Meteoro pode atingir a Terra e destruir a vida humana em outubro de 2019 #boato

Boato – Nasa afirma que meteoro FT3 se chocará com a Terra e pode acabar com a vida humana em outubro de 2019. 

“Como” e “quando” a Terra vai acabar são duas perguntas que há muitos anos os conspiracionistas se fazem. Afinal de contas, não foram poucas as vezes que surgiram teorias sobre o fim do mundo.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2M3r9Bt

Confira o nosso Instagram:

Instagram

A última teoria sobre o fim da humanidade aponta para um meteoro que pode atingir a Terra e destruir a vida humana. O alerta afirma que, segundo a Nasa, o meteoro possui uma capacidade destrutiva maior que a Bomba de Hiroshima. A mensagem afirma ainda que a catástrofe está prevista para o dia 3 de outubro de 2019. O texto viralizou no Facebook e WhatsApp e, depois de ser atribuído à Nasa, foi publicado em alguns portais de notícias. Leia o que diz a mensagem:

Atualmente, profecias de catástrofes naturais e desastres caminhando em direção a Terra tem surgido com cada vez mais frequência por parte de profetas. Recentemente, anda circulando nas redes sociais e dentro das congregações a profecia de uma grande catástrofe natural a nível mundial, com direito a terremotos e enchentes em várias regiões do planeta. Logo, especulações por partes dos cristãos de que um possível meteoro estaria a caminho do planeta começaram a surgir. Afinal, o que mais seria capaz de causar um impacto tão grande no mundo todo?

Acerca disso, os ânimos dos cristão podem se aflorar ainda mais com a presente notícia. Pois o setor de rastreamento da NASA declarou que há um asteroide de 340 metros de diâmetro e 55 milhões de toneladas está percorrendo um trajeto que vai a caminho da Terra, com uma data prevista para o dia 3 de outubro. O risco de catástrofe, isto é, a chance de atingir grande parte da crosta terrestre, é pequeno, porém, caso o asteroide saia da sua rota e consiga adentrar no planeta, sua força de destruição será igual a 2.700 megatrons. Para se ter noção acerca da capacidade destrutiva, a bomba jogada contra Hiroshima, no Japão, possuía em torno de 13 a 18 quilotrons.

Meteoro pode atingir a Terra e destruir a vida humana em outubro de 2019?

Difícil acreditar, mas, um dia, o mundo vai acabar. A boa notícia é que não será em outubro de 2019. Isso porque o alerta de que o meteoro atingirá a Terra e destruirá a vida humana é falso. Entenda os porquês.

Para começar, o enredo dessa história de meteoro e fim de mundo já é velha. Na maioria das vezes, surge uma informação sobre algum corpo celeste e, em seguida, temos uma ameaça ao planeta Terra. Aqui, no Boatos.org, já vieram à tona previsões parecidas em 2014, 2015, 2016 e 2017.

Pois bem, no caso de hoje, o enredo não foi diferente. A teoria conspiratória começou com uma interpretação errada da pesquisa sobre o meteoro “2007 FT3”. Em março de 2019, o tabloide britânico Daily Express apontou para o risco de colisão com a Terra. Na época, a história fez sucesso e muita gente replicou o alerta. Inclusive, no Brasil.

Vale dizer que o asteroide, de fato, foi descoberto em 2007 (inclusive, por isso leva o número em sua identificação). Só tem alguns detalhes: o primeiro deles é que a chance de uma colisão acontecer é uma em um milhão, conforme afirma trechos da própria publicação. A segunda é que, após a divulgação da matéria, o cálculo em relação ao risco foi revisto e a nova previsão para a passagem do meteoro está prevista para 11 de outubro de 2068 e, após essa data, somente em 2187.

Depois do “sucesso do alerta”, alguns sites desmentiram a história. Segundo o Science 20, o asteroide não representa nenhum perigo e tampouco existe algum alerta da Nasa sobre a suposta “colisão”. O E-farsas (site que também desmente notícias falsas na internet) explicou o caso. De acordo com o texto, o asteroide só passará próximo da Terra daqui há 59 anos e numa distância de 24 milhões de quilômetros. O E-farsas também considerou a hipótese de colisão e, segundo o site, a catástrofe não acabaria com a civilização humana.

Resumindo: a Nasa até citou alguma coisa, mas a possibilidade era mínima e, após uma revisão do cálculo, a possibilidade foi descartada. Então, pode ficar tranquilo: o mundo não vai acabar tão cedo e não vai ser por causa do meteoro FT3 em outubro deste ano.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)