi verificar se o teste era balizado por fontes confiáveis. Como imaginávamos, descobrimos que não. A segunda foi procurar um especialista. Para tanto, falamos com a Abic. A resposta sobre o teste foi taxativa: ele não é válido. Leia:

O método de análise sugerido pelo vídeo se trata de uma fake news. Isso porque a análise da pureza de um café é realizada por microscopia, em laboratório. O que ocorre nesse vídeo em que o pó de café desce para o fundo do copo tem a ver com o grau de solubilidade e com a temperatura da água.

Aqui na ABIC, desenvolvemos há mais de 30 anos o Selo de Pureza, por meio do qual já realizamos mais de 90 mil análises e certificamos 1.200 marcas. A análise da pureza atesta se o produto é puro, sem adulteração ou misturas, oferecendo segurança alimentar, qualidade e respeito ao consumidor.

Desde que criamos o Selo de Pureza, possuímos um Comitê de Autofiscalização e Autorregulamentação, com as normas e condições para obtenção do direito ao uso do Selo de Pureza.

Coletamos as amostras de café em pontos de venda por auditores independentes e as coletas são codificadas e analisadas em laboratórios credenciados, garantindo total isenção do processo. Só é fornecida autorização de uso do Selo de Pureza na embalagem aos produtos puros.

Reforçamos que caso o consumidor tenha alguma dúvida a respeito de determinada marca, que é possível enviar a embalagem com o café para a nossa sede, no Rio de Janeiro, solicitando a análise daquele produto.

A partir do momento em que um especialista atesta, não há muito o que falar: a história que aponta que colocar café em água ajuda a testar a pureza do produto é falsa. Não passa de mais um boato que circula online e está fazendo a turma conspiracionista ficar pirada.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2Ul0CEm

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)