Vídeo de tomataço em frente ao STF foi gravado hoje e censurado do YouTube #boato

Boato – Um vídeo de tomataço em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) foi gravado hoje e censurado do YouTube. Nas imagens, manifestantes gritam em protesto e atiram tomates em banner com fotos de ministros “traidores do Brasil”.

Após o fim do julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) que decidiu contra a prisão em segunda instância na Justiça, o assunto ainda está dando o que falar na internet. Desta vez, começou a circular nas redes sociais um suposto vídeo de um “tomataço” em frente ao STF que teria sido gravado hoje e censurado no YouTube.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org Siga o Boatos.org no Twitter: Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/36nlVru

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Nas imagens, manifestantes gritam em protesto e atiram tomates em um banner com fotos dos ministros “traidores do Brasil” com nariz de palhaço (no caso, os que votaram contra a prisão em segunda instância). Veja o texto original da publicação que está sendo compartilhada no Facebook e o vídeo do tomataço:

*TOMATAÇO SIMBÓLICO* Em frente ao STF. Uma Tv apresentou este video. Logo em seguida o STF e SENADO ligaram para a Tv intimando sob ameaça que retirassem dos demais jornais. Inclusive já foi retirado do Youtube. Mas nos podemos mostrar para o Brasil todo a nossa indignação.

Vídeo de tomataço em frente ao STF foi gravado hoje e censurado do YouTube?

As imagens geraram burburinho entre os internautas, contra ou favor da decisão da Suprema Corte, e viralizaram rapidamente. Mas será mesmo que rolou um vídeo de tomataço em frente ao STF hoje e que foi censurado do YouTube? A resposta é não! E nós te provamos porque essa história toda é falsa a partir de fatos!

O primeiro deles é que a mensagem da publicação que está sendo compartilhada carrega todas as características de boatos online: é vaga (não fala qual TV transmitiu o tal vídeo), alarmista (tem o intuito de atrair a atenção e gerar burburinho entre os internautas), possui vários erros de português e, ainda, não cita fontes confiáveis que deem credibilidade ao que está sendo noticiado.

O segundo é que, após o julgamento da prisão em segunda instância, surgiram vários outros vídeos falsos na internet sobre a decisão do STF e, é claro, que nós também já desmentimos aqui no Boatos.org, como é o caso do vídeo dos presos comemorando a soltura de Lula e decisão do STF sobre prisão em segunda instância, de outro vídeo que supostamente mostrava o ministro Dias Toffoli comemorando a soltura de Lula e decisão do STF, e, ainda, do vídeo falso que teria mostrado o PT preparando festa para comemorar soltura de Lula pelo STF. Ou seja, esse tipo de fake é recorrente.

Além disso, essa história de “ligaram para a TV intimando a retirada do YouTube” também já é manjada, o que nos leva ao terceiro fato. Você deve se lembrar dos boatos sobre a falsa retirada do clipe de Lorena e Rafaela do YouTube a pedido do Congresso, da história que dava conta de que o Congresso e Senado teriam censurado um vídeo da TV Tarobá sobre políticos do Brasil e, também, do suposto vídeo do ex-ministro Geddel Vieira que teve um infarto e gravou um vídeo denunciando Lula também retirado do ar.

Em todos esses casos citados, a grande verdade é que nunca houve censura dos tais vídeos. E em quarto lugar, ao buscarmos pelo vídeo do suposto tomataço, descobrimos que, além de também não ter sido censurado, não foi gravado no STF.

Na realidade, as imagens foram gravadas em frente à Justiça Federal do Paraná, no último sábado (9), onde grupos de apoio à Operação Lava Jato se reuniram para manifestação contra os ministros do STF que votaram contra a condenação após prisão em segunda instância. Inclusive, tem até vídeo no YouTube mostrando o tomataço, o que prova que nada foi retirado do ar, como diz o boato.

Resumindo: A história que dá conta de que um vídeo de tomataço em frente ao STF foi gravado hoje e censurado do YouTube não é verdadeira. Na verdade, as imagens foram gravadas em frente à Justiça do Paraná, no último fim de semana, durante protesto de apoiadores da Lava Jato. O vídeo pode ser assistido no YouTube, o que significa que não foi retirado do ar.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/33KpUO3
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)